xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 25/06/2017 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

25 junho 2017

Há um mosteiro na alma - Por: Emerson Monteiro

Espécie de silêncio e luz, na poesia existe a filosofia no seu estado mais puro. Passos dos corredores de mosteiro imaginário, tangem os dias feitos pastores de ovelhas que representam nuvens de céu imenso, o teto da humana consciência. Bichos que deslizam pelo céu ao sabor do vento. São as hora
s, os meses, séculos, universos, todos pertencentes ao rebanho das vagas deste mar de sacrifícios. No meio disso, alguns animais racionais vez em quando estiram o pescoço a sorrir, quais nunca fossem também cair no abismo sofisticado de firmamento aberto logo ali adiante.

A gente rezava, comia, dormia, acordava, transava, trabalhava, viajava, porém vivos adormecidos provisórios; lesmas dos rochedos da Eternidade; borboletas dos jardins abandonados; visagens de antigos castelos de sonhos de outras dimensões. Contudo submersos no desejo inexistente da imortalidade. Tudo corre, entretanto, pelo trilho estreito de quem vai primeiro e quem vai depois, tais filas incomunicáveis de seres indiferentes, uns pisando os outros, feitos cavalos selvagens. Importam nada as feridas, os desalentos. Embriagados no prazer, avançam inconscientes rumo do desaparecimento posterior no mistério.

Lá dentro, todavia, impera uma ordem original. Monges cautelosos suportam a ignorância dos seres cá de fora, sabendo, no entanto, que haverão de acertar as contas do que destruíram no afã de conhecer a liberdade que a Ciência lhes ofereceu de mãos abertas. Ninguém desconfie que escapara impune aos desmandos praticados. Só ter calma, e os acertos virão no momento aprazado. Porquanto o tribunal de si mesmo segue seu curso natural. Mais cedo, menos tarde, o anjo da balança comparecerá na cena trazendo o lenço que lhes enxugará as lágrimas diante da misericórdia do autor da Criação.

Elas, as ovelhas, regressão ao aprisco sob o princípio da necessidade que determina a existência viva nos corredores da alma, construção de antiguidade remota, antes de quando nem saber disso a gente avaliava um dia vier a conhecer na própria pele.

Relembrando Dom Vicente Matos -- por Antônio Correia Lima (*)

   Já disse e vou dizer de novo: nos idos de 1982, eu trabalhava como caixa do Supermercado Bazar 13, no Shoping Center Ibirapuera, os mais chic do país, nesta época. Dom Vicente foi atendido no caixa ao lado do meu e eu não tive a coragem de cumprimentá-lo por pura timidez da minha parte.         
   Até hoje me lamento por não ter tido a coragem de falar com ele, pois, sei que ele iria ficar muito contente.
   Boa parte da sociedade cratense foi muito ingrata com  Dom Vicente, e quem tem bigode branco, como eu, sabe do que estou falando.
(*) Antônio Correia Lima é historiador e editor do Jornal da Ponta da Serra.

Para 81% dos brasileiros, Joesley deveria ter sido preso, diz Datafolha

Fonte: Folha de S.Paulo, 25-06-2017
De acordo com o levantamento, 64% dos entrevistados acham que Procuradoria agiu mal ao fazer acordo com irmãos Batista; 83% dizem que Michel Temer está envolvido
O acordo de colaboração premiada que a Procuradoria-Geral da República fechou com os donos da JBS, ao prever multa, mas não a prisão dos delatores, foi mal recebido por 64% da população, mostra pesquisa Datafolha.
Outros 27% dos entrevistados afirmaram que o Ministério Público agiu bem ao firmar o acordo, por meio do qual os irmãos Joesley e Wesley Batista entregaram supostas provas e nomes sem serem denunciados criminalmente.
De acordo com o levantamento, 81% dos brasileiros disseram que os irmãos Batista deveriam ter sido presos pelos crimes que confessaram e 14% acham que não.
Em que pesem as críticas ao acordo em si, o envolvimento direto do presidente Michel Temer (PMDB) nos escândalos de corrupção revelados restou comprovado para 83% da população.
Para 6%, o peemedebista não teve participação direta e 11% não souberam dizer.
A pesquisa Datafolha foi realizada de 21 a 23 de junho com 2.771 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Joesley Batista gravou secretamente uma conversa que travou com Temer tarde da noite em março, no Palácio do Jaburu, em um encontro fora da agenda oficial.
O áudio, entregue como prova da delação, é uma das bases do pedido de inquérito sobre o presidente que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal.
Temer deve ser denunciado nesta semana sob acusação de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução de Justiça.
O trecho mais ruidoso da conversa se refere ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Janot afirma que, durante o encontro com Joesley, Temer deu aval para a compra do silêncio do ex-congressista. Temer nega.
Ao fechar o acordo com a PGR, os irmãos Batista se comprometeram com o pagamento de R$ 110 milhões cada um. Uma operação cambial bem-sucedida da empresa na sequência da revelação dos áudios despertou ainda mais críticas.
Sem denúncia formal, os delatores não correm risco de serem submetidos a medidas impostas a outros delatores da Operação Lava Jato como ir para a prisão ou usar tornozeleira eletrônica.
Aos irmãos Batista foi permitido que fossem para os Estados Unidos e pudessem manter o controle das empresas do grupo.

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31