xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> As voltas que o mundo dá: "Imperatriz Leopoldina encarna o ideal de políticos que o Brasil precisa hoje", dizem autores da novela "Novo Mundo" | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 julho 2017

As voltas que o mundo dá: "Imperatriz Leopoldina encarna o ideal de políticos que o Brasil precisa hoje", dizem autores da novela "Novo Mundo"


Na foto: Imperatriz Dona Leopoldina do Brasil, interpretada na novela "Novo Mundo" pela atriz Letícia Colin.

   O canal televisivo Rede Globo tem transmitido, desde março deste ano, a novela "Novo Mundo", a qual gira em torno do romance entre a professora inglesa Anna (personagem de Isabelle Drummond) e o ator luso-brasileiro Joaquim (personagem de Chay Suede).
   A teledramaturgia acontece no Rio de Janeiro do começo do século XIX, a partir da chegada da Arquiduquesa Leopoldina da Áustria ao Brasil e passando pelos acontecimentos que antecederam o Grito do Ipiranga. Como não poderia deixar de ser, entre suas personagens estão figuras históricas do período, como nossos primeiros Imperador e Imperatriz e José Bonifácio de Andrada e Silva.
   Em recente entrevista concedida a Mauricio Stycer, do portal de notícia UOL, os autores da novela, Thereza Falcão e Alessandro Marson, disseram que "[a Imperatriz Dona] Leopoldina encarna o ideal de políticos que o país precisa: alguém realmente capaz de governar e com uma visão de interesses mais dignos do povo que lidera".
   Sem dúvida, a capacidade de governar da Imperatriz Dona Leopoldina se deve à primorosa educação que Sua Majestade recebeu, desde a infância, para esse fim. A Casa de Habsburgo, a mais alta da Cristandade, Soberana da Áustria, era conhecida por produzir princesas altamente preparadas para servir com excelência aos países de seus esposos. Dizia-se que "casar-se com uma Habsburgo era ter consigo a melhor mulher que um governante poderia ter".
   Aliás, o devido preparo para a Chefia de Estado não é exclusividade da Casa d'Áustria, mas sim uma característica comum das Casas reinantes e um dos principais pontos positivos da Monarquia.
Ora, se é de alguém devidamente capacitado e que visa ao bem comum que este País precisa, ninguém melhor do que o seu tetraneto, o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, que, além de herdar o nobilíssimo sangue da Imperatriz Dona Leopoldina, recebeu também educação voltada aos interesses pátrios e compartilha dos mesmos valores monárquicos e cristãos de sua veneranda ancestral.
   Por fim, é válido ressaltar que, apesar de a trama se desenvolver em um dos mais importantes momentos da História do Brasil, a novela "Novo Mundo" não tem comprometimento com a verdade histórica, tendo já, mais de um vez, transmitido cenas contrárias aos fatos que realmente aconteceram, com o intuito meramente apelativo, na busca por mais audiência. A Globo vem promovendo sistematicamente, nas últimas décadas, uma verdadeira revolução cultural, caracterizada pela desconstrução dos padrões tradicionais e a promoção da extravagância, da amoralidade e ausência de regras.
Postagem original: Facebook "Pro Monarquia"

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30