16 outubro 2017

Coreia do Norte alerta países: não se juntem a ações dos EUA e estarão a salvo


A Coreia do Norte alertou países nesta segunda-feira nas Nações Unidas: não se juntem aos Estados Unidos em ações militares contra o Estado asiático e estarão a salvo de retaliação.

O alerta estava contido em uma cópia do discurso preparado do vice-embaixador da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas, Kim In Ryong, para uma discussão sobre armas nucleares em um comitê da Assembleia Geral da ONU. Kim, no entanto, não leu esta parte em voz alta. “Contanto que não participe das ações militares dos EUA contra a Coreia do Norte, nós não possuímos intenção de usar ou ameaçar usar armas nucleares contra qualquer outro país”, de acordo com discurso preparado de Kim.

“O território inteiro dos EUA está dentro de alcance de disparo e caso os EUA ameacem invadir até mesmo um centímetro de nosso território sagrado, não irão escapar de nossa severa punição em qualquer parte do globo”, segundo o comunicado. Tensões cresceram entre os EUA e a Coreia do Norte após uma série de testes de armas de Pyongyang e uma sequência de declarações cada vez mais belicosas entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un. O Conselho de Segurança da ONU aumentou unanimemente sanções sobre a Coreia do Norte por conta de seus programas nuclear e de mísseis desde 2006. O vice-embaixador norte-coreano da ONU disse ao comitê da Assembleia Geral da ONU nesta segunda-feira: “A não ser que a política hostil e a ameaça nuclear dos EUA sejam completamente erradicadas, nós nunca iremos colocar nossas armas nucleares e foguetes balísticos na mesa de negociação sob qualquer circunstância”.

(Reportagem de Michelle Nichols)
Fonte: Reuters
VIA BLOG DO CRATO


A ETERNA falta D´água no Crato - Cratenses estão revoltados, nas redes sociais.


Não é de hoje que a cidade de Crato, tem problemas com o abastecimento de água à população. No entanto, o problema tem se agravado consideravelmente nos últimos anos.



Apesar de ser localizada numa das regiões mais privilegiadas do Nordeste, no que se refere à quantidade e diversidade de fontes, no Crato falta água em muitos bairros, com cada vez mais frequência. Nas diversas redes sociais, o que mais se vê, são Cratenses revoltados pela falta ou má qualidade do precioso líquido. Nos últimos dias, moradores do bairro Gisélia Pinheiro ( Batateiras ), tem postado inúmeras fotos, e no bairro Vilalta, de onde este repórter vos escreve, a água tem sido escassa nos últimos meses, faltando e retornando, e quando retorna, traz consigo a famosa "capa rosa", uma espécie de lama, que às vezes chega a se tornar preta, e que entope as tubulações.

O problema da água na Vilalta já dura mais de 30 anos.

Nos anos 70, a Vilalta e o Bairro do Seminário eram conhecidos como bairros em que mais faltava água. Muita gente evitava morar na Vilalta, pois existia o "boato" de que ali, o fornecimento era problemático. E parece que as coisas não mudaram muito desde os anos 70.

Na redação do Blog do Crato, recebemos inúmeras denúncias de falta d´água, por parte da população, e denúncias também de má qualidade. Quem não se lembra dos vídeos e reportagens que postamos algum tempo atrás, ainda na administração passada, em que moradores da Vilalta fizeram reuniões com vereadores, a fim de discutir possíveis soluções, e foi finalmente determinado pela justiça que o problema fosse imediatamente resolvido ? Pois é. Aparentemente, nem a justiça tem vez nem voz no Crato. Está desmoralizada, porque de lá para cá, nada se resolveu, aliás, piorou consideravelmente e onde está a justiça ?

