05 dezembro 2017

'Heterossexual está virando minoria', afirma ministro do STJ

Fonte: jornal "Estdao de Minas", 05-12-2017.
   Declaração polêmica foi dada durante seminário em Brasília. Magistrado disse ainda que o ''poder de julgar do Congresso não se perdeu por causa da corrupção de um ou outro''
    O Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio Noronha afirmou nesta segunda-feira que o heterossexual vai precisar reivindicar direitos porque está se tornando minoria no Brasil. A declaração polêmica do ministro e atual corregedor nacional de Justiça foi dada durante um seminário realizado no Superior Tribunal.
   Segundo o magistrado, os juízes não devem ser pautados apenas por minorias. “Hoje o nosso juiz constitucional não pode ser pautado pelas minorias só. Aliás, eu já vi que quero meus privilégios porque o heterossexual agora está virando minoria. Não tem mais direito nenhum. Estamos criando isso”, afirmou, em tom de brincadeira, durante evento promovido pelo tribunal para discutir o ativismo judicial.
   O magistrado disse também que o Congresso não se perdeu por causa da corrupção. “Se tem deputado, senador, sendo processado, essa é outra questão. Mas o poder de julgar do Congresso não se perdeu por causa de corrupção de um ou outro. É um poder que está na Constituição e é consagração do princípio democrático”, disse Noronha.

Natal com muita fé e esperança -- por Pedro Esmeraldo

Natal! Todos ficam na expectativa de comemorar o natal com alegria. Ocorre porém que devemos seguir o caminho da concordância amigável durante todo tempo, sem espernear, mas promovendo uma união sistemática que satisfaça os nossos anseios familiares e experimentais. Devemos todos unidos abraçar com amor e provocar brincadeiras leves que nos tragam o comportamento útil, sem orgulho, enfrentando as dificuldades, sem receios diante das incertezas convencionais.
Se o nosso pensamento não for bastante elevado, permanecendo com confiança em Deus, hoje estaríamos numa posição de relevo que se destacaria na proeminência, evitando as dificuldades que permitiriam uma estrutura de forma exata e que daria ao indivíduo o gozo de lutar para conseguir direitos adquiridos com correção e apreço. Isso provocaria um planejamento determinado que serviria para cobrir as chagas que excederiam quando se encontram no nosso ser tudo provocado pelo mal procedimento do cidadão com a falta de confiança em Deus.
Do jeito que o mundo anda, somos capazes de ficar sem força pois, para lutar contra as urdiduras que há, isso tudo é estimulado pela falta de compreensão e do semi analfabetismo que há no seio deste povo. Para se ter uma ideia que esse povo não produz, é devido à falta de estímulo e falta de manutenção nas escolas públicas devido a ineficácia do ensino fundamental do país.
É preciso ter assiduidade ao meio que venha estabelecer a amizade profunda, fugindo do erros que cometemos e aprovando o conceito que há de igualitarismo que seria um bom caminho que temos a seguir.
No mundo de hoje ninguém age de maneira solidária, mas não podemos ter o pensamento desviado contra a natureza. Todos nós, ou talvez a maioria dos povos, vive no submundo da indiferença familiar e ambiental.
Não imaginam que todos tenham de agradecer a Deus que Ele nos deu, pela maravilha que nos proporcionou, de todo conjunto dominado pelo sistema solar, mostrando que o mundo é habitado num planeta terra, uma sociedade em que todos dominam e que nos leva a conduzir na nossa memória, pois nos deu inteligência para sabermos dominar com grandeza o processo que conduz esta natureza com singeleza e harmonia, dando motivo ao homem de prestar homenagem com agradecimento pelas maravilhas que nos oferece e a contemplação que nos leva a meditar com agrado e amor ao próximo.
Infelizmente, o mundo que vivemos, não faz mais contemplação a Deus para expressar com clareza o agradecimento do homem. Agora queremos falar com muita seriedade, pensando bem no bom comportamento do povo cratense.
Infelizmente, encontramos muitas dessas pessoas desnaturadas e acomodadas, vivendo sempre esperando que tudo venha ao acaso e não honram a Deus. Espero que tudo venha por força dos políticos maiorais da cidade. Não conduzem o povo para o lugar certo, mas ficam alheios ao bom costume. Certamente vivem parados, exigindo justiça, mas ficam esmaecidos, sem contemplar e nem exigir dos cidadãos políticos que permaneçam nas alturas e contemplem os bons costumes, lutando sem parar, exigindo justiça sem esmorecer, pois assim temos a dizer, com esforço e trabalho honesto, o município alcançará o sorriso contemplativo que nos elevará à glória do porvir. Para isso temos que colocar as pessoas certas nos lugares certos.
Pois estamos aqui lutando, gritando ao povo do Crato, acabe com esse marasmo de querer viver na praça Siqueira Campos, levante a mão para o céu, peça a Deus que os dê força, espirito de luta, que nos faça reagir com trabalho prodigioso a fim de sairmos desse caminho obscuro.
Pedimos que nos ilumine, principalmente aos políticos que venham comungar com o povo, lutando lado a lado, de espírito alevantado a fim de encontrar uma luz no fim do túnel.