xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Um excelente livro – por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 agosto 2017

Um excelente livro – por Armando Lopes Rafael

Nos últimos meses tem aumentado muito o interesse dos brasileiros sobre a história do período monárquico na nossa Pátria. Isso é palpável pelo número de livros recém-lançados sobre membros da Família Imperial Brasileira.
Dias atrás, a Princesa Dona Christine de Ligne de Orleans e Bragança, esposa do Príncipe Dom Antonio de Orleans e Bragança (terceiro na linha de sucessão ao Trono Brasileiro), em entrevista à revista belga L'Eventail Magazine, afirmou:
"Por muitos anos, os livros de História republicanos tentaram ocultar o Período Imperial, ou divulgar informações falsas. Hoje em dia, as coisas começam a melhorar e gradualmente a verdade vem sendo restaurada, o que permite aos brasileiros ter um outro olhar sobre a Família Imperial e tudo o que por ela foi feito."
Esta semana foi lançado mais um: "O Príncipe Soldado: a curta e empolgante vida deD. Antônio de Orleans e Bragança", da historiadora Teresa Malatian.  A pesquisa de Teresa Malatian descortina aos brasileiros a vida do filho caçula da Princesa  Isabel, A Redentora, e também neto caçula do Imperador Dom  Pedro II. Com fotografias raras e narrativa envolvente, o leitor viaja pelos muitos países que Dom Antônio visitou.
 O prefácio da obra é do historiador-decano da UnB, Professor Estêvão de Rezende Martins. O empresário e fotógrafo Dom João Henrique de Orleans e Bragança, membro da Família Imperial Brasileira,  escreve um texto de homenagem ao tio-avô, que aprendeu a pilotar com Alberto Santos-Dumont e acabou por se tornar herói na Primeira Guerra Mundial.
 Os  historiadores Bruno Antunes de Cerqueira, fundador do IDII e indigenista da Funai, e Robert Daibert Jr., professor de Ciência da Religião na UFJF, assinam a apresentação e a contracapa do livro.
Uma leitura que nos recorda no tempo em que as autoridades responsáveis pelo destino do Brasil eram confiáveis e tinham o respeito da população. Exatamente o oposto dos dias atuais.
(Postado por Armando Lopes Rafael)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31