12 junho 2007

BLOW UP


A AMÊNDOA E A SEMENTE


J. Flávio

Viver ,amigos, é contabilizar perdas. Na juventude, pomo-nos a preencher de receitas o livro caixa da existência com a descoberta das nossas percepções mais primais, sorvendo avidamente o favo licoroso do novo. O mundo se nos oferece como uma cadela no cio. Embriagados com as perspectivas infinitas da vida, sequer percebemos a finitude de todos os instantes, a volatilidade de todos os momentos. Embebidos de essências e fragrâncias de imortalidade, invadimos as portas do planeta sem pedir licença. O fervor, a juventude fazem com que derrubemos as teias de aranha do passado, o bolor e o mofo do presente , espargindo por todo mundo a água benta do porvir. Talvez , por isto mesmo , portadores do sêmen do futuro, sequer percebemos que a amêndoa do novo traz no seu íntimo a túrgida semente da obsolescência.O segundo que nasce agora já vem prenhe de passado e úmido de futuro.
A vida torna-se, por fim, a arte de contar baixas. A primeira chupeta, o carrinho de menino, o patinete, a primeira bicicleta, o pião, o esconde-esconde esfumaçam-se sem que ao menos demos conta. Depois evaporam: o primeiro beijo, os primeiros amores, as nossas mais douradas fantasias de adolescência. A voragem do tempo engole, depois, a alegria do primeiro casamento, a felicidade do primeiro filho, o orgulho da formatura. O cotidiano anestesia-nos os nervos , enquanto nos vai amputando as lembranças mais caras. Aos poucos, todos os castelos de areia se vão desmoronando pouco a pouco ao nosso derredor. O cenário da nossa juventude já não é o mesmo, o figurino mudou, o elenco original vai saindo paulatinamente de cena e outros atores entram no palco para continuar a encenar a tragicomédia da existência humana nesta terra. Só o scritp, enfadonho e repetitivo, mostra-se basicamente o mesmo.
Uma platéia sádica assiste impassível à pantomima , enquanto o Diretor Geral articula todos os movimentos dos marionetes, rindo às bandeiras despregadas, com seus tropeços e movimentos maquinais. Ele espera , ávido, o momento fatídico de atear fogo ao teatro e interromper, finalmente, esta representação, em moto contínuo , de perdas, engodos, enganos e desilusões.


Arte Retirante no SESC /Crato CONFIRA !


Um grave acidente na BR-116 na divisa do Ceará com Pernambuco, por pouco não houve uma grande tragedia! - Por: Carlinhos


Milagre! - Apesar da gravidade do acidente, ninguém sofreu um só arranhão

Na tarde deste sábado por volta das 16:00hs, na rodovia Santos Dumont (br-116) km-550 a três quilômetros na divisa dos estados do Ceará com o Pernambuco, no trevo que dá acesso a cidade Pernambucana de Cedro, um grave acidente envolvendo três veículos, sendo uma toyota bandeirante de placas MNB 0950 de Brejo de Madre de Deus-PE, um caminhão scania tipo carreta de placas MPO 1306 de São Paulo e um outro caminhão ford 600 de placas KGO 4147 de Salgueiro-PE, os três trafegavam no mesmo sentido Salgueiro-PE a Penaforte-CE , ou seja Pernambuco ao Ceará e no triângulo que dá acesso a Cedro-PE o caminhão Ford e a toyota bandeirante iriam fazer a mudança de pista e iriam entrar no sentido de Cedro. Ao cruzar a pista, o caminhão Ford foi atingido pela carreta e tombou no triângulo, e a caminhoneta toyota também foi atingida na lateral esquerda pela carreta e foi jogada fora da pista. Só não foi pior por que o reboque da caminhoneta segurou em cima da pista. A PRF esteve no local tomando as medidas cabíveis, e somente o laudo poderá dizer de quem foi a culpa do acidente.

O certo é que um acidente de tamanha proporção e todos terem saídos ilesos é raro. O veiculo mais avariado o caminhão Ford ficou com a cabine totalmente destruida e o motorista não teve um arranhão! o motorista do caminhão Ford nos contou que já tinha mudado de pista quando foi atingido pela carreta mas só a perícia da Policia Rodoviaria Federal irá realmente apontar as causas do acidente.

FOTOS DE CELULAR


O motorista do caminhão

O reboque ficou em cima da pista



Fotos e Matéria: Carlinhos

Saiba dos seus Direitos...ajude a divulgar !

Achei interessante e estou repassando; espero que possa ser útil.

Vocês sabiam que, qualquer pessoa que sofra de paralisia, câncer,
lepra, AIDS e uma série de outras doenças incapacitantes, seja total, ou
parcialmente, tem direito a isenções de impostos, taxas, desconto no preço para compra de carros adaptados, passe livre em metrô e transporte coletivo, remédios
gratuitos, etc? Pois têm.
Uma amiga minha descobriu, há muito pouco tempo, que estava com
câncer de mama, começou a fazer pesquisas sobre tratamentos e descobriu um livro
(escrito por uma advogada que também teve câncer de mama), sobre todos os
direitos que essas pessoas têm e ninguém divulga.
Entre os direitos que podem ser requeridos estão:

- Aposentadoria integral (mesmo sem contar com o tempo necessário de
contribuição ao INSS); Isenções de IR; CPMF; Contribuição Previdenciária, etc.;
- Se houver deficiência física: isenção de IPI; ICMS; IOF e IPVA (Isenção vitalícia de IPVA) "na compra de carro especial, ou adaptado". O preço do carro, nesses casos, cai em 30%. (trinta por cento).
- Direito ao saque total de FGTS e fundos PIS ou PASEP;

- Direito da quitação de valor financiado (anterior à doença, é claro) para compra de imóvel;

-Atendimento médico domiciliar;

- Remédios gratuitos; etc.

Para maiores detalhes, procurem o livro: "Câncer - Direito e Cidadania",
de autoria da advogada Antonieta Barbosa, publicado pela Editora ARX.

Minha amiga teve um câncer de mama simples, pouco invasivo, sem metástase.
E, mesmo assim, ela terá que tomar um remédio por cinco anos. Cada caixa
custa R$ 500,00 (quinhentos reais). Imaginem o drama de quem tem câncer
metastaseado, incapacitante.

O livro contém todas as informações sobre todas as doenças que são
beneficiadas por leis que nós desconhecemos que não são divulgadas, além
dos procedimentos que devem ser adotados para receber tais benefícios.

DIVULGUEM!!!!

"Nós nos transformamos naquilo que praticamos com freqüência. A perfeição, portanto, não é um ato isolado. É um hábito".

(Aristóteles Nelson Antonio Corrêa - Médico ginecologista)

DIVULGUE, VOCÊ PODE ESTAR AJUDANDO UMA PESSOA NECESSITADA, SEM SAIR DE CASA.