24 novembro 2017

Superposição - Por: Emerson Monteiro


As notícias que leio conheço, já sabia antes mesmo de ler.
                                 Torquato Neto

A velocidade dos acontecimentos supera os próprios acontecimentos. Isto nesses 40 anos que deixam margem a largas avaliações quanto aos meios de comunicação de massa, efeito colateral da evolução tecnológica dos humanos. Lembro quando estudava, em Salvador, no curso de Comunicação, e que discutíamos anterior preocupação do teatro em face do crescimento do cinema. E o teatro seguiu seu curso, já com forte perda de público, que o cinema carreava. Depois, o cinema, a examinar o crescimento da televisão e suas novelas de qualidade duvidosa. Que também arrastou as longas as longas filas cinematográficas dos anos 50 e 60. 

Lá adiante novas preocupações entre os meios e que se configurariam no atual surgimento avassalador da mídia internética, somada à tevê de assinatura. Outra avalanche cresceu, envolvendo inclusive a mídia impressa de jornais, revistas e livros, estes vista a concorrência do livro digital. Nesse bojo também fora envolvido o computador pessoal, cooptado nos notebooks e tablets,

Agora, explode numa aceleração incontida os computadores de bolso, os tais celulares da geração do momento, que açambarcam teatro, televisão, jornais, livros, revistas, o escambau, até os velhos computadores de mesa, numa revirada geral de assustar e criar notícias além dos velhos acontecimentos diários, feitos meros factoides, ou fenômenos de guetos, os quais ocorrem fora da mídia oficial, a manipular a consciência capenga das massas ignaras. Essa mídia inesperada, que perde altura e passa a ser financiada pelos orçamentos públicos e empresariais vinculados aos serviços de estado.

Ninguém mais sabe direito aonde conduzir apreensões, a quem dirigir as buscas de reivindicações, se é que de interesse público. O mercado escapa entre os dedos da realidade virtual. Vertigens tomam conta do pensamento acadêmico empalidecido na acomodação das vaidades. O que antes era só ficção e laboratório da imaginação, no instante de hoje impõe leis inesperadas e efêmeras. A notícia, que significava a divulgação dos eventos de interesse público através dos meios de comunicação, estes uma concessão do Estado, vem sendo elaborada nos propósitos de minorias de poder encoberta na complexidade dos tempos. A política virou assunto de polícia. E a justiça dos homens, objeto de preocupação e expectativa, numa crise sem precedentes de valores qual jamais considerada pelas mentes galopantes dos visionários e profetas.

(Ilustração: Torre de Babel, de Pieter Brueguel o Velho).

Homem de 600kg faz cirurgia no México


Um mexicano que foi considerado o homem mais obeso do mundo - chegando a pesar quase 600 quilos - se encontra estável após ser submetido a uma segunda cirurgia de redução de estômago, informou ontem o centro médico que o atende. Juan Pedro Franco, 33, deve perder mais de 200 quilos com esta intervenção.

Agência Brasil
VIA BLOG DO CRATO


Gasolina é novamente reajustada e preços sobem 7% em dois dias


A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (23) uma alta de 1,9% nos preços da gasolina em suas refinarias para a partir da sexta-feira, após alta de 5,1% nas cotações autorizada na véspera que entrou em vigor hoje, de acordo com informações da companhia.

As altas, que somam cerca de 7%, vêm em meio a uma nova política de preços da estatal que prevê mudanças até diárias das cotações, em um momento em que a companhia tem prometido praticar preços alinhados ao mercado internacional e ao mesmo tempo se esforça para evitar perda de participação no mercado doméstico de combustíveis.

Já os preços do diesel serão reduzidos em 0,3% nas refinarias da Petrobras a partir da sexta-feira. Na véspera a companhia havia anunciado um aumento de 0,2% do diesel válido a partir desta quinta-feira.

VIA BLOG DO CRATO


Temer governa sem o povo e contra o povo', diz jornal francês


Um artigo publicado nesta semana no jornal francês Libération, intitulado, “Brasil, o novo laboratório do neoliberal”, faz duras críticas ao governo de Michel Temer e suas políticas.

