xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Inácio Ferreira Teles - Por: Dihelson Mendonça | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 maio 2017

Inácio Ferreira Teles - Por: Dihelson Mendonça


Um grande homem que tentou consertar aquilo que tinha conserto.


No mundo existem muitas pessoas boas, aquelas cujo coração é puro, incapazes fazer qualquer mal a outro ser vivo. São essenciais à humanidade. Eu diria até que estão em maioria. Mas de vez em quando, parece-nos que o criador nos brinda com uma espécie diferente, quase de anjos encarnados, que pela longa prática de uma vida de retidão, dedicação, e amizade desinteressada, vão muito além, e deixam uma marca indelével na história daqueles que o cercam. Esses raros exemplos, são as pessoas extraordinárias, que vieram para trazer luz ao mundo. 

Hoje, dia 31 de maio de 2017, a cidade do Crato amanheceu mais triste e consternada: Já não está mais conosco um grande amigo do povo, um homem que dedicou a sua vida e seu profissionalismo a amenizar o sofrimento daqueles que o buscaram, porém, foi muito além do trabalho; Estou falando de Inácio Ferreira Teles, reconhecido técnico em eletrônica, que por décadas manteve a famosa TV TÉCNICA HERTZ, ali na Rua Dr. João Pessoa, ao lado da atual agência do Bradesco. 

Desde sempre, o Inácio foi considerado o maior profissional e conhecedor da sua arte no Cariri, vindo desde os primórdios da eletrônica, em que o prato do dia ainda era o conserto de rádios, passando depois às TVs, e finalmente à instalação de equipamentos de recepção via satélite e de computação. Dotado de uma inteligência extraordinária, que em si já é digna de nota, foi um ser como muito poucos, cuja bondade extrema ficará gravada nos corações de todos aqueles que o conheceram. Quantas pessoas em sua oficina entravam aflitos com seus equipamentos, e ele, tão cheio de coisas para consertar, dava sempre um jeito de arrumar um "tempinho" ( como ele dizia ), para encaixar na sua programação, e, de fato, quando menos se esperava, aparecia com os aparelhos totalmente consertados. Era um desses "workaholic", pessoas viciadas em trabalho; Trabalhava o dia inteiro, semana inteira, ano inteiro, finais de semana, feriados, dias santos, sem nunca tirar férias. Dizia sempre que "As férias ficavam para depois"... Não existia dia em que ele não usasse o seu tempo a fim de resolver os problemas dos outros, como se ele mesmo não os tivesse. 

Para lá afluíam pessoas de toda a região e Estados vizinhos, com as mais diversas prioridades, inclusive aparelhos de laboratórios e sistemas caríssimos, que sem o apoio de um técnico experiente e conhecedor local, seriam obrigados a serem transportados para os grandes centros do sul do país. Ele os consertava, e em sua grande maioria e quase sempre, nada cobrava, deixando por conta dos eternos favores, daqueles que a gente nunca paga. Era amigo como poucos e leal como ninguém. Na saúde e na doença, chegava junto sempre com uma palavra de alento e uma visão diferente de tudo, e era um excelente apaziguador de discussões.

De origem humilde, galgou os passos de uma vida muito difícil até conseguir tudo o que o seu coração desejou, principalmente a família maravilhosa que deixa; Um grande legado. Embora tivesse de tudo que de melhor se pudesse adquirir em tecnologia, era avesso a qualquer apego às coisas materiais. Dizia sempre que desta vida nada se leva, a não ser as boas recordações. E que recordações. Homem metódico e de bom gosto musical raríssimo, foi uma das pessoas que me colocou no caminho da música, sempre apoiando todos os projetos e me tinha como uma espécie de filho ou irmão, assim como o tenho na mesma conta. Custa-me neste momento, muitas lágrimas escrever essas pequenas linhas, em face do muito que Inácio Ferreira Teles representa para todos nós que o conhecemos, e para toda a família Cratense.  

Costumo dizer, e alguns hão de concordar, que nossos melhores familiares muitas vezes nem são os consanguíneos, mas aqueles a quem nós, por livre vontade da vida, os escolhemos para fazerem parte da nossa verdadeira família. Esses são indispensáveis.  

Inácio Ferreira Teles não está mais conosco fisicamente, mas pelo amor que tinha por esta terra de grande heróis, há de continuar velando por ela, tentando talvez consertar aquilo que ainda tem conserto e trazendo seu espírito de luz, consolador e generoso que carregou consigo ao longo de toda a sua jornada na terra. Vida longa e próspera, grande amigo, nós que aqui ficamos, te saudamos, agora, em sua nova jornada de novos descobrimentos e de pesquisas das ciências e do conhecimento que marcaram a sua alma tão ávida pelo saber. Que seu espírito permaneça sempre conosco, e que seu exemplo de vida e de integridade possa ser a luz que iluminará os passos daqueles que desejam se tornar vencedores, assim como você transcendeu este mundo, venceu o mundo, e agora se tornou mais um imortal. O Crato te agradece !

Por: Dihelson Mendonça

Dedicado à Maria José Teles, Eugênio, George, Karina, Vivianny, e todos os amigos desde grande homem que é Inácio Ferreira Teles.


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31