xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Lula vira réu pela terceira vez | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

15 dezembro 2016

Lula vira réu pela terceira vez



O ex-presidente Lula virou réu pela terceira vez. A acusação é de ter beneficiado a Odebrecht em contratos do BNDES. Nesse caso, em troca de propina. O ex-presidente e outras dez pessoas foram denúnciados na segunda-feira (10) e agora o juiz responsável pelo caso abriu ação penal contra todos eles.

A denúncia foi aceita pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília. Com isso, o ex-presidente Lula passa a ser réu em três ações penais, duas em Brasília e uma no Paraná. Além de Lula, a denúncia atinge o sobrinho da primeira mulher dele, Taiguara Rodrigues dos Santos, o empresário Marcelo Odebrecht e outras oito pessoas. Nesta ação, todos são acusados de participar de fraudes em contratos de financiamento do BNDES. Segundo o Ministério Público Federal, Lula atuou junto ao banco e a outros órgãos públicos para favorecer a Odebrecht em empréstimos para obras realizadas em Angola. Em troca, ainda de acordo com o Ministério Público, a empreiteira teria pago cerca de R$ 20 milhões em propina. Segundo a denúncia, o esquema funcionou entre 2008 e 2015. De acordo com os procuradores, até o fim de 2010, Marcelo Odebrecht, Lula e Taiguara aliaram-se para praticar crimes de corrupção ativa e passiva.

Depois que deixou a presidência, Lula teria feito tráfico de influência. Ao longo da denúncia, Lula também é acusado de participar de organização criminosa e de 44 operações de lavagem de dinheiro.
Segundo o juiz do caso,  "se trata de denúncia plenamente apta, não se incorrendo em qualquer vício ou hipótese que leve à rejeição, até por descrever de modo claro e objetivo os fatos imputados aos denunciados, individualmente considerados, em organização criminosa, lavagem de capitais e corrupção." Além da condenação dos acusados, o Ministério Público Federal pediu a reparação de danos materiais e morais no valor mínimo de R$ 21 milhões, atualizados pela inflação.

O juiz deu dez dias de prazo para que a defesa dos réus apresente documentos e indique provas e testemunhas que deseja que sejam ouvidas.  Os advogados de Lula disseram que ele é vítima de uma guerra de manipulação com o uso de acusações absurdas e sem provas. Segundo os advogados, Lula jamais interferiu na concessão de qualquer financiamento do BNDES.

A defesa de Marcelo Odebrecht não quis comentar.
A defesa de Taiguara dos Santos disse que vai se manifestar nos autos do processo.
A suposta propina teria sido repassada por meio da empresa de Taiguara dos Santos e da contratação de palestras do ex-presidente.

Fonte: G1



0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30