10 novembro 2020

“Não há o que comemorar” no Dia da Proclamação da República. 'Foi um golpe', diz deputado Luiz Philippe


Em entrevista ao programa Resenha Política, da TV JC, o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP), um membro destacado da Família Imperial Brasileira, afirmou que não há o que comemorar neste 15 de novembro e sugeriu a revogação do feriado da Proclamação da República.

“Não há o que comemorar (no dia 15 de novembro). Quem sabe, quando tivermos a consciência ampla de que isso foi um golpe de estado prejudicial à estabilidade política do Brasil, a gente revogue esse feriado”, falou.

“Movimentação de consciência” 

 “(Parar de comemorar a Proclamação da República) não quer dizer que você é monarquista ou não, mas que reconhece o que houve naquele momento: um golpe”, declarou o deputado federal por são Paulo. Chamado de "príncipe" por aliados, Luiz Philippe reiterou que os brasileiros não deveriam comemorar o feriado de 15 de novembro como uma “movimentação de consciência”. 

“A sociedade tem que parar de celebrar o 15 de novembro. Isso seria a primeira movimentação de consciência. Quando você para de celebrar o 15 de novembro, no mínimo, já demonstra que você sabe o que é celebrado, um golpe de estado”, disse o deputado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.