27 março 2018

CRATO - Vereador Pedro Alagoano diz que denúncia contra ele não procede



Acabo de ser contactado pelo vereador Pedro Alagoano, e este me disse que a denúncia contra ele publicada hoje ( 27/03 ) em alguns setores da imprensa, não procede de forma alguma, e que isto é apenas uma intriga. Pedro adiantou também que o site miséria, que divulgou a denúncia em primeira mão contra o vereador, inclusive já a retirou do ar.  Outras notícias, logo mais. ( Dihelson Mendonça - BLOG DO CRATO - www.blogdocrato.com ).


A desordem no Ceará - Por: Valdemir Correia


Aos amigos do blog do Crato:

Vamos levar o assunto que trato neste pequeno espaço, com um pouco de humor, pois estamos passando por tantos e sérios problemas, que temos que amenizar a situação, tratando os assuntos com certa amenidade. No Ceará, especialmente em Fortaleza, a situação está incontrolável, e as autoridades atônitas, não sabem que posição tomar, e o caos dominando. Lembre-me de um fato que aconteceu aqui mesmo no Ceará em 1969:

CORONEL CHICO BENTO - Era o ano de 69, e um baita duma seca assolou o nosso estado, devorando tudo. A lavoura foi toda perdida, o gado morrendo de fome, e uma parte da população também passando por imensas dificuldades. À proporção que o problema foi aumentando, no mesmo ritmo foi também aumentando a população faminta vagando pelas ruas da cidade. A situação se agravou tanto que no fim de Março, uma imensa multidão, se aglomerou na porta da Prefeitura pedindo emprego e alimento. O Prefeito, coitado, mandou comprar uns sacos de farinha, feijão, arroz, etc e distribuiu com a população, dispersando-os. Tudo bem, a situação acalmou, mas quando foi na semana seguinte, a aglomeração de pedintes era 5 vezes maior, e aí o Prefeito não teve mais como contornar. Aí aconteceu a explosão. Os flagelados saíram na rua saqueando tudo quanto era de mercearias, armazéns de cereais, de rapaduras, etc, foi o caos total. O comercio fechou as portas, mesmo assim sendo muitas arrombadas e os comerciantes desesperados. Muitos ficaram sem nada. Aconteceu, e ninguém tomou providencias, e aí na outra segunda-feira a situação foi ainda pior, pois além do saque, as mercadorias que eles não podiam levar, eram depredadas por pura maldade.

Uma comissão foi à Fortaleza, e no domingo chegou ao Crato, uma tropa de 30 policiais, sob o comando do Coronel Chico Bento. Na segunda-feira, o saque continuou, e o Coronel Bento a paisana, junto aos policiais observou tudo, e verificou que mais da metade dos saqueadores, eram pessoas que não tinham necessidade de fazerem aqueles saques, e sim por pura maldade.

Tudo bem. Anotou o nome de uma grande parte, e na terça-feira logo cedinho bateu na porta de um malfeitor. O cara abriu a porta e tinha uns 10 sacos de cereais na sala.O Coronel perguntou onde ele tinha comprado aquela mercadoria, e disse ,no armazém, o Coronel perguntou quem era o dono do armazém, e também não tinha nenhuma nota.

Então o Coronel bruto, como era conhecido, disse ,agora você vai dançar o sapinho. O que diabo é sapinho, perguntou o meliante. Voce sabe já, nisso chamou dois soldados para botarem um saco 60 Kg na cabeça do cara,e mandou que ele se ajoelhasse, e se levantasse várias vezes, e a palmatória comendo. até quando o cara não suportou mais. Aí ele perguntou como tinha transportado todo aquele material, com quase dois kilômetros. Ele disse que tinha conduzido numa carroça. Ai o Coronel disse, pois agora você vai levar todos os sacos na cabeça um por um, e o "réu" teve que passar o dia todo fazendo o transporte, e depois ainda foi dormir na cadeia.

Como ele tinha o nome de quase todos os implicados, foi de casa em casa, e todos cumpriram o mesmo ritmo. Muitos deles ao saberem do ocorrido, se anteciparam e foram logo entregar todo o saque. O resultado foi tanto, que nas feiras seguintes,os comerciantes podiam deixar as portas abertas, que ninguém mexia em nada. Era tudo tranquilidade.

Aqui pois está precisando de vários Chicos Bentos, para ver se melhora a situação.

Valdemir Correia de Sousa
Colaborador do Blog do Crato