17 novembro 2017

O republicano tardio

O Marechal Deodoro da Fonseca jamais contestou que, até as vésperas do golpe de 15 de novembro de 1889, tivesse servido devotadamente ao Imperador Dom Pedro II. A sua adesão às ideias de Benjamin Constant data, talvez, de 10 a 12 daquele mês.
Certo dia, já Presidente da República, Deodoro recebeu, no Palácio do Itamaraty, a visita de um cavalheiro que alegava ser republicano de longa data, batendo-se pela República desde 1875. O Marechal então lhe disse:
—– Pois eu, meu caro senhor, não dato de tão longe. Eu sou republicano de 15 de novembro, e o meu irmão Hermes da Fonseca de 17!
(Baseado em trecho do livro “Revivendo o Brasil-Império”, de Leopoldo Bibiano Xavier).
(Postado por Armando Lopes Rafael)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.