xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Acervo do Museu Imperial de Petrópolis será disponibilizado on-line | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 março 2017

Acervo do Museu Imperial de Petrópolis será disponibilizado on-line

Museu teve parte do acervo digitalizado, em parceria com o Google. Tour virtual começará em junho
Fonte: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/acervo-do-museu-imperial-sera-disponibilizado-on-line-21060305
Traje majestático de dom Pedro II: incluído em exposição sobre moda – Marcelo de Jesus / Agência O Globo

PETRÓPOLIS – Circular pelos jardins do Museu Imperial e visitar o prédio de arquitetura imponente encravado no Centro de Petrópolis são programas obrigatórios para quem vai à cidade. Mas em breve não será mais preciso subir a serra para conhecê-lo. Parte do acervo de um dos principais centros culturais brasileiros estará disponível on-line, através de uma parceria firmada entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e o Google. O lançamento dos conteúdos digitais está previsto para ocorrer em junho, durante o 7º Fórum Nacional de Museus, em Porto Alegre.
Com a parceria — que incluirá outros quatro museus brasileiros —, o Museu Imperial estará inserido no projeto Google Art, que disponibiliza diferentes ferramentas de visualização para o público interessado em arte e história de todo o mundo. Usando o Google Street View, será possível adentrar os portões e fazer um tour pelos salões adornados com objetos, joias e obras de arte da família imperial brasileira. Diversos itens da coleção — como a famosa coroa de dom Pedro II e vários quadros — foram registrados em altíssima resolução, revelando os mínimos detalhes das obras. É o que explica a museóloga Muna Raquel Durans, responsável pela parceria na instituição:
— Vamos ter duas exposições virtuais no Google Art. Por meio dessas imagens de altíssima resolução é possível ver detalhes da pincelada de um artista e até mesmo da trama da tela em que a imagem foi pintada. Isso é muito importante, por exemplo, para pesquisadores de diversas áreas.
Os profissionais da empresa americana trabalharam por cerca de dois meses na digitalização do acervo, entre setembro e outubro do ano passado. Para o diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Junior, a iniciativa vai ampliar o interesse do público pela instituição. Ele rechaça a ideia de que a visita virtual interfira na presencial.
— Muito pelo contrário. Um museu tem que atender todos, desde um estudante de doutorado até quem não sabe ler. Por limitações de espaço, uma parte muito pequena do nosso acervo (apenas 8%) fica em exposição. Nos maiores museus do mundo, esse percentual é ainda menor. A digitalização permite que caminhemos na direção da disponibilidade total do material — explica Ferreira Junior.
Uma curiosidade diz respeito ao guarda-roupas de dom Pedro II. O traje majestático do imperador — hoje exposto num salão vizinho à sua coroa — passará a integrar uma exposição virtual mantida pelo Google apenas sobre moda ao longo da história.


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30