xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 14/03/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 março 2016

As fronteiras do querer - Por: Emerson Monteiro

Ninguém que se preze larga de lado a força infinita do querer e se entrega de mãos beijadas às hostes dos inimigos, pois aqui, bem aqui, caberão quantas escolhas lhe cabem, famosas escolhas consagradas pelo Existencialismo. Somos aquilo que os outros deixam que sejamos, no limite extremo da liberdade humana, que na verdade permite ser quem somos.

O ser humano nasce livre a fim de concretizar as próprias escolhas a qualquer instante. Objetos e outros animais, estes, sim, ficarão de rabo preso à essência de ser que forem concebidos desde o início. Já nascem assim quais sejam. Preestabelecidamente feitos com dita finalidade, jamais realizarão o poder de outras possibilidades que não a que recebem, de querer ser só o que no princípio vieram destinados.

Ao homem, no entanto, concede o mistério recebe a existência e fazer dela o que vier escolher, restrito apenas ao que os outros humanos permitam. Mas podem, a qualquer tempo, mudar o destino primeiro do ponto de vista moral, intelectual, social, existencial. Ninguém virá única e exclusivamente submetido a um papel exclusivo. Caberá definir a que propõe existir. Com essa particularidade ímpar, detém o dom de querer, dotado de espaço infinito naquilo que dispõe trabalhar em sua essência, do que fará de si no decorrer dos momentos sucessivos das vidas.

A dignidade, por exemplo, permeia essa tal oportunidade humana de elaborar o que quiser e fazer o que esteja consigo, matéria prima da história das criaturas racionais. Trabalhar e criar o caráter do ente soberano dos seus mesmos atos, eis o modo a que se destina. Ser livre, por isso, acompanhará todos os passos do indivíduo e as formulações do a que buscar. Nunca dizer que inexistiram as chances de descobrir nova essência a cada instante.

Conquanto haja dificuldades, bloqueios, normas, épocas e cenários, o ente humano, porém, far-se-á senhor da individualidade e estabelecerá meios de criar as condições fundamentais da história, tanto pessoais quanto das coletividades.

E o querer é este instrumento poderoso, ilimitado, ao nosso dispor, na intenção de fundar as metas dos novos objetivos ao longo da existência, hoje e para sempre.

Caiu a máscara: Polícia Federal apreendeu em apartamento de Lula documentos de sítio em Atibaia

Fonte: Estadão

Lista de itens recolhidos em buscas na casa do ex-presidente, em São Bernardo, durante a Operação Aletheia - 24ª da Lava Jato - elencam ainda celulares e carta de Emílio Odebrecht
Na cobertura do Edificio Hill House, em São Bernardo do Campo, onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Maria Letícia, a Polícia Federal recolheu documentos de imóvel rural em Atibaia, 9 aparelhos de telefones celular e uma carta com nome impresso Emílio Odebrecht. São alguns dos itens apreendidos na Operação Aletheia – 24ª fase da Lava Jato, deflagrada no dia 4 -, que teve Lula como alvo principal. Ele foi levado coercitivamente para depor, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e o material recolhido em sua casa enviado para Curitiba.
O material está descrito no auto circunstanciado de busca e apreensão da Polícia Federal. No documento consta que no apartamento 121, ocupado pelo ex-presidente Lula, um dos itens recolhidos são de “documentos diversos relacionados a imóvel rural na cidade de Atibaia/SP”.
Lula é investigado pela compra do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia, em nome de “laranjas” e que recebeu reformas e equipamentos bancados por empreiteiras do cartel acusado de corrupção na Petrobrás – OAS e Odebrecht – e pelo pecuarista José Carlos Bumlai, preso desde novembro pela Lava Jato.
Publicamente e na Justiça, o ex-presidente afirmou que o sítio foi comprado pelo amigo Jacó Bittar (PT), ex-prefeito de Campinas, e registrado em nome do filho Fernando Bittar e de seu sócio Jonas Suassuna – ambos também sócios de um dos filhos de Lula. O objetivo seria propiciar as duas famílias, amigas desde a década de 1970, a conviverem após ele deixar a Presidência.
No material apreendido pela PF há também um “pedaço de papelão, extraído de caixa de papelão, com folha colada em sua superfície com os dizeres: ‘CX62, “destino: Sítio”.
O apartamento 121 onde estavam os documentos apreendidos com referência ao sítio de Atibaia é o imóvel que pertence ao primo de Bumlai. Oficialmente Lula é dono do 122, onde também foram recolhidos itens.
Outro item arrecadado nas buscas é um envelope com etiqueta “Presidente Lula”. Dentro dele “carta com assinatura e data, além do nome impresso ‘Emílio Odebrecht’”.
Telefones. Os agentes da Polícia Federal recolheram ainda na casa do ex-presidente nove telefones celulares. Um dos itens que chamou atenção dos agentes foi um dos aparelhos, modelo STI, com o seguinte registro: “Presidente LULA 000001”.