E vem o grande questionamento: Será que a SAAEC está mesmo preparada para atender à demanda do município, ou já é tempo de se considerar aquele velho temor dos Cratenses, de entregar as suas preciosas fontes para o controle de uma empresa de renome, talvez, de maior credibilidade, no caso, a CAGECE ? Espero não ser este o caso, mas ao andar da carruagem, em que o principal elemento da vida, a água, o bem mais precioso a que todo ser humano tem direito, lhe é negado, por um conjunto de administrações sucessivas incompetentes para resolver os problemas, mesmo ruim, talvez seja a menos salgada das soluções.

Enquanto isso, o Crato, após muitos anos, em que praticamente não houve falta d´água, volta à velha letra da música: "Lata D´água na cabeça", mas quem sabe assim, os Cratenses aprendam que na hora de escolher os seus governantes, e estes, ao escolherem as pessoas a ocuparem cargos vitais à população, saibam escolher pessoas que realmente se proponham a resolver os problemas da cidade, e não viver num eterno faz de contas, com soluções paliativas, onde os grandes problemas, a exemplo da Rua da Vala, que já tem mais de 60 anos de fedentina, são jogados para debaixo do tapete.

Porque a rigor, diante de tantos mananciais de água pura e límpida que jorra das fontes da grande Chapada do Araripe, não existe qualquer explicação, a não ser por pura má administração, que se traduz na prática pela falta de investimentos e cuidado, que possa justificar essa "eterna" falta d´água que existe na cidade do Crato.

Por: Dihelson Mendonça
Fotos das redes sociais.
BLOG DO CRATO





Temer envia carta a parlamentares e fala em “conspiração” para derrubá-lo


A carta foi enviada por Temer a parlamentares da base aliada e da oposiçãoBeto Barata/PR


O presidente Michel Temer escreveu uma carta a deputados e senadores se defendendo de acusações contra ele. No texto, Temer diz que é vítima de “uma campanha implacável com ataques torpes e mentirosos” e que há uma “conspiração” para derrubá-lo do cargo. A carta foi enviada por Temer a parlamentares da base aliada e da oposição no momento em que a segunda denúncia da Procuradoria-geral da República (PGR) contra ele está sendo analisada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Temer inicia a carta, entregue hoje (16), dizendo que a “indignação” é o que o faz se dirigir a eles. “São muitos os que me aconselham a nada dizer a respeito dos episódios que atingiram diretamente a minha honra. Mas para mim é inadmissível. Não posso silenciar. Não devo silenciar”, escreveu. O presidente diz aos parlamentares que “afirmações falsas, denúncias ineptas alicerçadas em fatos construídos artificialmente sustentaram as inverdades que foram divulgadas” e que “a armação está sendo desmontada”.

Ao longo de quatro páginas, Temer cita os áudios das conversas entre os dirigentes da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud e diz que neles fica claro que o objetivo era derrubar o presidente da República. Faz menção também à delação premiada do doleiro Lúcio Funaro, cujos vídeos foram divulgados pela imprensa nos últimos dias. “Agora trazem de volta um delinquente conhecido de várias delações premiadas não cumpridas para mentir, investindo contra o presidente, contra o Congresso Nacional, contra os parlamentares e partidos políticos”, defende na carta. Temer ainda faz críticas à atuação do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e cita o ex-deputado Eduardo Cunha ao dizer que, em uma entrevista, Cunha relatou que sua delação não foi aceita porque o procurador-geral exigia que ele incriminasse o presidente da República.

“Jamais poderia acreditar que houvesse uma conspiração para me derrubar da Presidência da República. Mas os fatos me convenceram. E são incontestáveis”, diz Temer aos parlamentares. Temer finaliza o texto citando dados positivos da economia como a redução da inflação, criação de emprego e ações como a aprovação da reforma trabalhista. Ele diz aos parlamentares que a retomada do crescimento no país foi alcançada com o “apoio decisivo” da Câmara e do Senado.

A partir de amanhã (17), os deputados se concentrarão na análise, discussão e votação na CCJ da Câmara da denúncia contra Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. O parecer sobre a peça foi apresentado na última terça-feira (10) pelo relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendou a rejeição do prosseguimento da denúncia, afirmando que ela se baseia em “delações espúrias, sem credibilidade não havendo justa causa para o prosseguimento da ação penal”.

