07 setembro 2019

Notícias do sábado

Monarquistas realizam o 4º Bandeiraço Nacional da Independência

Neste sábado, 7 de setembro, Dia da Pátria, por ocasião das comemorações dos 197 anos da proclamação da Independência do Brasil, participarão – de Norte a Sul, de Leste a Oeste do Brasil – do IV Bandeiraço Nacional da Independência. Em um dia em que tantos e tantos veteranos e jovens monarquistas irão às ruas com suas Bandeiras do Império e outros materiais visando esclarecer a opinião pública acerca das vantagens do regime monárquico. 

Com toda certeza, mais este Bandeiraço Nacional da Independência será uma grande oportunidade não só de honrarmos a rica e gloriosa História de nossa Pátria, mas também de mostrar que um número cada vez maior de brasileiros, sobretudo os mais jovens, vê com grande simpatia a restauração do regime monárquico como uma solução natural para os problemas que afligem o nosso tão querido, e hoje tão sofrido Brasil.
Na foto, Bandeiraço em Cuiabá (MT) em 2018

No próximo sábado, 13 de setembro, Madre Feitosa chegará aos 98 anos de idade

 Por se encontrar atualíssimo, transcrevo abaixo, excertos da crônica publicada no dia 13 de setembro de 2007, sobre Madre Feitosa, escrita por Prof. Carlos Rafael Dias, professor da URCA e doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense:

“Hoje é um dia de júbilo para a cidade do Crato. Madre Feitosa completa 86 anos de vida (NR– neste 2019 ela chega aos 98 anos) com a graça e as bênçãos de Deus. Pela sua extrema generosidade e vida dedicada ao serviço religioso e à caridade, Madre Feitosa é uma unanimidade. A simplicidade é a sua grande característica, o que lhe imprime, indubitavelmente, a marca maior do verdadeiro cristão. Não poderíamos deixar de prestar homenagem a esta mulher exemplar, e o faz numa forma de agradecimento pela contribuição diuturna que ela presta à nossa cidade e ao mundo. Parabéns Madre Feitosa”.

***   ***   ***
"Abaixo, sua biografia, escrita pelo jornalista J. Lindemberg de Aquino e publicada na revista especial do Rotary Club do Crato, editada por ocasião da entrega da Comenda do Mérito Rotário Jefferson de Albuquerque e Souza a Madre Feitosa, no último dia 22 de julho de 2007:

"Maria Carmelina Feitosa nasceu em Tauá, em 13 de setembro de 1921, filha de Crispim Morais e Maria Josina Feitosa de Morais. Quando criança foi aluna da professora Maria Dólares Petrola de Melo Jorge, cuja lembrança a acompanha até os dias de hoje, num misto de exemplo indelével e grande admiração. Madre Feitosa costuma recordar que aquela professora lhe proporcionou tudo, incluindo uma excelente formação cristã.

"Com este rico incentivo, Maria Carmelina Feitosa cursou o ensino secundário e o curso normal no Colégio Santa Teresa, ingressando depois na Congregação das Filhas de Santa Teresa de Jesus. Ali, iniciou a prática do magistério, sempre voltada para os princípios cristãos, com destaque para a fé e a caridade.

"Foi diretora do Colégio Santa Teresa de Jesus, secretária geral da Congregação, sendo eleita vice supervisora geral em três mandatos consecutivos, num total de dezoito anos.
Em 1961, assumiu a direção da Casa de Caridade de Crato, Ginásio Madre Ana Couto e do Patronato Padre Ibiapina, pertencentes a Diocese de Crato.

"Graduou-se em Pedagogia pela antiga Faculdade de Filosofia de Crato, tendo também lecionado nessa instituição de ensino superior. Em 1969, fundou o Colégio Pequeno Príncipe, que nasceu da sua vocação de educadora e que cresceu sob sua orientação. Hoje, o Colégio Pequeno Príncipe é intitulado o “Colégio do Cariri”, tanto pela excelência do seu ensino como pelo projeto pedagógico ali implantado.

"Madre Feitosa ainda hoje mantém a Casa de Caridade de Crato, entidade concebida e criada, no terceiro quartel do século 19, pelo Padre Ibiapina, um homem e um religioso à frente do seu tempo.
Como este, Madre Feitosa também é uma mulher à frente do seu tempo. Tanto como educadora, administradora e religiosa, que enxerga no seu semelhante, principalmente, a dignidade humana; e a quem vem prestando – há longas décadas – um serviço generoso e gratuito, notadamente aos mais carentes e necessitados”.

Nova concessionária do Aeroporto de Juazeiro do Norte procurou Banco do Nordeste para se informar sobre financiamento de melhorias naquele terminal 

Fonte: “Diário do Nordeste”

A espanhola Aena Desarrollo Internacional, nova concessionária do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, de Juazeiro do Norte, já procurou o Banco do Nordeste (BNB) para conhecer as linhas de financiamento para as obras de expansão do terminal do Cariri cearense e demais terminais arrematados pela companhia. A informação foi confirmada pelo presidente do BNB, Romildo Rolim, que acrescentou que ainda não há nada definido entre as partes. Ontem (6), os vencedores do leilão da 5ª rodada de aeroportos participaram em Brasília de assinatura dos contratos de concessão com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).