O ex-presidente afirma publicamente não tem aparelhos de telefone celular. As perícias da PF estão concentradas em Curitiba e a previsão é que os primeiros relatórios comecem a ficar prontos nesta semana.
             

Blog do Crato no Facebook atinge quase 1 milhão de acessos em uma semana



Continuando nossa expansão pelas redes sociais, comunico a todos com satisfação que a página do Blog do Crato no Facebook atingiu apenas na última semana quase 1 milhão de acessos. Estamos disparados na frente de todos os sites da região que mantém páginas no Facebook. Estaremos investindo cada vez mais recursos e atenção às páginas das redes sociais, como Twitter e Facebook, onde estamos há cerca de 3 anos. Este foi um recorde, e mostra o alcance do Blog do Crato. E vem muito mais novidades por aí.

Dihelson Mendonça
www.facebook.com/blogcrato




Manifestantes fazem o maior protesto nacional contra o governo Dilma e pela prisão de Lula


Segundo os organizadores, cerca de 6,8 milhões de pessoas foram às ruas por todo o país Todos os estados registraram protestos contra governo neste domingo, e foi maior que as DIREJAS JÁ e maior que as do Impeachment de Collor.











Manifestações contra a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Lula e o PT aconteceram neste domingo (13) em todos os estados do país, em mais de 300 municípios. O maior protesto ocorreu na Avenida Paulista, em São Paulo.
 Segundo levantamento do G1, a Polícia Militar contou 3,6 milhões de pessoas nas ruas do país, e os organizadores, 6,8 milhões (balanço atualizado às 22h40). O maior número de participantes havia sido registrado no protesto de 15 de março do ano passado: 2,4 milhões, segundo a PM, e 3 milhões pelos dados dos organizadores. Os protestos deste domingo ocorreram em mais cidades, em comparação com março de 2015.
 Na capital paulista, a Polícia Militar estima que cerca de 1,4 milhão de pessoas estiveram no ato. Segundo o Instituto Datafolha, o protesto reuniu 500 mil pessoas. Já o movimento Vem Pra Rua, um dos organizadores, contabilizou 2,5 milhões de pessoas na Avenida Paulista. No Rio de Janeiro, os organizadores falaram em 1 milhão na Praia de Copacabana. A PM não divulgou números.
Também foram realizados protestos de apoio ao governo Dilma, a Lula e ao PT. Recife (PE), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), São Bernardo do Campo (SP), Vitória (ES), Monte Claros e Coronel Fabriciano (MG) e São Luís (MA) tiveram atos a favor do governo petista.
As manifestações foram pacíficas, com poucos incidentes isolados em algumas cidades. Grande parte dos manifestantes vestia verde e amarelo e levava cartazes contra a corrupção, o governo federal e o PT. Além de pedirem a saída de Dilma, várias pessoas protestaram contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e lembraram que, na semana passada, o Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do líder petista.

Outro nome citado nos atos, mas de maneira positiva, foi o do juiz da Operação Lava Jato. Sérgio Moro foi exaltado em faixas em diversas cidades brasileiras. Em São Paulo, políticos foram hostilizados, entre eles Marta Suplicy (PMDB), o governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), e o senador Aécio Neves (PSDB).