O texto conta a trajetória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chamado de “chefe carismático do Partido dos Trabalhadores” e de sua sucessora, Dilma Rousseff, cujo impeachment os autores atribuem a um “novo tipo de golpe de Estado, dado não por militares, mas pela mídia, pelo poder judiciário, e logo depois pelo Congresso”. O artigo fala ainda que as provas de corrupção contra o presidente Michel Temer, seus ministros e boa parte dos deputados e senadores são “esmagadoras” e, mesmo assim, as duas tentativas de tirar Temer do poder, em agosto por corrupção passiva, e em outubro, por obstrução à justiça e formação de quadrilha criminosa, não tiveram sucesso.

“O governo comprou o apoio dos eleitos. No geral, terá custado um pouco menos de 20 bilhões de reais, que poderiam ter sido investidos em saúde, educação, ciência e tecnologia. As pessoas estão sofrendo”, diz um trecho. O artigo cita ainda a situação do Rio de Janeiro que, desde o final dos Jogos Olímpicos, “voltou a se tornar uma zona insegura com múltiplas formas de violência, uma guerra entre facções de tráfico de drogas”. “O sentimento de insegurança se instalou na cidade”, afirmam.

“Com uma aprovação de 5%, o governo não só governa sem as pessoas, mas também contra as pessoas, que perdem não só sua voz e seus direitos, mas também todas as esperanças. Na verdade, para ter sucesso em seu golpe, Temer confiou em ambos os setores mais atrasados ​​do país (grandes proprietários rurais) e os setores mais avançados (empresários). O resultado é uma política social, cultural e ecológica desastrosa.” Os autores também se dedicam a falar sobre a nova lei do trabalho, que entrou em vigor em 11 de novembro. 

“Em um país onde a concentração da riqueza já é considerável, a nova lei trabalhista reduzirá ainda mais o poder de compra dos mais pobres e reduzirá a já fraca capacidade de investimento do Estado brasileiro, que será forçado a aumentar a dívida pública. A situação é tensa. O Brasil está avançando perigosamente para o precipício. Qualquer coisa pode acontecer – incluindo o pior”, finalizam.

AP
Via BLOG DO CRATO


IX Festival das Flores de Holambra aberto ao público do Cariri







Aberta a nona edição do Festival das Flores de Holambra, que se realiza em Juazeiro do Norte de 23 de novembro a 03 de dezembro na praça Padre Cícero. Um verdadeiro show de cores e variedades de flores e plantas ornamentais, com mais de 200 espécies, com ofertas diferenciadas de preços, com negociações facilitadas. Em oito anos de realização, já estiveram presentes no festival, mais de 100 mil pessoas. A meta para este ano é que pelo menos 20 mil percorram os corredores ornados pelas flores e plantas de Holambra no Cariri.


O evento iniciou ao som a Banda de Música Padre Cícero, na manhã desta quinta-feira. A coordenação fez a abertura, saudando o público e destacando a importância dos apoiadores para que, em mais um ano, fosse possível estar presente na Praça Padre Cícero, para levar à região o festival que já faz parte do calendário de eventos de Juazeiro do Norte. O Festival das Flores de Holambra torna o Cariri mais primaveril, em tempos áridos no sertão. No local de compra dos produtos, o cliente tem a oportunidade de ser orientado de como cuidar da planta. São os técnicos de Holambra. Eles vêm diretamente para o Cariri, na parceria com os que fazem do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal - promotores da feira-, para dar um suporte. O evento beneficente conta com a colaboração de voluntários para a sua realização.

Segundo o coordenador da Feira, Bruno Sobreira, este ano tem sido mais um sucesso poder contar com a grande parceria de Holambra. Ele destaca também a parceria da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, cedendo o espaço que se tornou referência todos os anos da feira, além de todos os apoiadores.

Flores e alegria

Segundo um dos organizadores, Manoel Barros, esse é um momento de grande alegria para os que fazem esse trabalho. Ele desejou que todos fossem bem-vindos, e o coordenador, Bruno Sobreira, ressaltou ser uma satisfação poder realizar em mais um ano a feira, que tem sido amplamente divulgada, ao longo do período de realização, e o público sempre correspondendo. Algumas atrações culturais serão desenvolvidas durante os próximos 10 dias do evento, com apresentações no próprio espaço. O Festival das Flores de Holambra no Cariri antecede uma das datas mais esperadas do ano, o Natal, e proporciona aos amantes das plantas ornamentais e flores adquirir esses produtos para presentear os amigos, em festividades de final do ano, além de embelezar sua casa ou apartamento. O espaço se tornou um ponto de encontro e encantamento, traduzindo em alegria e bons negócios o período do festival.

