12 março 2022

O sonho e as gerações - Por: Emerson Monteiro


Ainda que eu queira aceitar de bom grato tudo que chegue à caixa do juízo, mesmo assim reajo qual quem deseja que de outro jeito pudesse ser. Nem de longe pretendo mais admitir falta de razão nos segredos da Natureza. A mim o que quer que aconteça tem lá suas claras razões de acontecer, e pronto, assunto resolvido. Isto porque o mundo e as ações fluem de modo pleno ao sabor do tempo, feito dentro da leveza do que de nenhum outro modo, porquanto nosso poder é pequeno. A gente busca, de verdade, respostas precisas, no entanto limitadas os padrões de desconhecimento em fase de aproximação do que venhamos, certo dia, a descobrir e viver. Se existe o imperfeito é que existe o perfeito, causa do equilíbrio universal.

Dito isto, revejo este momento exato, quando meu amigo José Roberto França de Sá houve de fazer sua passagem a outro plano. De início, quis ficar constrangido, só isso de viver e sumir sem deixar vestígios de aonde foi. Porém o simples aspecto de estarmos aqui significa que qualquer dia desses estaremos noutro lugar, pois existimos bem dentro de um ser em movimento que o somos. Desvendar esse mistério eis o motivo de virmos à consciência que assegura os passos do nosso ser em movimento.

Disso vêm as religiões, filosofias, mergulhos muitos de tantos no infinito da compreensão. Ajuntaram milhões de códigos que perfazem a humana aventura. Uns chegam primeiro a esse outro universo que lhes aguarda e aguarda todos. Num devir constante, as estradas e os destinos. Vislumbro, por isso, a possibilidade da redenção do que viemos trabalhar neste Chão. Seres pequenos à procura da Luz. Fora dessa possibilidade inestimável, cá tocamos adiante o barco das horas e sorrimos prudentes em plantar sementes de Amor no coração das pessoas.

Uma calma me invade ao saber desse amigo que ora cresce em novas paisagens, no sonho de guardar consigo o quanto viveu e desfrutou das belezas deste lugar com gosto e boa vontade. Sempre na certeza das luzes de novas experiências, siga em Paz, José.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.