01 março 2018

Colégio Santa Teresa de Jesus chega aos 95 anos neste 3 de março – por Armando Lopes Rafael

  Com  um tríduo comemorativo,  a direção, ex-alunas e atuais alunos do Colégio Santa Teresa de Jesus, de Crato, está comemorando – de 1º a 3 de março de 2018 – os 95 anos de fundação deste tradicional educandário cratense.
    Pelo que lemos na Acta da fundação da Congregação das Filhas de Santa Teresa de Jesus e do Collegio, nesta cidade de Crato, num texto a seguir transcrito respeitando a grafia da época, ficamos sabendo que “Aos três dias do mês de março, do anno do nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo, de mil novecentos e vinte três, às 5 horas da tarde, se acharam numa casa – à Praça da Sé – onde devia se dar a fundação da Congregação e do Collegio Santa Teresa de Jesus as seguintes pessoas: Para a Congregação: Anna Couto, Isabel Sobreira, Maria Lyra da Cruz, Eudócia Tavares Duarte e Mariana de Freitas, esta só para assistir à fundação dos mesmos.
Como alumnas internas: Carlota Almeida e Maria da Natividade Duarte; como auxiliar do Collegio: Maria Eugenia da Penha. Compareceu o Exmo. Sr. Bispo, Dom Quintino R. de Oliveira e Silva, fundador de ambos, dando assim grande prova de sua proteção e interesse pela realização de sua tão elevada idéia. Nesta ocasião, também compareceram Donas Ida Bilhar e Elisa Marques que foram nomeadas por S. Excia. Directoras do Collegio”
     No dia seguinte, 04 de março de 1923, às 5 horas da manhã, a população do Crato foi acordada com uma estrepitosa salva de fogos, anunciando o início das atividades de um novo colégio na antiga Vila Real do Crato. Dom Quintino havia atingido dois coelhos com uma só cajadada, pois concretizou dois dos seus mais alentados sonhos: o de criar uma congregação religiosa feminina (Filhas de Santa Teresa de Jesus) destinada a acolher jovens vocacionadas da sua diocese; e fundar – no Sul do Ceará –, o primeiro colégio para educação de mulheres. Dois pioneirismos de magnitude, considerando o fato de a Região do Cariri cearense – ainda atrasada em relação aos distantes centros evoluídos do litoral nordestino – ter passado a sediar as duas instituições acima citadas.
Nos dias atuais
   O Colégio Santa Teresa continua a manter a excelência no padrão de ensino e é uma referência na educação para jovens da Região do Cariri, hoje acolhendo e beneficiando ambos os sexos. O educandário atende a todas as exigências da Lei de Diretrizes e Bases da Educação e teve o parecer de reconhecimento pelo Conselho de Educação do Estado do Ceará. Atua nas modalidades de ensino da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, dispondo de instalações confortáveis e modernas, onde utiliza tecnologias de aprendizagem, que se alternam com o laboratório de informática, biblioteca, sala de artes, sala de jogos, quadra esportiva, brinquedoteca, videoteca, aulas de ballet e vários pátios para lazer.
     O educandário, fundado por Dom Quintino e dirigido – ao longo dos últimos 92 anos – pelas religiosas da Congregação das Filhas de Santa Teresa de Jesus, soube acompanhar a evolução social e tecnológica dos tempos atuais, permitindo aos que passam por seus bancos escolares adquirirem valores humanos, culturais e competências que os capacitam para o ingresso no ensino superior ou no mercado de trabalho da pujante Região Metropolitana do Cariri e outras regiões deste nosso país continental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.