xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/11/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 novembro 2016

13 de Novembro: Começa os festejos de despedida de monsenhor Dermival de Anchieta Gondim da Paróquia de Brejo Santo



Foram 60 anos como pastor de Brejo Santo. O então jovem Padre Dermival de Anchieta Gondim chegou àquela cidade em 1957, recém-ordenado. E lá ele ficou por longas seis décadas. O hoje Monsenhor Dermival, anunciou para o próximo dia 8 de dezembro a sua aposentadoria, como o mais antigo pároco de uma única cidade cearense, quiçá do Brasil.
Neste domingo, 13 de novembro, a vasta Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (palco das atividades pastorais de monsenhor Dermival nos últimos 60 anos) será dividida em duas. A rodovia BR 116 será o marco dessa divisão territorial. No lado leste da BR 116 ficará o território da nova Paróquia de São Francisco de Assis, dotada de imponente igreja-matriz, também construída por monsenhor Dermival.  

Na foto abaixo a igreja-matriz da nova Paróquia de São Francisco.


O lado oeste da BR 116, no território do município de Brejo Santo, continuará sendo ocupada pela Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Dom Fernando Panico, Bispo Diocesano de Crato, presidirá – neste domingo – a solenidade de instalação da nova paroquia que será administrada pelo Pe. Arnaldo Nascimento, até agora Reitor e Pároco do Santuário da Divina Misericórdia, na cidade de Barro. Monsenhor Dermival será Pároco da antiga Paróquia até o próximo dia 8 de dezembro.

Naquela data acontecerá a “Festa da Gratidão” que os católicos de Brejo Santo farão para monsenhor Dermival de Anchieta Gondim. No dia 8 de dezembro próximo,  assumirá a direção da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, a primeira paróquia criada em Brejo Santo, o sacerdote varzealegrense, Pe. Pedro André Bitu Bezerra.
                                Monsenhor Dermival marcou a história da progressista cidade de Brejo Santo.

              As três Igrejas acima retratam os  três grandes templos católicos existentes  na cidade de Brejo Santo. A primeira,à esquerda, é a maior  igreja da cidade: o Santuário da Mãe Rainha. A do meio, é a igreja-matriz de São Francisco. Ambas foram construídas por Mons. Dermival. A última, à direita,  é a Matriz do Sagrado Coração de Jesus, que foi reconstruída e melhorada, também por Mons. Dermival, após a queda de sua torre, décadas atrás. Em síntese: Mons Dermival de Anchieta Gondim construiu os três belos templos católicos de Brejo Santo.

Estrangeiros de Si II - Por: Emerson Monteiro

O grau de alienação dos dias atuais, no seio das populações, beira níveis absurdos. São alienados de tantos graus que significariam bolsões isolados de códigos perdidos a alimentar guetos de comportamentos. Desde tribos urbanas autodestrutivas a partidos políticos que executam ideologias de poder a ponto de negar a finalidade original das organizações sociais, razão dos primeiros grupamentos e finalidades. Daí seguem agremiações ditas religiosas, instituições outras sem fins lucrativos só na intenção de angariar recursos públicos, desde formações esportivas, organizações e escolas de interesses particulares, etc., etc.

Mas tudo filho dos homens, seres de formação experimental longe de obter margens de sucessos nos seus planos. Pretensões existem a séculos de somar esforços e construir novas chances de união no sentido de realizar a sociedade perfeita. Grupos atingem o poder e desviam os objetivos originais através de novas castas, negando a proposta dos inícios. Vem dos tempos arcaicos, quando o egoísmo somou valores negativos à compreensão e paz.

Nisso, invés de utilizar os recursos naturais em finalidades úteis, impera o desejo de posse e prazer que funciona qual vírus de consequências destrutivas. Todo o talento dessa gente bronzeada vai de água abaixo tantas vezes que chega a adotar a eliminação qual saída possível, vistos equívocos insistentes.

Porém há de revertemos o impulso nefasto através de ação útil, porquanto a História mostra o quanto de oscilações vividas e transformadas em favor da sobrevivência, no entanto fruto de atitudes sábias. Primeiro, os indivíduos devem revelar meios de trabalhar o desejo de nova consciência em prol das gerações, filhos e netos. Depois, demonstrar pelo exemplo a força que possui de positividade no seio da natureza. Crer e fazer. Amar e oferecer condições sadias de permitir que todos também possam amar do mesmo jeito. Poucas e úteis são as palavras que indicam essas práticas da Felicidade.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30