13 maio 2020

Dona Sônia, “mãe-companheira”



Maria Sônia Férrer Bezerra
*  17/01/1936
+ 12/05/2020

Não há como negar que as profusas mortes anunciadas nesses tempos coronavíricos, já não nos sensibilizam tanto. Isso porque se transmutam em meras cifras que escamoteiam as vidas ceifadas. E nossos corações empedernidos, mal acostumados na aparente dureza, até se consideram imunes de sofrimento por conta das dores alheias, distantes e anônimas.

Ledo engano! A vida, sempre mestra, ensina que somos elos de uma mesma corrente. Uma lição que se aprende, principalmente, em momentos de perda e de dor. É preciso reatar (e realçar) cada elo partido. Não se tratam de meros “números”. São seres humanos com rostos, nomes, sonhos e histórias de imensos significados e valor.

Dona Sônia é mais um desses elos que partiu, libertando-se dessa corrente material. Seu legado, no entanto, permanecerá.

Mãe que amou e educou os filhos, naturais, afins e adotivos, sem que essas inoportunas dicotomias fossem necessárias. Companheira que lutou pela justiça, ao lado dos necessitados e oprimidos, sem que esses às vezes inadequados chavões tivessem sido inapropriados. Mulher que desafiou seu tempo, superou limitações, venceu vicissitudes e tornou-se vitoriosa.

Dona Sônia é tudo isso e muito mais. Na sua simplicidade, não alardeou seus feitos, à moda do farisaísmo tão em moda. Sua casa sempre aberta, sua mesa sempre posta. O pouco lhe era muito e o muito lhe era pouco. Não tinha limites para servir ao próximo.

Da mesma forma, palavras não são suficientes para descrever-lhe. Só o sentimento permitido pelo convívio poderá vislumbrar um átimo de sua grandeza.

Deixará saudade, na certa. Mas uma saudade devidamente saldada. Afinal, o paradoxo é revelador de sua coerência: nos primeiros momentos após sua partida já deixou a sensação de uma lacuna completamente preenchida. Isso devido a certeza do dever cumprido.

Carlos Rafael Dias
Crato, 13 de maio de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.