Fonte: Agência Brasil




Aeroporto de Juazeiro recebe Boeing 737-800 em voo histórico


O Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes recebeu, neste sábado (14), um voo comercial que gerou boas expectativas acerca dos novos rumos do terminal. Pela primeira vez, o Boeing 737-800, maior aeronave da Gol, operou legalmente no aeroporto, que até então recebia o modelo 737-700, de menor porte, devido às limitações da pista.

A operação faz parte de uma checagem técnica para possível operação regular deste modelo de aeronave, comumente usada nos principais aeroportos do país, em rotas nacionais em internacionais. Segundo o Dr. Roberto Celestino, entusiasta da aviação, através do setor institucional e de Análise de Segurança Aeroportuária, interagindo com a equipe local do aeroporto, foi firmado um acordo operacional assinado pelo Superintendente do aeroporto, Rodrigo Siebra, pelo Gerente Operacional, Fernando Carneiro e o chefe de segurança, Paulo Sérgio.

Este acordo torna legal a operação do 737-800 em Juazeiro do Norte. O voo deste sábado operou com 150 passageiros - capacidade máxima deste modelo, enquanto a aeronave menor comporta apenas 138, e é proveniente de Guarulhos-SP. A aeronave pousou às 0h56 e decolou de volta às 3h25.

Este voo experimental só foi possível após já ter sido aberta a licitação para recuperação do pátio de estacionamento de aeronaves. O acordo, portanto "salva as operações da Gol Linhas Aéreas no Aeroporto Regional do Cariri, já que poderá operar com a aeronave que ela achar necessário", diz Celestino. A expectativa é que, após concluídas as obras na pista, a Avianca também possa passar a operar com um avião de maior porte, o A-320.                 

Fonte: Site Miséria
FOTO: Fernando Dias



Cratense Mário Araripe está entre os bilionários brasileiros, segundo a Revista FORBES


Mário Araripe, 62 anos. formado no ITA na turma de 1977, pilotou vários negócios de sucesso até se tornar o rei da energia eólica com sua empresa Casa dos Ventos, maior desenvolvedora de parques do setor no país.

Nascido em Crato, interior do Ceará, filho de um engenheiro de obras contra a seca, ele saiu do sertão para estudar até em Harvard (EUA), mas sempre voltou ao interior do Nordeste para empreender. Ali montaria seu império. O primeiro negócio próprio depois de se formar passou bem longe da aeronáutica: após trabalhar na empresa têxtil da família do sogro, Araripe montou uma incorporadora especializada em imóveis de luxo nas belas praias do Ceará. A construtora Colmeia chegou a ser uma das maiores do Nordeste, até ser vendida, em 1994. O empresário investiu então em duas indústrias têxteis, a Companhia Valença Industrial e a Têxtil União. Ambas fazem parte até hoje do Fundo Salus, que reúne os empreendimentos de Araripe.

Foi depois da venda da Construtora Colmeia que o empresário apostou naquele que viria a se tornar um de seus negócios mais famosos: em 1997, após retornar de uma temporada de estudos em Harvard, investiu na fabricante de veículos utilitários Troller, fundada dois anos antes em Horizonte (CE) pelo engenheiro Rogério Faria. Tornou-se controlador da marca e foi o responsável pela grande aceleração da empresa – os jipes fizeram fama internacional em ralis como o Paris-Dacar.

A Troller Veículos Especiais foi a única montadora de veículos 100% brasileira até o comecinho de 2007, quando Araripe vendeu a empresa à norte-americana Ford, em um negócio estimado em R$ 600 milhões.

