24 novembro 2007

DEZ RAZÕES PARA GOZAR DA AFEIÇÃO DE ALGUNS AMIGOS CRATENSES



No auge da polêmica sobre os ‘comentários ou não dos anônimos no blog CaririCult’, a minha personalidade foi questionada e até a simpatia manifestada de alguns para comigo foi taxada de “bajulação ” inconseqüente. No íntimo me senti gratuitamente ofendido e fiquei quieto, porem aborrecido.

Como sei que o que incomoda é o reconhecimento da minha importância no cenário cultural de nossa cidade, registro aqui, de propósito, a minha interferência direta em alguns projetos (que não os meus próprios) que contribuíram positivament para que o Crato continuasse sendo esta nossa “capital da cultura”:

1- Idealizei (com Geraldo Urano) do Festival Regional da Canção: até hoje o maior responsável pela construção da musicalidade caririense contemporânea;

2- Mantive (com o Grupo de Artes Por Exemplo) os Salões de Outubro: uma seqüência anual de salões de artes-plásticas que envolvia também música, teatro, poesia e dança;

3- Fundei (com Rosemberg Cariry e outros poetas e escritores da região) o Jornal Nação Cariri, depois transformado em revista literária;

4- Fundei (com Carlos Rafael Dias) da OCA-Officinas de Cultura Artes e Produtos Derivados, que até hoje articula e promove movimentos artísticos da cidade e que manteve o literário “Folha de Pequi”;

5- Ainda com Carlos Rafael Dias, pensamos e elaboramos o projeto da Fundação J. de Figueiredo Filho, defendida pelo vereador Ronald Albuquerque, votada e aprovada na Lei Orgânica do Município;

6- Produzi (sem patrocínio externo) o primeiro disco – AVALLON, DE Abidoral Jamacaru, eleito pela crítica especializada o melhor disco independente daquela década, e que recebeu o selo OCA;

7- Produzi, durante algum tempo, a banda “Pombos Urbanos” e que hoje se transformou na maravilhosa “NACACUNDA;

8- Fui diretor cultural da Solibel – Sociedade Lírica do Belmonte- e sob a nossa gestão é que se construiu as salas de aula que hoje existem, recuperamos o auditório Cristina Prata e retomamos todos os convênios com a Secretaria de Cultura do Estado na época. Ainda, trouxemos o maestro Johnatha David (fundador da escola de música Schomberg) para aprimorar conhecimentos dos alunos e regentes e renovar o repertório da orquestra;

9- Ergui o “NAVEGARTE” (poderia ter comprado uma Hilux!): um belo lugar com a galeria de arte José Nornando Rodrigues; sala de referência Artur Bispo do Rosário, com livros, revistas e catálogos de arte para a leitura do público; bar-café; espaço para festas e shows (2.000 pessoas), quando lá desfilaram músicos desde Nonato Luiz (violonista), Zé dos Prazeres, Socorro Alencar, Cacá Malaquias, João do Crato e Manel de Jardim, Corais de Crato, Fortaleza e da Catalunha, Waldick Soriano e uma dezena de bandas de rock de adolescentes do cariri que nas tardes de domingo invadia o lugar para realizar o “Rock, Pop Cariri”;

10- Dirigi, com José Flávio Vieira, a peça “A terrível Peleja de Zé de Matos contra o Bicho Babau nas Ruas do Crato” - uma opereta que é a maior declaração de amor até hoje feita a uma cidade e todos os seus ícones – com mais de trinta apresentações em todo o Ceará;

Prometi-me parar na décima, porque a décima primeira já seria a criação do blog “CaririCult”

5 comentários:

  1. Eu não o bajulo pois como fui no passado, apaixonada por ele, não tem como ter esse tipo de sentimento hoje em dia (tivemos um breve affair). Ele se transformou em um amigo fiel. Continua sedutor, é verdade. mas digo isso sem nenhuma bajulação ou sentimnto nostálgico e ele sabe disto.
    Jairo, me lembrei agora das nossas aulas de inglês na casa da minha avó, logo que você chegou aqui no Crato...rsrs. Eu, Socorro Sidrim, Fátima Xuxu, Marília. Eita tempo bom.

    ResponderExcluir
  2. Jairo,
    Cadê teu comentário que estava aqui, antes do meu, logo que comecei a postar esse ?

    ResponderExcluir
  3. Salatiel,

    Sua "folha corrida" é uma das mais brilhantes entre os intelectuais que conheço. Você não lembrou de citar o espetáculo teatral sobre o 3 DE MAIO DE 1817, teatro de rua, importante demais para ter ocorrido somente uma vez.
    Um abraço.
    Cacá Araújo

    ResponderExcluir
  4. caraca!!!
    dihelson, não é preciso dar satisfação, so esse blog ja diz quem vc é!!!
    seu trabalho em defesa a arte e cultura de qualidade ja é digno de louvor!!
    essas mesmas pessoas que o critica são as mesmas que criticam qualquer um que tenha inteligencia.
    afinal meu caro, o dom da inteligencia não e para todos!

    ResponderExcluir
  5. Minha cara Alessandra,

    O Salatiel é um grande amigo meu de longas datas. Tantos shows que criamos juntos, tantas idéias que realizamos juntos... e o seu currículo para a cultura dessa região é inegável e desnecessário ficar postando assim. Todos nós sabemos do que ele fez e faz. Eu sempre evitei comentar essa postagem, pois ela nasceu apenas de uma discordância que houve no blog CaririCult sobre a postagem dos anônimos, quando eu fui vilmente ameaçado por um anônimo e exigi, pressionei que o Salatiel bloqueasse a postagem anônima, coisa que ele relutou até o fim, por achar que na cabeça dele, o anonimato fosse uma forma de liberdade de expressão, enquanto eu sempre achei que o anonimato é uma forma de covardia, daqueles que atiram pedras nos outros e se escondem nas sombras como fizeram.

    Portanto, essa mensagem foi escrita no calor do problema. Hoje, o problema já foi devidamente e democraticamente sanado, a postagem dos anônimos lá já foi abolida, e voltamos à Paz.

    E quando 2 amigos são verdadeiramente amigos, devem relegar essas pequenas diferenças, em razão do todo histórico que a amizade possui.

    O Certo é que quem já foi um dia atacado por anônimos, ou já recebeu intimidações anônimas, trotes pelo telefone, ou cartas anônimas, nem quer saber do anonimato.

    Agora, estamos em paz, e nem é necessário ficarmos levantando aqui os currículos de cada um, até porque cada um dos membros possui uma ficha de trabalhos imensa em suas respectivas áreas e que deve ser respeitada, como devemos respeitar a ficha no nosso querido amigo Luiz C. Salatiel.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.