Fonte: G1





Renan Calheiros defende reduzir poder de Dilma


Considerado o último obstáculo ao desligamento completo do PMDB do governo Dilma Rousseff, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a aliados que considera o impeachment a "saída mais traumática" para a crise, mas prega que qualquer outra alternativa passa obrigatoriamente pela diminuição dos poderes da petista no Planalto. A narrativa vai ao encontro da ofensiva que ele deflagrou ao lado do senador José Serra (PSDB-SP) na semana passada em nome da implantação do "semipresidencialismo" no Brasil. Aliados de Renan dizem que a mudança poderia ser uma "saída honrosa" para a petista, que, para evitar o impeachment, teria que aceitar dividir seus poderes com a figura de um primeiro-ministro escolhido pelo Congresso. Haveria ainda outra opção para reduzir a influência de Dilma nos rumos do governo: a entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um ministério. Segundo pessoas próximas, Renan acredita que o ingresso de Lula poderia dar alguma sobrevida à gestão do PT. Isso, no entanto, só aconteceria se o ex-presidente tivesse carta branca para fazer mudanças profundas, o que, na prática, também significaria esvaziar Dilma. Há, nesse cenário, um problema, admitem aliados do peemedebista. Lula vem sendo alvejado por investigações sobre sua conduta, assim como o próprio Renan, que é alvo da Lava Jato. A incógnita que cerca os desdobramentos da operação faz com que Renan se mantenha em posição dúbia sobre o petista. Na última semana, o presidente do Senado deu duas demonstrações dessa hesitação. Primeiro, logo após tomar um café da manhã com o ex-presidente, disse à imprensa que planejava também se reunir com os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e José Sarney (PMDB) para ouvi-los sobre o cenário nacional. Com isso, Renan sinalizou que, se era para ouvir ex-presidente, ouviria todos. Logo depois, no mesmo dia em que esteve com Lula, jantou com a cúpula do PSDB no Senado. Do encontro surgiu a primeira sinalização formal de que o PMDB e os tucanos vão "trabalhar juntos para encontrar uma saída para a crise".

Fonte: Folha de São Paulo



STF discute novas alterações no rito do impeachment na quarta-feira


O Supremo Tribunal Federal (STF) vai discutir, na próxima quarta-feira, novas alterações no rito do impeachment. Na sessão, os ministros deverão analisar primeiro recurso apresentado pela Câmara contra decisão de dezembro que anulou atos do processo contra a presidente Dilma Rousseff. Após esse julgamento, o presidente da Corte, Ricardo Lewandowski, pautou uma ação de 1997, apresentada pelo então deputado federal Jaques Wagner (PT-BA), atual ministro da Casa Civil, que visa impedir que o Congresso possa abolir o atual sistema presidencialista de governo. Na época, Wagner e outros parlamentares do PT acionaram o STF para barrar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) proposta pelo também ex-deputado Eduardo Jorge (PT-SP) que instituía o parlamentarismo, sistema pelo qual o governo fica sob o comando do primeiro-ministro, líder de um partido majoritário na Câmara. A figura do presidente continuaria existindo, mas exclusivamente para a função de chefe de Estado, de caráter mais formal e com menos poder nas decisões políticas. O julgamento da ação pelo STF foi pedido pelo atual relator do caso, ministro Teori Zavascki, que já tem um voto pronto sobre o assunto desde agosto do ano passado. Segundo apurou o G1, o objetivo de colocar o assunto é debater saídas para a atual crise política.

Teori Zavascki é também relator dos processos originados da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras, em trâmite no Supremo. Só na Corte, são 72 investigados, dos quais 38 são parlamentares. Nos últimos dias, com o agravamento da crise política, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), chegou a propor aos colegas a implantação de um regime semipresidencialista, pelo qual Dilma permaneceria como chefe de Estado, mas seria escolhido pelo Parlamento um novo chefe de governo. Propostas semelhantes já foram tentadas várias vezes pelo Congresso, principalmente por alas do PSDB, mas não foram adiante. A proposta que é alvo da ação a ser julgada no STF já passou por análise na Comissão de Constituição e Justiça e numa Comissão Especial.

A PEC estava parada desde 2001, mas voltou a tramitar no início do ano passado para ser votada em plenário. Para ser promulgada, precisa de ser aprovada por 3/5 dos deputados e dos senadores em dois turnos de votação.

(Com Agências)



Paulo Henrique Amorim é condenado a 5 meses de prisão


A Justiça condenou o apresentador do Domingo Espetacular, o jornalista Paulo Henrique Amorim, a cinco meses e dez dias de prisão, além de multa por ofender o diretor de jornalismo da TV Globo, Ali Kamel. O processo leva em conta textos escritos pelo comunicador da Record no blog jornalístico Conversa Afiada, mantido por ele de forma independente na internet. A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo enxergou calúnias, injúrias e difamações praticadas por Amorim nas publicações feitas no endereço eletrônico. De acordo com a decisão, Paulo Henrique ofendeu e tachou de racista Ali Kamel ao comentar o teor do livro Não somos racistas - Uma reação aos que querem nos transformar numa nação bicolor, escrito pelo jornalista da Globo sobre as cotas raciais adotadas no Brasil. O acórdão judicial sublinha palavras usadas por Paulo Henrique para se referir ao colega de profissão: "livro racista", "homem trevoso" e "estimula o racismo". A ação movida por Kamel na esfera cível foi aceita nas primeira e segunda instância. 