Foi nessa brecha que o ITA e os ventos voltaram a entrar na vida do empresário: o estímulo para investir na energia eólica veio numa conversa com o engenheiro Odilon Camargo, ex-colega do Instituto, responsável pelo primeiro grande levantamento sobre o potencial eólico do Brasil, elaborado para o Ministério de Minas e Energia. “Eu havia acabado de vender a Troller para a Ford e estava extremamente líquido. Odilon me disse que deveria olhar a energia eólica e foi o que fiz”, relatou Araripe sobre o conselho do amigo. Por coincidência, anos antes, enquanto Camargo preparava o atlas eólico do Ceará e precisava visitar locais de difícil acesso, Araripe havia lhe emprestado um Troller para a tarefa. Os ventos do Nordeste estão entre os melhores do mundo para a geração de energia eólica. Bom de faro para novas oportunidades, o cearense seguiu a sugestão do ex-colega de turma e, ainda em 2007, criou a Casa dos Ventos, que começou comprando e alugando terras no Ceará para desenvolver projetos eólicos. Rapidamente, a empresa se tornou a maior desenvolvedora de parques de geração de energia dos ventos – entre projetos próprios e para terceiros.

A Casa dos Ventos também se transformou em grande vendedora de empreendimentos: em 2016, repassou dois parques à Cubico Sustainable Investments, por cerca de R$ 2 bilhões. O negócio envolveu os complexos Ventos de Santa Brígida, no agreste de Pernambuco (com capacidade para 182 megawatts), e Ventos do Araripe I, no sudeste do Piauí (210 megawatts). Na ocasião, foi a maior transação já realizada no Brasil com ativos eólicos em operação. Os dois parques eólicos representam aproximadamente um terço dos ativos com energia contratada da Casa dos Ventos.

Em maio deste ano, a companhia confirmou a venda de mais dois empreendimentos, desta vez para a Echoenergia, criada pelo fundo britânico Actis: Ventos de São Clemente, em Pernambuco (216 MW), e Ventos de Tianguá, no Ceará (130 MW). Nesta negociação, o valor não foi divulgado, mas foi igualmente bilionário. “Como temos outros projetos, às vezes vendemos para investir mais em outro”, declarou o empresário depois da primeira alienação, para a Cubico.

Quando Araripe ingressou no setor, a energia eólica representava apenas 0,2% da matriz elétrica brasileira. Hoje, o país já é o nono maior produtor mundial – em boa parte, graças à Casa dos Ventos. A empresa participou do desenvolvimento de um terço de todos os parques eólicos atualmente em operação ou em construção no Brasil. Recentemente, a empresa inaugurou a usina Ventos do Araripe III, um dos maiores complexos da América Latina. Localizado na Chapada do Araripe, entre Pernambuco e Piauí, o projeto é composto por 14 parques e 156 aerogeradores, com produção de 359 MW. Nele foi investido R$ 1,8 bilhão. Além dos projetos próprios, a Casa dos Ventos tem participação acionária em outras usinas (que somam 657 MW). Mas seu maior gigantismo está no potencial: a empresa soma 15 gigawatts (cerca de 20 vezes a capacidade dos parques que já vendeu) em projetos engatilhados, com áreas já mapeadas e aprovadas. O fundo Salus é dono de mais de 180 mil hectares de propriedades rurais no Brasil – o que significa muito chão para torres de energia eólica.

“Em termos energéticos, raras são as regiões da Terra com ventos tão fortes e constantes como no Nordeste do Brasil. Além da latitude certa, ele está no lado certo do continente em relação à rotação da Terra. Não tem furacão, tufão, ciclone. A produtividade da usina eólica no Nordeste é a maior do mundo. O preço é muito competitivo”, festeja o novo integrante da lista de bilionários de FORBES.   

Fonte: Revista Forbes
VIA BLOG DO CRATO




Dólar volta a subir e encerra a R$ 3,17



Diante de um cenário político mais sensível com o início da votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados, o dólar avançou 0,75% e encerrou o pregão a R$ 3,1727 na venda após tocar R$ 3,1738 na máxima do dia. O avanço interrompe três sessões seguidas de queda da moeda norte-americana. Na véspera, a chair do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, falou que a força do mercado de trabalho pede por contínuos aumentos graduais nas taxas de juros.
No fim da tarde, o dólar futuro subia cerca de 0,85%. No exterior, a moeda dos EUA subia ante uma cesta de moedas, incluindo o euro, em um movimento de realização de lucros. O dólar também subia em relação a algumas moedas de países emergentes, como o peso mexicano.


