xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Custa caro sustentar os ex-presidentes da república brasileira – por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

11 julho 2017

Custa caro sustentar os ex-presidentes da república brasileira – por Armando Lopes Rafael



Atualmente o Tesouro Nacional sustenta os ex-presidentes José Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Lula da Silva e Dilma Rousseff. Collor, porque sofreu impeachment, não é beneficiado com essa aposentadoria. Além do salário de ex-presidente (No Brasil um ministro do STF recebe R$ 33.763 brutos, portanto, o presidente da República, ao aposentar-se, tem direito a receber aposentadoria equivalente a este valor.) Tem mais: cada um conta com oito assessores, dois veículos oficiais e passagens aéreas para se deslocarem dos locais onde moram para outras cidades. Salário, assessores, segurança e transportes são pagos com dinheiro público.
As benesses alcançadas por quem chega ao Palácio do Planalto impulsionado pelas urnas acompanham o eleito pelo restante de sua vida.
Bom lembrar que a ex-presidente Dilma que sofreu impeachment por mau desempenho, mesmo assim, segundo o jornal Gazeta do Povo, continua gozando referidos benefícios na forma do Decreto, que gerará uma despesa para os cofres públicos que deve “alcançar quase R$ 1 milhão por ano”. Dilma já custa para os brasileiros praticamente o dobro do que a rainha Elizabeth II e a família real para os súditos britânicos.
No total gastam-se cerca de R$ 4 milhões anuais com os ex-presidentes. Nisto se inclui 32 funcionários fora das suas atividades (8 para cada um dos ex-presidentes) e 08 veículos oficiais, todos à disposição dos ex-chefes do Executivo, que não prestam mais qualquer atividade a favor da sociedade.
Segundo o jornal “Gazeta do Povo”: “Dir-se-á que isto nada representa no orçamento da União Federal. Financeiramente, sim, é verdade. Mas significa muito no aspecto simbólico. Há justificativa para um ex-presidente receber tantas regalias? Analisemos.
Obviamente, em um país nórdico todos diriam que R$ 33.763,00 são mais que suficientes para dar conta das despesas pessoais. Na Suécia, ao aposentar-se, o primeiro-ministro (cargo equivalente ao de presidente) não receberá “benefícios gratuitos como carros com motorista, secretárias, assistentes ou seguranças”. Isso é inadmissível para os padrões da Monarquia Sueca. Já na República Federativa do Brasil é diferente. Apesar de todos os ex-presidentes já acumularem outras aposentadorias (incluídas a do INSS) e no caso de Lula/Dilma outras aposentadorias especiais porque “foram presos políticos da ditadura”.


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30