07 março 2020

A culpa não é do eleitor – por Marcos Lefreve (*)



      Brasileiro não sabe votar. Essa falácia é desmontada pelo artigo A crise na representação que ainda assola o País, de José Nêumanne (publicado no  Estadão). Conforme aponta o articulista, 93% dos deputados ocupam seus cargos graças aos puxadores de votos do seus partidos. Aponta também que o voto de um eleitor em Roraima vale 13 vezes mais que o de um eleitor paulista. Adicione-se o fato de que nosso sistema político não aceita candidatos independentes, mas só os que são aprovados pelos partidos, que em sua maioria têm donos, que ainda distribuem as verbas eleitorais – por si sós injustificáveis – aos candidatos de sua preferência.

Esses e outros fatos evidenciam que o erro está no sistema político, e não no coitado do eleitor. A questão é: como mudar isso, se os maiores interessados na manutenção desse sistema injusto são exatamente os que têm poder para fazer a mudança?

(*) Marcos Lefevre – e-mail: lefevre.part@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.