Público diversificado


Durante o festival, é possível registrar a presença de clientes de todo o Cariri e cidades de estados vizinhos. “Para nós é uma grande alegria poder proporcionar esse momento, ao mesmo tempo em que as pessoas estão participando de uma promoção beneficente”, frisa Bruno Sobreira. No local, os visitantes e compradores podem se deliciar com os lanches da cantina e um espaço para um bom bate-papo. No evento, podem ser encontradas diversas espécies de flores raras, como orquídeas, roseiras de diversas cores e tamanhos, gérberas, violetas, cactos, plantas carnívoras, bonsais, entre outras espécies. Entre as vantagens de se adquirir nesse período as plantas e flores no festival de Holambra estão a fácil acessibilidade, preços mais em conta, com a venda direta da cidade de Holambra, em São Paulo, ao consumidor caririense, e as formas facilitadas de pagamento, além das orientações técnicas e um atendimento simpático. 

Festival de Holambra nas redes sociais:

facebook.com/holambranocariri; 
Instagram: @holambranocariri;

VIA BLOG DO CRATO

CRATO - Secretário da Cultura do Estado visita local onde será implantado o Centro Cultural do Cariri



O Secretário de Cultura do Crato, Wilton Dedê, recepcionou o Gestor da Secult Ceará, Fabiano Píuba, na última quarta-feira, 22, onde realizaram uma visita de inspeção ao local onde será implantado o Centro Cultural do Cariri. A Proposta é que o Centro seja construído no prédio onde funcionava o Hospital Manoel de Abreu. Segundo Dedê, o prédio já foi tombado pela Prefeitura do Crato, com o apoio do Legislativo, o prefeito Zé Ailton faz questão de preservar a história cratense. “A transformação do prédio em um centro de cultura prevê a implementação de um projeto social direcionado para a comunidade, no qual ele está inserido, obedecendo à legislação específica, no Centro Cultural do Cariri serão trabalhadas várias linguagens, entre elas, teatro, dança, cinema, tudo isso em uma estrutura que contará com área para espetáculos, praça verde, jardim, área de convivência, praça cultural e estacionamento” explica

Também estiveram acompanhando na visita, o Secretário de Infraestrutura do Crato, Luiz Wellington Brandão, e o representante do Escritório Regional da Secretaria da Cultura do Estado, Mano Grangeiro.


Cearenses são premiados em Olimpíada de Astronomia


Phuket/Fortaleza. Dois cearenses conquistaram medalhas e um recebeu menção honrosa na XI Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica, realizada em Phuket, na Tailândia.

No total, a equipe brasileira conquistou uma medalha de prata, duas medalhas de bronze, duas menções honrosas e um prêmio especial. João Vitor Guerreiro Dias (SP) ganhou a Medalha de Prata. Nathan Luiz Bezerra e Vinicius Azevedo dos Santos, ambos do Ceará ganharam Medalha de Bronze. Bruno Gorresen Mello (PA) e Pedro Pompeu Carneiro, também cearense, receberam Menções Honrosas. Bruno também recebeu Prêmio Especial por ter ficado em terceiro lugar na prova em equipe, que este ano reuniu times de 7 estudantes de países diferentes. Este foi o melhor desempenho brasileiro na competição desde 2013, disputando contra 219 participantes de 44 países.

VIA BLOG DO CRATO

Polícia desarticula bando de assaltantes, no Ceará


Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar desarticulou uma quadrilha acusada de roubos em casas lotéricas e outros estabelecimentos comerciais. Os homens, segundo a Polícia, usavam fardamento de uma empresa de segurança para facilitar as ações. Na última quarta-feira (22), três homens foram capturados no bairro Siqueira, mas um quarto suspeito segue foragido.

De acordo com informações do delegado adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Osmar Berto, o trio supostamente teria assaltado uma loja de informática, na última segunda-feira (20). A partir deste crime, o setor de inteligência da DRF iniciou as investigações para localizar o grupo. Após terem conhecimento de onde os homens estavam, policiais militares do Serviço Reservado da 1ª Cia do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foram destacados para acompanhá-los e realizarem a abordagem.

Segundo o major Hideraldo Bellini, comandante da 1ª Cia/8º BPM, a equipe seguiu o grupo da Avenida Santos Dumont até a residência de um deles, quando houve a abordagem. Durante a ação, não houve confronto, mas um dos homens no carro conseguiu fugir. Acabaram presos, Francisco Maurício Souza dos Santos, 25, Luiz Carlos Freitas da Silva, 48, e Rodolfo Almeida dos Santos, 27. Rodolfo era foragido da Justiça da Paraíba, enquanto os demais tinham empreendido fuga do Sistema Penitenciário do Ceará.

