xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> O enigma do rei - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

02 maio 2017

O enigma do rei - Por: Emerson Monteiro

Numa das crises de humor, o rei convocaria seus súditos em assembleia e proporia que, daí a três dias, iria fornecer enigma a ser respondido com uma só palavra, e quem não acertasse correria risco de perder a cabeça. Nuvem de apreensão tomaria conta do grupo, em seguida dispersado e convocado para daí ao final do prazo.

Naqueles termos, ninguém saía tranquilo da conferência. Portanto Camões não ficava à margem, e viu escurecer a paz tradicional que cultivava, regressando ao lar em pânico. Sua companheira observou que algo de grave se dera na conferência de Sua Majestade, cuidando de saber o motivo da infelicidade que tomava o rosto do marido.

- Que palavra seria aquela do Senhor Rei, mulher? – indagou arrependido das proximidades com o soberano.

Ela, no entanto, a demonstrar pouco caso, pediu que esperasse até a manhã seguinte, e diria o termo que solucionava o enigma. Apenas aguardasse pouco mais, deixando aos seus cuidados resolver.

No outro dia, bem cedo o marido acordaria a esposa, passada que fora a noite de medo que viveu. Olha a mulher na dúvida se receberia a resposta que lhe prometera.

- Já sei a solução do enigma – ela afirmou.

- Pois diga logo, se não essa dor continua o dia todo. Diga, diga – apreensivo falou.

- A palavra de Sua Majestade é passará – foi dizendo. – Isto, passará.

O marido parou de olhos fixos no ar, assim meio na dúvida, porém sem outro jeito além de aceitar de imediato o termo que a esposa oferecia de salvação.

Tranquilizou-se pelos dois dias que ainda restavam, e na hora certa comparecia ao palácio, alma leve e confiante. Trazia consigo a resposta desejada pelo rei.

- Sim, senhores, vamos ao que interessa – disse o monarca ameaçador. – Qual a palavra que serve de remédio às dores deste mundo em qualquer situação?

Nisso, de ânimo aceso, Camões gritou de uma vez por todas: - Passará!

O rei levantou a cabeça e sorriu, confirmando o acerto da resposta. E todos se abraçaram felizes.

- Passará – repetiu o rei calmamente.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30