A decisão colegiada também observa os comentários do jornalista da Record no blog particular como um ataque à reputação de Kamel, "afinal, ter escrito uma obra preconceituosa e discriminatória fere inegavelmente o conceito de qualquer pessoa". Na oitiva feita pela Justiça, Paulo Henrique Amorim afirmou não pretender atingir a honra do jornalista autor da ação no Judiciário. A pena foi agravada pelo fato de os textos terem sido publicados na internet. Mas ainda cabe recurso da decisão da Câmara Criminal em instâncias superiores.

Correio Braziliense



FONTE MUSICAL - A mais completa loja de Instrumentos Musicais do Cariri


A Fonte Musical é a mais completa loja de instrumentos musicais e acessórios do cariri. As melhores marcas e os melhores preços. Se você procura violões, guitarras, contrabaixos, baterias, encordoamentos, instrumentos de percussão, microfones, amplificadores, caixas amplificadas, pedestais...etc procure a Fonte Musical. Com atendimento especializado, esse verdadeiro "supermercado" da música tem tudo que você precisa. 

Conheça a Fonte Musical:


Guitarras, contrabaixos e teclados nacionais e importados. Todos os modelos e marcas de caixas amplificadas para você escolher:


As últimas novidades em instrumentos musicais


Um verdadeiro supermercado da música



Encordoamentos para guitarras, violões, contrabaixos...
Violões Godin, Takamine, Giannini, Di Giorgio e toda a linha de percussões para você fazer seu próprio ritmo.

Fonte Musical
Em Juazeiro do Norte
Rua Carlos Gomes, 459 ( Ao lado da Praça da Prefeitura )

Anuncie no Blog do Crato - A maior vitrine da Internet no Cariri

200 mil acessos por mês - Onde sua empresa é tratada com respeito e amizade.
Envie e-mail para blogdocrato@hotmail.com e marque uma visita.
www.blogdocrato.com

Irregularidade leva a bloqueio do FPM em 12 municípios


Ao todo, a suspensão atingiu 18 cidades cearenses, mas até ontem seis já estavam com a situação regular 


A falta de envio de dados ao Sistema de Informações sobre Orçamento Público em Saúde (Siops) do Ministério da Saúde (MS) levou ao bloqueio de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 663 municípios no Brasil, nesta sexta-feira. No Ceará, a medida foi aplicada contra 18 cidades, segundo informações da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O FPM é a principal fonte de receita das Prefeituras. No fim da tarde de ontem, seis municípios já tinham conseguido transmitir e homologar os dados referentes ao sexto bimestre do exercício financeiro de 2015 para o desbloqueio dos recursos: Barro, Cariré, Hidrolândia, Itapajé, Monsenhor Tabosa e Poranga. Permaneciam em situação de bloqueio Abaiara, Chorozinho, Ererê, General Sampaio, Jaguaretama, Jati, Martinópole, Milagres, Potengi, Potiretama, Reriutaba e Senador Sá. A Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) enviou, nesses últimos dois dias, informações para as Prefeituras, com o objetivo de que as secretarias de Saúde pudessem observar o que motivou o bloqueio e corrigir com urgência a falha para poder regularizar a situação junto ao FPM. "Houve uma mudança no sistema e alguns municípios podem ter tido dificuldades em enviar os dados ou mesmo ter transmitido sem sucesso, ocasionando o problema. Todos estão adotando as providências e até meia-noite (ontem) e outros podem resolver", explicou a coordenadora do Núcleo Técnico da Aprece, Rafaele Saraiva.
O sistema deve ser atualizado nesta segunda-feira (14) por causa do fim de semana. "A medida de bloqueio não se deve à inadimplência, mas a questões técnicas ou burocráticas", reafirmou Rafaele Saraiva. No fim deste mês, haverá, em Brasília, um curso de capacitação para representantes de cada entidade estadual dos municípios para que conheçam as mudanças ocorridas no Siops. O Ceará será representado pela Aprece. O evento é fruto de parceria entre o Ministério da Saúde e a CNM. Segundo a CNM o desbloqueio se dá 72 horas após o envio das informações. O município deve comprovar por meio de demonstrativo das receitas e despesas com ações e serviços públicos de saúde do Relatório Resumido da Execução Orçamentária. A Aprece recebeu a informação dos bloqueios do FPM em 18 municípios do Ceará na quinta-feira. "Repassamos as orientações para que as pendências fossem resolvidas. Há interesse e urgência em resolver a situação, mediante a necessidade de liberação dos recursos financeiros", disse o assessor da Aprece, Glauber Vasconcelos. As Prefeituras já enfrentam enormes dificuldades financeiras, que vêm se agravando desde 2014. A falta de recursos gera grandes dificuldades para a manutenção das ações em setores básicos, como a Saúde e pagamento dos servidores.
Mediante o quadro de crise, os gestores procuram solucionar o problema o quanto antes para que os recursos do FPM sejam liberados. Para as cidades pequenas, essa é a principal fonte de receitas. O presidente da Aprece, Expedito José do Nascimento, disse que assessores técnicos dão informações e orientações para os gestores com o objetivo de que os dados sejam repassados o quanto antes e possa ocorrer o desbloqueio. "Esse é o nosso esforço", frisou. Depois do treinamento em Brasília, as novas orientações do sistema serão repassadas para as secretarias municipais. Há críticas, por meio da própria CNM, acerca da mudança do sistema sem que previamente tenham sido encaminhadas orientações para os gestores. Depois que o problema surge é que o Ministério da Saúde oferece curso e orientações técnicas. "Deveria ter ocorrido antes da alteração do sistema, dos códigos, para o envio dos dados de forma corretamente", frisou Vasconcelos.

