11 abril 2019

“República”: uma forma de governo mais cara do que a Monarquia – por Armando Lopes Rafael


     No Brasil os golpistas que implantaram a República, em 1889, justificavam a queda da Monarquia argumentando – entre outros sofismas – que a forma de governo monárquica saía cara aos cofres públicos. Não era verdade. Naquela época, os impostos dos brasileiros  sustentavam apenas uma família. Hoje pagamos a manutenção do atual Presidente da República, e mais 06 (seis) ex-Presidentes:  José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer.

       Na época da Monarquia, desde 1841 (e durante 48 anos longos anos), a dotação da Família Imperial Brasileira era de 67 contos de réis por mês. Nunca aumentou. E veja que o Orçamento Geral do Império do Brasil cresceu dez vezes, naquele período, pois o país tinha progresso. Uma das primeiras medidas do marechal Deodoro da Fonseca foi aumentar o salário do presidente da República para 120 contos de réis por mês, quase o dobro do que recebia toda a Família Imperial! 

      Ademais, desde 2003, há 16 anos, uma lei aumentou os direitos para ex-Presidentes do Brasil. Fernando Henrique Cardoso aproveitou uma Medida Provisória, que definia o processo de transição do governo dele para o de Lula da Silva, e ampliou os direitos e mordomias dos ex-presidentes da República, incluindo as dele próprio. Hoje os ex-Presidentes têm à sua disposição 06 (seis) seis servidores e 02 (dois) dois carros oficiais (com motoristas). Todos com salários salários elevadíssimos.

       Tem mais: independente da elevada aposentadoria que  recebem os ex-Presidentes José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer, eles podem nomear até 08 (oito) oito servidores para trabalhar diretamente com eles, sendo que dois desses funcionários ocupam cargos de DAS 5, com vencimentos de mais de R$ 7 mil mensais. 

           Não é à toa, que foi publicada uma notícia: só os custos com o Palácio do Planalto (um dos quatro que existem em Brasília)  são mais caros do que todos os custos do Palácio de Buckingham, da Família Real Inglesa.
Palácios republicanos em Brasilia
Palácio do Planalto
Palácio da Alvorada
Palácio do Jaburu
Palácio Granja do  Torto


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.