De acordo com a Polícia, ao chegarem nos estabelecimentos, os homens - fardados - se apresentavam como funcionários de uma empresa de segurança privada e alegavam terem estacionado o carro-forte há poucos metros do local, devido à falta de vagas.

Ao terem acesso ao cofre, como explica o major Bellini, a ação era concretizada. "Eles chegavam na loteria, se passando por representantes da empresa e o pessoal que estava lá de imediato abria a parte que é inviolável. Quando percebiam a situação, já era tarde, porque eles anunciavam o assalto e recolhiam todo o dinheiro que tinha no cofre e no caixa", aponta. Em uma das situações, o cofre não chegou a ser aberto, mas o grupo conseguiu levar o dinheiro retido nos caixas. Comprovadamente, o grupo já realizou a ação contra duas lotéricas - uma na Avenida Sargento Hermínio e outra no bairro Bom Jardim -, uma farmácia e uma loja de eletroeletrônicos.

Fonte: Portal Verdes Mares
VIA BLOG DO CRATO



‘Não descartamos nada’, diz Marinha argentina sobre submarino desaparecido ARA San Juan




Apesar de possibilidade de explosão e pessimismo de familiares, autoridades não comentam chance de 44 tripulantes não estarem vivos. Em coletiva, porta-voz diz que é feita varredura no fundo do mar e rastreamento permanente com aviões.

O porta-voz na Marinha da Argentina afirmou na noite desta quinta (23) que, embora ainda não se saiba o paradeiro do submarino ARA San Juan, e exista a possibilidade de que tenha ocorrido uma explosão, nenhuma hipótese está sendo descartada.

Apesar do pessimismo que começa a tomar conta dos familiares dos 44 tripulantes, as autoridades em nenhum momento comentaram a possibilidade de que estes já não estejam vivos.
“Não descartamos nada”, disse o porta-voz Enrique Balbi em uma coletiva de imprensa. “Até que tenhamos uma evidência certeira de onde está o submarino não podemos fazer uma afirmação contundente”, acrescentou. O ARA San Juan está desaparecido desde o dia 15 de novembro, data em que fez contato pela última vez. Nesta quinta, a Marinha argentina informou que foi detectado um "evento consistente com uma explosão" algumas horas após esse último contato, em local próximo à última localização conhecida da embarcação.

Buscas

Segundo Balbi, seis embarcações estão realizando uma varredura no fundo do mar na região onde se acredita que o submarino esteja - na zona central de buscas, as profundidades variam de 200 a 2 mil metros. Além disso, um rastreamento permanente é feito por três aviões, sendo dois de exploração marítima (um americano e um brasileiro) e um C-130 Hércules da Força Aérea Argentina.

Simultaneamente, três destroyers e uma corveta da Marinha argentina estão em uma zona de buscas nas proximidades, apoiados por mais aviões. Outros nove navios circulam por diferentes áreas do Atlântico Sul participando da missão. Segundo a France Presse, as buscas envolvem 4 mil homens e, além da Argentina, participam contingentes de Brasil, Alemanha, Canadá, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Noruega, Peru, Grã-Bretanha e Uruguai. Também de acordo com a agência, dois navios zarparam do porto de Comodoro Rivadavia com militares americanos equipados com material de resgate: dois mini submarinos de controle remoto e cápsulas de resgate para os 44 tripulantes do ARA San Juan. O jornal argentino "Clarín" diz que médicos foram enviados a bordo das cápsulas de resgate, um indicativo de que as autoridades ainda trabalham com a hipótese de localizar sobreviventes.


VIA BLOG DO CRATO

Praça Siqueira Campos - Por: Emerson Monteiro

Houve um tempo em Crato quando o centro de tudo se fixava na Praça Siqueira Campos, o foco da vida social, fazendo-a símbolo de participação efetiva nos acontecimentos distantes e próximos. Isto bem presenciei pelo menos durante três décadas, desde os anos 50, quando minha família viera morar na cidade, aos anos 60, de largas movimentações políticas e culturais, e parte dos anos 70, quando das primeiras emissões de televisão, que chegariam ao interior cearense através das antenas repetidoras, trazendo de volta as famílias aos lares. Deixavam de lado o convívio e as atividades espontâneas das ruas e praças. Foram décadas marcantes aquelas. Quem viveu o período deve recordar a presença constante da população que priorizava o comparecimento à Siqueira Campos, com ênfase nas noites de sábado e domingo. Palco bem iluminado, ajardinado com primor e acolhedor em sentido amplo.

