30 outubro 2018

"Vem aí mais um feriado de 15 de novembro" ou "A maldição do frade" (por Armando Lopes Rafael)




   O fato abaixo está narrado no livro “A Maldição do Imperador-Cem anos de República–1889-1989", do advogado e historiador, Francisco Luiz Soares, residente no bairro Muriti, em Crato. O livro foi impresso pela Gráfica Sidil Ltda. Divinópolis-MG

“Um religioso, muito amigo e íntimo de Dom Pedro II, com quem conviveu quase toda a vida, de quem era confidente e conhecedor de todas as suas lutas, dificuldades, angústias e sofrimentos, e que no calor do movimento da expulsão de Dom Pedro II e toda a sua família, vendo a injustiça contra o Imperador sendo praticada, teria dito para que muitos ouvissem:
“Maldito seja o marechal Deodoro e todos os que o acompanharam nesse ato de injustiça, que é a expulsão do mais ilustre brasileiro, Dom Pedro II.
Malditos sejam pelo uso da espada, contra um homem velho, indefeso e doente.
Malditos sejam todos aqueles que ocuparem o cargo de governantes do Brasil sem legitimidade.
Malditos sejam os republicanos!”

     Se o fato acima é verídico, eu não sei.
     Mas que dá para desconfiar dessa maldição, lá isso dá!

     Dos 43 presidentes da República, 10 eleitos não cumpriram seus mandatos;  2 presidentes eleitos sofreram impeachment, acusados de corrupção e desvio de conduta (Collor e Dilma); 7 eleitos foram depostos; 1 eleito renunciou; 2 eleitos não tomaram posse por terem falecido; 1 assumiu pela força; 3 vice-presidentes terminaram o mandato de presidentes eleitos; 1 eleito foi impedido de tomar pose; 1 eleito se tornou ditador. Tivemos dois longos períodos ditatoriais, somando 35 anos. E nos últimos 90 anos apenas três presidentes civis, eleitos pelo povo, conseguiram terminar o mandato. Bom lembrar que o ex-Presidente Lula, considerado uma “avassaladora” liderança, nas eleições de 2002 e 2006, está preso, cumprindo pena por corrupção. E o candidato indicado por ele para concorrer às eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, foi fragorosamente derrotado pelo Capitão Jair Bolsonaro, que sequer fez comícios nos últimos 50 dias da campanha.

      Isso sem falar nas cassações de mandatos, exílios forçados, censura à imprensa, invasões de sindicatos, vários fechamentos do Congresso Nacional, políticos despreparados, demagogos e corruptos... Mas voltando ao início desta postagem: não dá para desconfiar que a maldição pegou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.