xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Afinação - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 abril 2017

Afinação - Por: Emerson Monteiro

Crato dos anos 70, período em que vivi ausente do Cariri boa parte do tempo, morando em Salvador. Essa história, no entanto, chegou a mim por meio de Wellington (Etin) Bringel e Paulo Luiz (Lupeu), em uma conversa recente.

Recordaram eles de Temóteo, evidente personagem da época, músico saxofonista dos Ases do Ritmo, grupo que dividiu as honras festivas das matinais e tertúlias da cidade naquela fase gloriosa. Bom instrumentista, ele também detinha fama de ser excêntrico, dado a comportamentos inusitados, dentro outros de reunir animais, principalmente, galináceas para, em clima de lhe acompanharem os ensaios, ficar horas e horas na escuta obediente do seu desempenho ao sax enquanto realizava os ensaios.

Figura das mais folclóricas, andava pelas ruas a transportar essas penosas pendentes dos ombros, quase a fazer parte da sua indumentária típica, causando espécie aos circunstantes, que ainda revivem as peripécias do artista e seu jeito engraçado.

Num desses acontecidos mais curiosos, lá pras bandas de Fortaleza, ao se descolocar a pé numa das avenidas centrais da Capital, após insistentes buzinadas, automóvel em flagrante velocidade terminou colhendo Temóteo, que caiu desacordado. O motorista se evadiu sem prestar socorro ao artista, deixado-o estirado ao solo. Diante da ocorrência, rápido populares cuidaram de chamar uma ambulância que transportaria a vítima à assistência municipal.

E ao ser atendido na emergência hospitalar, querendo detalhes do acidente, o funcionário quis saber maiores informações, indagando de Temóteo se observara a placa policial do carro que o atingira. Então, depois de fazer visível esforço de lembrar algo do que perguntavam, tudo que o músico conseguiu, com absoluta convicção, foi dizer:

- A placa... a placa, deu tempo não; gravei não. O que guardei na memória foi o só o tom da buzina, que ‘tava afinada em si bemol.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30