31 agosto 2007

Nossa Senhora da Penha, Padroeira do Crato


Dia 1º de setembro é o dia de Nossa Senhora da Penha, padroeira da cidade do Crato. A devoção a santa, pelos cratenses, é bastante antiga, pois começou junto com a fundação da cidade.
Segundo o historiador Armando Rafael, em texto disponível no site da Prefeitura do Crato, “por volta de 1741, surgem os primeiros registros de um aldeamento dos índios Cariús, pertencentes ao grupo silvícola Cariri. Era a Missão do Miranda, fundada por Frei Carlos Maria de Ferrara, religioso franciscano, nascido na Itália. Este frade ergueu, no centro da Missão, uma humilde capelinha de taipa (paredes feitas de barro) coberta com folhas de palmeiras, árvores abundantes na região. O santuário foi dedicado, de maneira especial, a Nossa Senhora da Penha, a São Fidelis de Sigmaringa e à Santíssima Trindade. Em volta da capelinha, ficavam as palhoças dos índios. Estes, além de cuidarem das plantações rudimentares, recebiam os incipientes ensinamentos da fé católica, ministrados por Frei Carlos. Aos poucos, nas imediações da Missão, elementos brancos foram construindo suas casas”.
Existem, inclusive, varias lendas envolvendo Nossa Senhora da Penha e a história do Crato, a exemplo do mito da Penha na Pedra. Conta-se que a imagem da santa desaparecia da capela da Missão do Miranda e misteriosamente aparecia em uma pedra distante dali. Esta foi a motivação para que o núcleo do povoado se transferisse do brejo do Miranda para onde hoje estar erguida a Igreja da Sé.

NOVENA EM LOUVOR DE NOSSA SENHORA DA PENHA

Salve Senhora da Penha, Rainha dos céus e da terra! Mãe Imaculada do Redentor, fonte de misericórdia e refúgio dos pecadores, doçura e alívio de todos os nossos sofrimentos, que no monte sagrado da Penha vos dignastes revelar ao vosso servo Frei Pedro Palácios os prodígios de vosso coração de mãe, eis-me prostrado aos pés de vossa milagrosa imagem para expor-vos a minha aflição e reclamar o milagre da graça. A vós suspiro com fervoroso alento, gemendo e chorando a vossos pés e implorando a vossa compaixão. Enxugai benigna o pranto de quem vive desterrado neste vale de lágrimas. Sede minha advogada junto a vosso Filho Jesus e a Ele me levai, depois deste desterro da vida, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem da Penha, mãe, rainha e padroeira nossa. Amém.

2 comentários:

  1. adorei a historia da igreja e queria saber se vcs podem me ajudar a encontrar o sobrinho do meu avo que e padre o nome dele e francisco de assis ele e da cidade de crato e como a igreja e a paroquia da cidade penso que vcs poderiam de alguma forma me ajudar.
    o nome do meu avo e francisco alves da silva a unica informacao que tenho e que o nome do pai dele e jorge aqlves da silva.

    ResponderExcluir
  2. gostaria de saber se vcs podem mi ajudar pois irei realizar uma pesquisa sobre Nossa Senhora da Penha e ñ acho muitas coisas sobre a santa será que vcs podem mi ajudar.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.