Eram verdadeiras confraternizações o que ali acontecia de livre e espontânea vontade. Desde às lideranças tradicionais aos jovens, o logradouro significava clube social a céu aberto e efusivamente participado. Vestidos nas melhores domingueiras, a satisfação de todos seria passear na praça dos sonhos e de tantos amores; de alegres conversações e fonte noticiosa do que ocorria no resto do mundo àquela hora. Um polo típico de atrações inigualáveis.

Defronte ficavam o Cine Cassino, prédio do antigo Cassino Sul Americano, de épocas anteriores, e o Café Líder, onde frequentavam os principais nomes da vida cultural e empresarial de Crato, então a metrópole consagrada do Cariri. Logo adiante, indo pela Rua José de Alencar, existia o Cine Moderno. Era a Praça Siqueira Campos e, face disso, ao poder agregador, o mais da zona urbana seria tão só periferia nos momentos do raro fervor coletivo, eis o que resumia a vida noturna daquelas épocas.

Desse fenômeno amplamente consolidado durante tanto tempo, nasceu o livro Praça Siqueira Campos, de uma plêiade excelente de autoras, que ora aqui consideramos. Vale, sim, de registro competente e pródigo das lembranças da fase platinada de tantos, cujas vivências encontram o marco da história de vida dessas várias gerações.

As memórias necessitam de artífices a quem jamais desaparecem os detalhes e as histórias imortais dos povos. Por vezes, as qualidades de uma equipe de testemunhas reunidas em volta de valores idênticos rendem muito, a ponto de ganhar o fôlego das novas gerações e edições em livro, igual ao que ora verificamos. Com satisfação quero, pois, consignar a importância sociocultural desta produção, motivo da preservação de uma fatia de tempo dotada dos melhores dias dos que viveram as belezas dessas horas felizes e indeléveis.

Black Friday começa nesta sexta com expectativa de vendas recordes, mas ainda sob efeito da crise


 Nota: Compre tudo pela metade do dobro do preço !


Especialistas ouvidos pelo G1 esperam aumento nas vendas, mas dizem que empresas tentam desovar estoques; entre produtos buscados, chamam a atenção viagens e até pneus.

Começou à meia-noite desta sexta (24) a oitava edição da Black Friday no Brasil, data de promoções coletivas já consolidada na internet e que ganha cada vez mais adesão no varejo físico brasileiro.
Os organizadores do evento e especialistas em varejo ouvidos pelo G1 esperam mais um recorde de vendas e alguns arriscam até um faturamento superior ao do Natal, com consumidores aproveitando para antecipar as compras. Hipermercado em São Paulo antecipou a Black Friday de 2017 para a noite de quinta-feira (Foto: Celso Tavares/G1) Hipermercado em São Paulo antecipou a Black Friday de 2017 para a noite de quinta-feira (Foto: Celso Tavares/G1) Hipermercado em São Paulo antecipou a Black Friday de 2017 para a noite de quinta-feira (Foto: Celso Tavares/G1)


Mas eles ponderam que, apesar de uma ligeira melhora da confiança e do cenário macroeconômico em relação à edição de 2016, ainda não dá para falar em uma "Black Friday da retomada" e muitas empresas devem aproveitar a data para tentar desovar produtos encalhados. Para dar conta do movimento, algumas lojas diluíram as promoções em mais dias, abrem mais cedo nesta sexta (até mesmo de madrugada) e têm "operações de guerra" para entregar os pedidos feitos online.
Os entrevistados destacam o aumento da procura dos consumidores por descontos em viagens e serviços, além de produtos inusitados como pneus. Os campeões de busca, porém, continuam sendo os eletrônicos – categoria na qual não dá para se esperar promoções extravagantes.

G1
VIA BLOG DO CRATO




Bancos do CE vão ter vidros à prova de bala e monitoramento em tempo real, prevê lei


Projeto de lei aprovado nesta quinta-feira (23) estabelece novas normas de segurança em estabelecimentos bancários do Ceará.

