xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/02/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 fevereiro 2016

E essa fome de viver - Por: Emerson Monteiro


Essa vontade imensa de cruzar o território longo da existência vem ser a busca de um pouso seguro aonde nos deitemos em campos de leite e mel. O instinto natural da história das pessoas, valor soberano apesar de tantas contradições desse chão comum de abstinência e fé. A doce ilusão, que perpassa quase tudo, na imensidão de mundo maltratado pela insânia da riqueza, nas minorias, e calvário de muitos deserdados das doses materiais da fortuna. Conduzir o barco da sobrevivência, no entanto, a mares por vezes de procelas e desencontros, em que corações festejam cada dia que nasce no esplendor dos horizontes quais únicas razões de alimentar a vida. O desejo enorme de sonhar com os momentos de alegria passageira, que perseveram e alimentam o prazer dos amores quantas horas desleixados e pobres, porém o que a todos cabe na esperança do carinho tão necessário a se sentir feliz, amado, aceito.

Pergunta no mínimo instigante, a que final estamos aqui nesta lida. Não diria constantemente, que habitemos a casa dos instantes agradáveis que foge todo tempo, mas a angústia compõe o quadro da existência de ver sumir a idade, a saúde, os entes queridos. É a ânsia da procura, a ânsia da cura definitiva... Há nisso a chave do mistério de existir.

Ninguém, de sã consciência, vive só por viver. Nas luas sucessivas, o sempre anseio humano de achar a resposta, eis a essência da filosofia existencialista. Trabalhar esse conceito desde cedo, de se encontrar consigo mesmo e com o desconhecido, que pulula nos refolhos da alma. Apenas largar de lado a angústia que significa representaria má-fé, desistência e derrota. Nisso, o ser humano consiste da liberdade o seu significado particular. E continuar vale dizer do drama e da comédia a obter a resposta conclusiva, que vale insistir até o claro da consciência acender as luzes da revelação.

Enquanto isto, o segredo maior dormirá com a gente nas malhas do sentir em que viajamos e que conta as estações e dão sentido ao existir, ação possível à pequena faísca da infinita Perfeição que somos nós.

Por: Emerson Monteiro



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30