06 novembro 2017

Bilhete para Valdemir Correia de Sousa (por Armando Lopes Rafael)


   Tenho muito apreço e respeito pela pessoa do Sr. Valdemir Correia de Sousa. É um gentleman, um cavalheiro, e sempre me cumprimenta com muita cordialidade, quando, de tempos em tempos,  nos encontramos.
   Entendo que quando se tem apreço por uma pessoa deve-se usar de franqueza e sinceridade para com ela. É o que faço agora, com muita consideração.
Caro Valdemir:  Entendo, e respeito, os laços de amizade que o unem ao Exmo. Senhor Prefeito José Ailton Brasil. E até louvo sua lealdade para com Sua Excelência. Lealdade é coisa rara nesta “Ré-pública” caótica.
    Aliás, se fosse eu, não me preocuparia com notas publicadas nessa desacreditada "imprensa marrom" do Cariri. Você se lembra das campanhas e "estrondos publicitários" que fizeram contra Dom Fernando Panico, 5º Bispo de Crato? O pouco tempo passado, daquela página negra da mídia corrosiva do Cariri,  já provou que tudo aquilo era falácia; falsa persuasão  e  juízos falsos.  O tempo é o Senhor da Razão, diz a Bíblia Sagrada.
     Mas voltemos ao momento atual de Crato. Data vênia, das obras citadas pelo amigo, nenhuma, repito, nenhuma,  está sendo feita pela Prefeitura de Crato, e sim pelo Governo do Estado: O camelódromo; a compra de dois prédios antiquíssimos (isso é obra?):  o do SESI (construído na década 70) e do edifício do extinto Hospital Manoel de Abreu (construído na década 40 do século passado). Mas vá lá que passem por "obras"... você citou ainda a urbanização da Avenida Maria Muniz.
   Para fazer justiça ao bom governador Camilo Santana,  o amigo poderia ter acrescentado outras obras estaduais por ele feitas em Crato, a exemplo da Operação Tapa Buraco (realizada antes da ExpoCrato), e a urbanização do bairro do Seminário. Atualmente Camilo Santana está urbanizando a área no entorno da estátua de Nossa Senhora de Fátima e construindo dois acessos àquela parte da cidade,ou seja, ao antigo bairro Barro Branco (hoje denominado Bairro Nossa Senhora de Fátima).  
     Palmas para o governador!
     Ele merece!
   Com todo o respeito que o Prefeito também merece, não consta que no primeiro ano de sua administração (ou seja, no ano 2017)  tenha sido feita – na cidade de Crato – uma  obra pública municipal de relevância. Refiro-me apenas  à cidade, não sei se nos distritos foi feito algo, pois me falaram num poço profundo (ou cisterna?) em Dom Quintino.
      Ademais, pagar os funcionários em dia e manter a limpeza pública é obrigação, não mérito. Se eu estiver errado, por favor, corrija-me.
PS – Próximo ao Supermercado Econômico do bairro Ossian Araripe existe uma espécie de mini cratera antiga no calçamento de pedra tosca. Há cerca de um mês colocaram umas pedras toscas e a população até se animou: Vão refazer o pequeno trecho do calçamento. Pois sim! As pedras continuam lá e um gaiato até colocou uma placa de papelão: “Mais uma obra do Prefeito José Ailton”. Os “garranchos” foram imediatamente retirados. Também foram colocadas placas na Praça da Sé e Praça São Vicente anunciando (até fixaram o  prazo de conclusão: 60 dias)  “reformas” naqueles logradouros. Até agora, nada!
Mas, como diz o vulgo, a esperança é última que morre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.