Sesc Crato promove Mostra Comunitária de Cultura e Arte



Na quarta-feira (18/10), a Unidade Crato do Sesc*, instituição que integra o Sistema Fecomércio-CE, realiza a Mostra Comunitária de Cultura e Arte do programa Mesa Brasil. A programação acontece a partir das 16 horas, no estacionamento da unidade, com a participação de instituições atendidas pelo programa. A entrada é gratuita. A Mostra Comunitária de Cultura e Arte é uma ação do projeto "Cidadania em Foco" do Desenvolvimento Comunitário e tem o objetivo de apresentar a diversidade cultural do Cariri. A programação envolve uma oficina de instrumentos musicais feitos a partir de material reciclado com os participantes das instituições atendidas pelo Mesa Brasil.

O objetivo da oficina é despertar nas crianças, adolescentes e jovens suas capacidades artísticas e culturais, revelando valores no campo da arte e da cultura. A ação também pretende enfatizar a importância na construção da história e reconhecimento da identidade cultural, além de promover a valorização pessoal e coletiva no processo de construção da cidadania.

SERVIÇO
Mostra Comunitária de Cultura e Arte do Crato
Data: 18 de outubro (quarta-feira)
Horário: 16h
Local: Estacionamento da Unidade Sesc (R. André Cartaxo,443)
Público: Comunidade em geral
Informações: (88) 3523.4444
Atividades gratuitas

VIA BLOG DO CRATO


Advogados entregam inventário de Lula e Marisa somando R$ 11,7 milhões



Os advogados do ex-presidente Lula (PT) entregaram, na semana passada, a lista de bens do petista e da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu em fevereiro de 2017. 

O patrimônio declarado soma R$ 11,7 milhões, em vinte itens, entre imóveis, carro e aplicações financeiras. Os itens mais valiosos na lista são duas aplicações financeiras em previdência privada, que alcançam R$ 9 milhões. Segundo os advogados, não foi possível ter acesso a todas as informações de aplicações financeiras do casal. Eles já acionaram a Justiça para obter acesso a extratos e posições consolidadas de contas na Caixa Econômica, do Banco do Brasil e na Bolsa de Valores. A defesa de Lula excluiu a conta utilizada pelo petista para receber sua aposentadoria.

VIA BLOG DO CRATO


Crato - Geraldinho ( da Pimacon ) é reeleito diretor distrital da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas


O empresário Geraldo Pinheiro, o "Geraldinho" da Pimacon, no Crato, foi reeleito nesta segunda-feira (16), em Fortaleza, para o cargo de diretor distrital (Cariri) para o triênio 2018/2020 da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL).

Na eleição, Assis Cavalcante foi eleito novo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL-Fortaleza). O empresário, dono das Óticas Visão e presidente da Ação Novo Centro, foi candidato único. Ele sucede Severino Ramalho Neto, proprietário da rede de supermercados Mercadinhos São Luiz.

Honório Pinheiro, diretor-presidente do Pinheiro Supermercado e atual presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), assumirá a 1ª vice-presidência da CDL-Fortaleza. Na 2ª vice-presidência ficará Jamila Araújo, da Casa dos Relojoeiros e atual presidente da CDL Jovem.

Com informações de Flávio Pinto
VIA BLOG DO CRATO




Nova moda...Banhistas" ocupam calçadas de Fortaleza


E a moda pegou...hoje, dia 16 o "fenômeno" se repetiu, defronte ao Center um.


Quem passou na avenida Dom Luís na manhã do último dia 9, teve, provavelmente, uma dúvida.  Sem motivos aparentes, um grupo de seis pessoas foi avistado fazendo de “praia” um trecho da calçada da avenida. Partida de vôlei, cadeiras de sol, biquínis, bebidas alcoólicas, protetores solares e outros objetos compunham o ambiente litorâneo. 

