xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Crônica do domingo | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 março 2017

Crônica do domingo

Vergonha: Museus do Crato estão fechados há sete anos. E ninguém informa quando serão reabertos – por Armando Lopes Rafael
   Desde 2010, os dois principais museus de Crato se encontram fechados. Naquele ano as instalações do Museu de Artes e do Museu Histórico (ambos funcionavam no antigo prédio da Casa da Câmara e Cadeia Pública, situado na Praça da Sé) foram fechados, dizia-se momentaneamente,  para consertos e reparos. Nunca mais foram reabertos. E ninguém tem ideia de quando serão.
   Numa cidade que no passado foi  denominada de “Capital da Cultura” o fechamento desses dois museus é um fato desastroso e que desmoraliza os foros de civilização de Crato.

Como surgiu o Museu de Artes

   O Museu de Arte do Crato Vicente Leite foi criado no governo do prefeito Pedro Felício Cavalcanti, em 1974. Seu idealizador foi o artista R.Pedrosa. Leva o nome de Vicente Leite, pintor de grande talento, figura de renome nacional na vida artística, nascido em Crato e falecido no Rio de Janeiro em 1941.
    Naquele museu eram expostos obras de arte de incalculável valor, a exemplo da escultura em gesso de Celita Vaccani denominada “Venite ad me omnes”, uma imagem de Jesus Cristo de grande beleza. Pertenciam ao acervo do museu fechado 22 telas da pintora Sinhá D’Amora, alta e marcante expressão entre os artistas de sua geração.
    Merecem destaque, dentre as valiosas obras de arte que podiam ser vistas do Museu Vicente Leite, as seguintes:
    - Aquarela “Vista Panorâmica do Crato em 1865”, feita por José Reis de Carvalho, integrante da “Commissão Scientífica de Exploração” – conforme grafia da época – criada pelo Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro-IHGB, com a finalidade de explorar o interior de algumas Províncias, devendo fazer coleções de produtos naturais para o Museu Nacional e para os das Províncias” (ver abaixo)

  - Dois desenhos a lápis de Pedro Américo um dos maiores e mais famosos pintores do Brasil, que se notabilizou por pintar cenas históricas e épicas, incluindo a do Grito do Ipiranga, que ilustra a cena da Independência do Brasil;
   - Óleos sobre tela Pino Della Selva, Mazza Francesco, Vicente Leite, Jair Picado, dentre outros.
Postado por Armando Lopes Rafael

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30