27 novembro 2020

O que significa "agir republicanamente"? -- por Armando Lopes Rafael

 

     Risível – para dizer o mínimo – é nosso sentimento quando vemos alguém dizer (ou escrever): “fulano não agiu “republicanamente” (SIC)... Ora “república” ou seu derivado “republicanamente” – pelo menos no Brasil – nunca serviu de bom exemplo para nada, nem para ninguém...

    Muito pelo contrário. Quando querem mostrar uma casa bagunçada, ou transformada numa “Casa de Mãe Joana” (esta, outra expressão usada para dizer que a “casa não tem dono”) o povo usa este conceito: “Parece mais com uma “república de estudantes”.

      O povo é sempre sábio nos seus conceitos e expressões!

      Ademais, no Brasil, o advento da república nunca significou um avanço em termos de bem administrar a “res publica” (coisa pública). A república, entre nós, fez exatamente o contrário: implantada por um golpe, rasgou nossa Constituição Imperial, a que mais durou até hoje (e a melhor que o Brasil teve, segundo o constitucionalista Afonso Arinos), facilitando a corrupção na máquina pública, institucionalizando a  impunidade, a incompetência,  trazendo a falência aos serviços públicos (com destaque para a segurança, saúde e educação) , fazendo rotineiras as crises políticas, os estados de sítios, ditaduras, clientelismo, fisiologismo e todas as mazelas que vemos e sofremos no dia-a-dia...

        “Agir republicanamente”??? Como piada é válida! Conta outra...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.