xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Crônica do domingo: Não se enganem as "forças do atraso" estão vivas e fagueiras -- por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

09 outubro 2016

Crônica do domingo: Não se enganem as "forças do atraso" estão vivas e fagueiras -- por Armando Lopes Rafael



O resultado das urnas, nas eleições de 2 de outubro último, parece demonstrar o naufrágio sofrido pelo Partido dos Trabalhadores–PT. Aparentemente, diminuiu a gritaria inconformada dos companheiros, que ia desde o insulto surrado do jargão “Golpista”, ao “Fora, Temer”.  Ledo engano! As forças lulopetistas têm fôlego de sete gatos. E os grotões da miséria e do atraso, além do atraso mental da “esquerdona troglodita” estão mais vivos do que nunca!
      Não nos iludamos. As forças lulopetistas et caterva nunca se acomodarão. Se não vingar suas atuais falácias – criadas por marqueteiros – de que no Brasil “ocorreu um golpe”; ou que “derrubaram uma presidente honesta e sem culpa comprovada”, serão criados novos sofismas. Repetir-se-ão o argumentum ad nauseam, de que os corruptos governos lulopetistas tiraram 20, 30, 40 milhões de pessoas da miséria. Essas estatísticas inventadas, sem base em números sérios, e de duvidosa credibilidade, variam ao gosto de cada um.
    Dirão, quem sabe, que os milhões de brasileiros, que foram às ruas das grandes cidades protestarem contra o descalabro do governo Dilma, eram fascistas, manipulados pelo capitalismo internacional voraz que queria apenas se apossar das reservas do pré-sal...
     Esconderão a verdadeira face do Brasil dos últimos treze anos: a implantação de um estado assistencialista, que não somente custava caro aos cofres públicos, mas cujos resultados, além de insatisfatórios, provocaram o descalabro das contas públicas, com o rebaixamento das notas do Brasil pelas agências internacionais de risco. Fruto desse desastre administrativo foi o retorno da inflação, o desemprego de mais de 12 milhões de brasileiros... Sem falar no estado falimentar das nossas mais fortes estatais e fundos de pensão. Correu  mundo afora a triste realidade das propinas, e as eleições ilegítimas financiadas por essas propinas.
      Desgraça pouco é lucro. O desastre dos governos lulopetistas se espalhou pelos Estados da Federação. Com a queda da arrecadação, os governos estaduais também quebraram. Dez deles já parcelam o pagamento dos salários de seus funcionários. Todos os 27 membros da federação, sem exceção, gastam mais do que o recomendado com pagamento de funcionalismo público. Em três deles, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro (estados ricos, diga-se de passagem), já se gasta mais com aposentadorias e pensões do que com educação e saúde. E para onde quer que se olhe, o cenário é quase sempre o mesmo.
        Mais uma vez, não nos iludamos. Muita lama pútrida ainda vai assomar á superfície vinda da Operação Lava Jato. O Brasil quebrou que rachou. A corrupção, a incompetência, a mentira e a enganação foram o pano de fundo dos últimos tempos. E depois de um terremoto leva-se muito tempo para reconstruir o que foi destruído.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31