Foi aprovado, nesta quinta-feira (23), na Assembleia Legislativa, projeto de lei que traz novas exigências ao sistema de segurança dos bancos cearenses. Entre as normas da nova lei, está a instalação de vidros blindados nas portas de entrada, janelas e divisórias no interior das agências; além de sistema de monitoramento em tempo real. De autoria do governo do estado, a justificativa do projeto para as mudança é principalmente conter os ataques criminosos às agências, que ocorrem por falhas na segurança. Após sancionada a lei, os bancos têm prazo de 180 dias para se adequar às novas normas. O descumprimento da lei ocasiona multa diária de 500 Ufir, equivalente a R$ 1.970.

Conforme a lei, os itens obrigatórios a serem instalados nos bancos são:

Porta eletrônica giratória individualizada com detector de metais e travamento, antes das salas de autoatendimento e em todos os acessos destinados ao público;
Equipamento de retardo instalado na fechadura do cofre ou com dispositivo temporizador;
Vidros laminados a provas de balas de grosso calibre nas portas de entrada, nas janelas e nas fechaduras externas do térreo, bem como nas divisórias externas das agências e nos postos de serviço bancários;
Sistema de monitoração e prevenção eletrônicas de imagens, em tempo real, interno e externo, através de circuito interno de TV, interligado com central de monitoração localizado na sede da empresa de segurança e com o central da Polícia Militar;
Sistema de alarme capaz de permitir comunicação entre o estabelecimento financeiro e outro da mesma instituição, empresa de vigilância ou órgão policial mais próximo;
Equipamento ou tecnologia para inutilização de cédulas de dinheiro em casos de explosão ou arrombamento de caixa eletrônico.
Biombos ou estrutura similar com altura de dois metros entre a fila de espera e a bateria de caixas das agências, bem como na área dos terminais de autoatendimento, cujos espaços devem ser observados pelos vigilantes e controlados por câmeras de filmagem.
Armários de portas individualizadas e chaveadas para guarda de objetos de clientes, sendo vedada a cobrança de qualquer valor relativo a sua utilização.

Usuários e funcionários

Com relação aos usuários, fica proibido o uso de capacetes, chapéus, bonés, toucas ou acessórios que dificultem a identificação; óculos escuros; uso de fones de ouvidos e aparelhos eletrônicos. Permanece também a proibição à utilização de celulares no interior das agências.
Os estabelecimentos devem afixar cartazes indicando os itens vedados.
Algumas medidas de segurança também envolvem os funcionários dos bancos, como:
Os estabelecimentos financeiros públicos e privados deverão disponibilizar para os vigilantes um aparelho para ser usado como botão do pânico e terminal telefônico, com a finalidade de acionar rapidamente a polícia, e de dispositivo que acione sirene de alto volume no lado externo do estabelecimento.
As agências bancárias estabelecidas no Estado do Ceará ficam também obrigadas a instalar escudo de proteção ou cabina de segurança blindada para os vigilantes. O escudo de proteção ou cabina de segurança deverá ter altura mínima de dois metros, com assento apropriado.
Fica proibido, no âmbito do Ceará, os funcionários das instituições financeiras públicas e/ou privadas, guardarem em seu poder as chaves dos cofres e agências que trabalham.
Fica proibido o transporte de numerários por bancários. O mesmo deverá ser feito por carros-fortes.

G1



Apresentada no Senado Federal a “Sugestão Legislativa” para um referendo visando à restauração da Monarquia no Brasil, bem como sobre as comemorações – em 2022 – do Bicentenário da Independência.


Tramita na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, (ainda aguardando a designação de um relator) um pedido assinado por mais 33 mil brasileiros, visando à realização de um referendo (plebiscito) para a restauração da Monarquia Constitucional no Brasil.
Essa iniciativa busca também o resgate dos símbolos históricos brasileiros, além de honrar os grandes vultos do Império, como os Imperadores Dom Pedro I e Dom Pedro II, as Imperatrizes Dona Leopoldina, Dona Amélia e Dona Teresa Cristina, bem como a Princesa Dona Isabel e o Conde d’Eu, que tanto fizeram e sacrificaram pela grandeza da Pátria.
A Ideia Legislativa propõe o hasteamento da Bandeira do Império em instituições públicas e particulares, durante toda a Semana da Pátria, e, em 2022, durante todo o mês de setembro, em comemoração pelo Bicentenário da Independência – altura em que, com a graça de Deus, a Monarquia já terá sido restaurada.
(Postado por Armando Lopes Rafael)