10 junho 2018

Saber pelo sentimento - Por: Emerson Monteiro


Existem diversas formas de apreender a Natureza em nós, pelos sentidos, donde vêm as sensações; pela mente, ou racionalidade, donde vêm os pensamentos; pela intuição, donde vêm as inspirações; e pelo coração, ou emoção, donde vêm os sentimentos. Qual diz o poeta, Amai para entendê-las! / Pois só quem ama pode ter ouvido / Capaz de ouvir e de entender estrelas. (Olavo Bilac). Nesse processo de adquirir o conhecimento, há, pois, tais alternativas. E dos sentimentos, o maior de todos é o Amor, a Luz em nós.

Escolas várias desenvolvem suas formulações e já concluem saber que somos um composto de sombra e luz. Das tantas pesquisas das individualidades, se conhece que viemos a fim de iluminar a sombra com que chegamos e precisa de claridade no sentido de revelar a natureza verdadeira do ser ciente, transcender a materialidade e revelar de si a verdadeira essência do Ser, função da existência.

Tal itinerário significa a distância entre as duas vontades, que representam o eu inferior e o Eu maior, campo esse onde perfazem os humanos a busca incessante da sonhada Felicidade. Esse intervalo das duas vontades representa o nível espiritual das criaturas. Nalguns, abismo mais profundo, transposto através nas vidas sucessivas, ou reencarnações, reencontros das existências em novos corpos. O que os místicos consideram ignorância é o fruto do desconhecimento dos valores do espírito, voltados que se prenda às ilusões daqui do chão, passageiras e perecíveis.

Afirmações, portanto, ora pertencentes à Metafísica, este conhecimento, que iluminará as trevas nos humanos, bem define o tanto a percorrer até chegar aos planos definitivos da Realidade. Nisso, desvendar os véus que encobrem o desenvolvimento à medida quando se adquire novos níveis de percepção e supera os estágios primitivos, em demanda do esclarecimento. Requer esforço, coragem de superação; vencer o medo da luz e transpor os desafios destes mundos transitórios. Aceitar de bom grado vencer a dor e conhecer os mistérios do Amor nos solos férteis do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.