xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> O povo cubano tem ânsia de liberdade, justiça e qualidade de vida – por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 maio 2017

O povo cubano tem ânsia de liberdade, justiça e qualidade de vida – por Armando Lopes Rafael


1º – Nós, brasileiros, temos sido um povo privilegiado pela misericórdia de Deus! Vivemos numa democracia. Recentemente, com amparo legal na Constituição da República, o Congresso brasileiro afastou uma presidente incompetente, que dava sequência à quarta administração do Partido dos Trabalhadores–PT. Este, com membros afundados até a medula em denúncias de propinas, descalabro administrativo e destruição das finanças públicas. Sim, somos um povo privilegiado! Temos acesso a opiniões contrárias contra a dinastia da Família Castro (e até de opiniões favoráveis, estas partidas de uma minoria que defende a mais antiga e sangrenta ditadura do continente americano, já com 58 anos de duração).

Já em Cuba, o regime comunista de partido único controla toda a comunicação social. Televisão, rádios e imprensa são propriedades do estado. Só publicam o que a ditadura consente... Acesso à Internet só com autorização do governo dos Castros. O e-mail não é muito utilizado porque, todo mundo sabe, é controlado pelas autoridades comunistas.

***   ***   ***
2º – As estimativas variam, mas os números mais sensatos reconhecem que mais de 17.000 pessoas foram fuziladas por Fidel no “paredón” desde o início da ditadura dos Castros, em 1959.  Quem pôde, fugiu. Há 2 milhões de exilados – um em cada seis cubanos vive no exterior – uma proporção de exilados maior que a existente na Síria, país devastado por uma guerra civil; 178.000 cubanos morreram em alto mar tentando fugir para os Estados Unidos.
Os que não puderam fugir da ilha-cárcere sobrevivem com alimentos racionados. E não venha alardear sofismas de “conquistas cubanas” na educação e na saúde. A Costa Rica desfruta uma posição melhor que a de Cuba no IDH, sem ter para isso abolido as eleições livres, fuzilado seus filhos, prendido opositores ou impedido seus cidadãos de viajar para o exterior.
A Comissão dos Direitos Humanos aprovou, diversas vezes, resoluções condenando Cuba pela limitação de alguns direitos como a liberdade de expressão, associação, reunião ou de movimento. A ONU pediu, reiteradamente, a Cuba a libertação de pessoas detidas com base nesse tipo de acusações. As Nações Unidas pressionam o governo cubano para que leve a cabo reformas legais que coloquem as leis em conformidade com as normas internacionais dos direitos humanos.

O governo cubano nega sistematicamente aos seus cidadãos direitos básicos de liberdade de expressão, associação, reunião ou de movimento. Restringe todo tipo de discordância política, usam avisos policiais, vigilância, detenções, prisão domiciliar e demissões por motivos políticos como métodos para reforçar a dominação política sobre a sofrida população. A defesa dos direitos humanos é reconhecida como uma atividade legítima, mas a ditadura dos Castros interpreta-a como uma “traição” a “soberania cubana” (sic). A maioria dos médicos cubanos que vieram para o Brasil no programa "Mais Médicos" não quer retornar à ilha-cárcere.
Mas, infelizmente, a imensa maioria dos brasileiros tem sido insensível ao sofrimento dos cubanos. Estes permanecem na ilha-prisão, onde (sobre)vivem há quase seis décadas em estado de penúria moral, miséria física e desesperança! Um cardápio típico das antigas ditaduras dos países que formavam  extinta “Cortina de Ferro”, ou seja, as nações que viviam subjugadas à finada União Soviética, de triste memória...


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31