Fonte: DN regional



O CRATO ERA OUTRO - POR OSVALDO ALVES DE SOUSA


Foto - Dr. Joaquim Fernandes Teles, médico e Deputado Federal cratense, fundou e construiu o Hospital e  Maternidade São Francisco de Assis em Crato.


Lembro-me de décadas passadas, quando era simples tesoureiro da Prefeitura Municipal do Crato o Sr. Francisco Leão da Franca Alencar. Homem simples, correto, austero, o modesto servidor exercitava com prudencia e tranquilidade o seu mister de agente da fazenda municipal. Recolher o dinheiro da arrecadação dos impostos e efetuar o pagamento da folha dos servidores  e das obras em execução, era tarefa corriqueira ao dia-a-dia  do honrado e exemplar chefe da tesouraria do município. As rendas auferidas, com a cobrança dos impostos, eram parcas mas atendiam às carências da cidade e dos distritos. Recursos advindos de outras fontes, como o estado e a união, inexistiam.
O Crato, tranquilo em sua ingenuidade matuta, palmilhava os caminhos do progresso e do desenvolvimento, ignorando certos costumes impostos pelo modernismo informático e a presença de recursos federais e estaduais. Alexandre Arraes de Alencar construiu obras memoráveis, a exemplo da Praça Francisco Sá, com o seu monumento ao Cristo Redentor, pavimentação de ruas, abastecimento d'água, arborização e a hidrelétrica da nascente. Antônio Gonçalves entre outras iniciativas construiu o canal da rua Tristão Gonçalves.  Dr. Décio Teles Cartaxo promoveu a maior festividade cívica da nossa historia, em 1953, centenário de elevação do Crato categoria de cidade. Tudo com recursos próprios do município, que progredia e tinha prestigio nacional. O povo era feliz. A cidade crescia. havia ordem, mantida por um simples destacamento policial. O Dr. Hermes Paraíba era figura austera de juiz de direito, que impunha respeito, incorruptível sob a égide  da lei e da justiça. O delegado civil, João Bacurau, dava voz de prisão no meio da rua e o preso, sem coação nem pancadaria, recolhia-se a cadeia publica da Praça da Sé. Filas no único hospital da cidade inexistiam, pois o INSS era expressão desconhecida da população.
A assistência social era exercida pelo espirito filantrópico de Dr. Teles, Dr. Gesteira, Dr. Macário, Dr. Elísio e outros abnegados discípulos de Galeno. Um Dr. Joaquim Fernandes Teles, como medico e deputado federal, construiu esse monumento formidável que é o Hospital  me Maternidade São Francisco, enquanto Alencar Araripe, deputado federal, trazia para o Crato, na década de 50, a Escola Agrotécnica Federal. Escuto vozes que afirmam: ora, o Crato antigo era muito menor e a sua população não chegava  a trinta mil habitantes. Respondo: As mãos e a consciência dos homens públicos de antanho eram limpas.
E hoje?

Fonte: Antonio Morais - Blog do Sanharol




Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30