18 janeiro 2007

A "CRATERA" DO CRATO




Olha só, nem é cratera, nem caldeira, nem muito menos caldeirão! Vamos utilizar o termo "cratera" aqui só para chamar atenção a dois tipos de desinformação.

Primeiro, que a imprensa brasileira vem utilizando indevidamente esta denominação para o caso do acidente nas obras da Linha 4 do Metrô de São Paulo, que provocou desabamento em um buraco ao lado de uma das principais vias da capital na tarde da última sexta-feira. Aquilo lá é um enorme buraco soterrado, somente. Mas sobretudo os noticiários da TV insistem anunciar "cratera". O que é incorreto.

Segundo, que o termo cratera deve ser utilizado corretamente para uma depressão provocada pelo impacto de um meteorito ou asteróide com a superfície dum planeta ou seus satélites. O termo é também utilizado para designar a depressão formada pela erupção de um vulcão. Pelo que eu saiba não há vulcões na zona oeste de São Paulo, nem mesmo um asteróide que tenha caído por lá.

Ante tanta desinformação, afora especificações técnicas, a forma correta que deveria ser veiculada pela imprensa seria "desabamento no buraco do metrô", e nada mais. Entretanto, soa bem mais sensasionalista a tal "cratera".

Se não bastasse o sofrimento para a família dos soterrados na Capital paulista, uma comunidade do bairro Seminário, em Crato, vem sendo ameaçada de cair num buraco enorme! O Jornal Nacional gostaria de comprar esta matéria. Que furo seria: "Cratera no bairro Seminário do Crato ameça comunidade"!




Mais uma vez a imprensa apostaria no sensacional termo "cratera". Como é que se diz aqui: oxe! Oxe mesmo! O que temos aqui é um buraco-líder da cidade, senão do município. O bom cratense diria "o que é um buraco desse!" Há um nome técnico bem interessante para ele: Voçoroca. Mas é uma voçoroca que tem quarenta anos de idade! Foi o que nos falou Dona Maria, moradora das margens do buracão. Segundo ela, nunca houve interesse político para resolver o problema, mesmo depois de dezenas de casas já terem desabado para dentro da "grota", como ela prefere chamar o buracão, a ameaça continua. Por acaso dona Maria está mais correta que os jornalistas do sul-maravilha. Grota ou grotão, segundo o Houaiss, significa "vale entre dois montes; cavidade úmida em encosta. Que grotesca nossa imprensa. Precisa conversar mais com dona Maria.

Mas na verdade é uma voçoroca, nada de grota. Embora grota se aproxime mais de voçoroca do que "cratera"! Também denominada por boçoroca, a voçoroca é um fenômeno geológico que consiste na formação de grandes buracos de erosão, causados pela chuva e intempéries, em solos onde a vegetação é escassa e não mais protege o solo, que fica cascalhento e suscetível de carregamento por enxurradas. Pobre, seco, e quimicamente morto, nada fecunda. A alta declividade das áreas periféricas da cidade é um fator que agrava este tipo de erosão.

No caso da voçoroca do Seminário, o agente erosivo principal continua sendo o enorme esgoto que nunca foi saneado. Continua a céu aberto há cerca de quarenta anos. Será preciso esperar a construção da primeira linha de metrô no Crato? Imaginem. Vai demorar quanto tempo pra surgir um metrô por estas bandas para alertar a sociedade de um perigo igual ao de São Paulo? Enquanto isso a comunidade do Seminário vai desabando em sua assustadora "cratera". Ninguém olha para a do Crato, só p'ra de São Paulo!

OS BURACOS NO CRATO

Apesar da boa notícia sobre a conclusão da reforma do Cine Moderno, já me preocupa a quantidade de buracos nas ruas. Acho que o Demutran devia ir pensando criar uma forma de idenização para nossos automóveis! É buraco pra todo lado nesta cidade, sobretudo na Duque de Caxias até o terminal rodoviário (a Rodoviária é outro problema!). Olha só, penso que a citada avenida, a exemplo de outros logradouros, deveria ser completamente recapeada. Essa operação tapa-buraco é muito paliativa. O "asfalto-sonrisal" não suportará a enxurrada para as águas de março! Vamos lutar por uma malha viária melhor em nossa cidade. Ou a prefeitura vai deixar só pra véspera da Expocrato, como sempre? As vias públicas devem atender antes à população local do que a turistas. Vamos expor aqui as fotos das diversas crateras da cidade. Vou ver se consigo umas fotos. Hasta la vista.

Nota do Moderador:
"Visando ilustrar a mensagem do glauco sobre os buracos no crato, obtive essa foto de um buraco na internet, mas diante da semelhança com os buracos nas ruas do crato, me veio a dúvida se esse é o da "Duque de Caxias" ou da "Rua da vala", rs rs

Prefeito Samuel Araripe conclui as obras do antigo "Cine Moderno"

Notícia boa:

Ao que tudo indica, as obras de restauração daquela que já foi uma das casas de espetáculos mais prestigiadas do Crato ( O Cide Moderno ), está pronta para ser inaugurada.

Estive lá ontem à tardinha, mas não foi possível ainda tirar algumas fotos, mas prometo que vou fazê-lo em breve, a fim de revelar aos ilustres leitores do Blog do Crato o seu interior. Segundo as boas línguas, o novo Teatro é literalmente "coisa de cinema"... rsrs

Mas, passando em frente, tirei ainda essas duas fotos:

Nessa primeira, foto da fachada que sai na rua José carvalho:




















E nessa outra, pelo lado do calçadão:





.