20 maio 2018

Verdade interior - Por: Emerson Monteiro


Luz nos abismos da consciência da gente, ou na verdade interior e sentido de tudo quanto existe, e existirá, aqui assim nos situamos em espécie, diante dos altares da Natureza perfeita. Querer construir em si, e construir. Edificar os túneis que conduzirão à libertação das limitações que a história impõe a homens e a séculos. Pura vontade de poder, harmonia, melodia e ritmo, desde mínimos detalhes da película em produção nas pálpebras do Universo virá este nascer de sol.

Mecanismo imortal da Criação, conduzimos em nós os barcos através dos mares desta vida feitos heróis, protagonistas, expectadores das cenas reais de revelar o mistério dos seres, autores, atores que somos dos papéis que desempenhamos. Músicos hábeis da improvisação e dos amores, semeamos saudade mil no solo dos personagens que amam, se amam e nos amam. Cá deste lado vamos a chorar, a sorrir; vacilar, prosseguir; dormir e sonhar os velhos roteiros de outras histórias, no palco de largas aspirações; conformações já evoluídas, no entanto, ao som das condições de cativos dos prazeres, choramos a despedida da condição atual e insistiremos continuar sobrevivendo no chão da felicidade que imaginamos agora.

Vozes de vontades que o tempo esqueceu numa estante qualquer, ao léu da sorte, ao sabor do vento, o brilho dos firmamentos mais distantes insiste alimentar lá dentro os dois personagens que se analisam e aguardam o momento certo de saltar sobre o abismo dos infinitos, olhos que brilham iguais à razão que lhes foge. Enquanto isto, a orquestra executa peças inesquecíveis; músicos fervem no desejo de mergulhar na inspiração e abraçar a beleza dos sentimentos soltos no ar.

No dedilhar dos violões, fagulhas imensas da fogueira do espírito viajam na distância das notas da imaginação. Todos apegos em um único ser, tela dos mínimos detalhes aos sóis da plenitude, das fibras íntimas deste instrumento de maravilhas advirá a resposta definitiva das virtudes e dos compositores. Um quadro disto resultará, do quanto fomos, somos e haveremos de ser, nesse dia que cresce no horizonte das criaturas humanas.

Seminário São José de Crato restaura Capela dedicada a Nossa Senhora da Confiança

Construída no pastoreio de Dom Fernando Panico, a Capela Nossa Senhora da Confiança, localizada no interior do Seminário São, em Crato, após passar por limpeza e restauração, foi reativada, no último dia  16,  com bênção do Sacrário e entronização do Santíssimo Sacramento. Foi apenas uma semana da restauração, do teto às paredes, passando pela mesa do altar. Além de celebração de Santa Missa e da Liturgia das Horas, a Capela também servirá para os momentos de formação ministrados pelo Bispo Diocesano de Crato.

Fonte: Site da Diocese de Crato.