A intervenção foi idealizada durante a oficina “Nomadismo Urbano: a cidade como campo poético e político”, realizada no Porto Iracema das Artes. A ação também é parte da pesquisa de mestrado em artes cênicas pela Universidade de São Paulo (USP) do artista cearense Eduardo Bruno. Ele, um dos facilitadores da oficina, explica que a ideia era discutir a potência da arte em espaços urbanos e a ação se propôs a  “justamente desorganizar o que está organizado”. Para Bruno, “fazer uma praia no meio da rua” tinha por objetivo sugerir um confronto com a realidade imposta pela avenida - um corredor comercial. “A performance tem a ideia de borrar essas fronteiras”, esclarece. 

O artista relata que as interações que nascem a partir do trabalho são as mais variadas. Uma senhora, por exemplo, ao descer do ônibus, brincou com o grupo, falando que tinha tomado o percurso errado e descido na praia. Para o pesquisador, isso é uma forma de produzir outro rumo, mesmo que mínimo, para o dia da mulher. Outras pessoas que passaram por ali, no entanto, classificaram como “viadagem” ou “vagabundagem”, o que o idealizador do projeto atribui a um conceito pré-estabelecido de grande parte das pessoas de que arte é apenas aquilo que está na TV Globo.   

Hoje, a oficina continua com as atividades. Desta vez, na Praça do Ferreira, o exercício para os alunos é o de lavar os pés dos que estiverem passando lá.

Fonte: O povo Online
VIA BLOG DO CRATO




Na força do Tempo - Por: Emerson Monteiro

Quadros mil espalhados pelas estradas, mostram o senso inesgotável do Tempo no sucesso das suas decisões. No candomblé, ele, o orixá Tempo merece o destaque diante das tantas outros santidades. Senhor absoluto de situações e fenômenos, aqui está de olhos bem abertos, independente do ponteiro dos relógios. Livre dos horários, Tempo desfila no transe das agonias e oportunidades. Qualquer humano que se preze respeita o Tempo, valor inestimável e pródigo nas ações dos acontecimentos. Já os gregos, lá possuíam deus Cronos, que paria e devorava os próprios filhos. Máquina de proporções fora de quaisquer cogitações, vive solto no ar da Liberdade pura e circula solto no eito das limitações e dos desesperos de quem resolve confrontar seus embates e suas determinações, neste chão das maravilhas.

Houvesse super-heróis que fossem, surgiriam prudentes perante as garras do Tempo. Dariam nenhum passo fora do circuito incorrigível desse mágico universal das Estrelas. Bem dissera Felipe Camarão, junto das lutas da Independência, quando bradou no tribunal que o julgava a título de perversidade: - O Tempo é o senhor da Razão.

Assim, de todos nós, dormirá feliz aquele que respeita o dono absoluto das prudências, o autor e senhor de tudo quanto há, nos mundos possíveis e imagináveis, e inimagináveis. De armas em punho, ninguém vencerá todo exército e suprirá todas as carências dos procedimentos do nosso ator principal. Inimigos dos inimigos, e amigo dos amigos, descerá nos raios e subirá através das naves espaciais que nem saíram do solo ainda. Músculos imortais, sobreviverá nas mais destruidora hecatombes. Porquanto depois da tempestade vem a bonança eterna.

Quadros mil espalhados pelas estradas... Sorrir na inocência dos simples e adormece de tédio face à imperícia dos mórbidos. Suave perfume das  perfumadas flores, apenas observa na alma o quanto de saudade resistirá nos corações amantes passadas as tormentas da paixão. Doce amigo, irmão leal e artista magistral, acalma, pois, os aflitos e abraça, feliz, a Esperança, a boa esposa de todas as horas. Ah, que santo milagreiro, a tudo preserva e nada existe que lhe fuja ao domínio. Senhor.