xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Cearenses podem economizar mais de 50% com Gás Natural Veicular | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 outubro 2016

Cearenses podem economizar mais de 50% com Gás Natural Veicular


Abastecer o carro com Gás Natural Veicular (GNV) no Ceará gera uma economia em torno de 50%, em relação ao uso do etanol e de gasolina. De acordo com um estudo da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), realizado na segunda quinzena de setembro, o GNV no Estado proporciona uma economia de 56% sobre o etanol e de 48% sobre a gasolina. No período analisado, o custo do quilômetro rodado com GNV no Ceará foi de R$ 0,19, enquanto com gasolina foi de R$ 0,37 e com etanol de R$ 0,43. Dos 17 estados que compõe o levantamento da Abegás, em 13 o uso do GNV apresentou economia superior a 50% ante o etanol e em cinco a economia sobre a gasolina superou esse percentual. Sendo as maiores vantagens registradas no Rio de Janeiro: 62%, sobre o etanol e 58% sobre a gasolina. Apesar da vantagem apontada pela Abegás, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Ceará (Sindipostos-CE) informou que as vendas de GNV não têm crescido no Estado, "devido ao alto investimento inicial para adaptação dos veículos para esse combustível, só compensando para aqueles que utilizam o veículo como instrumento de trabalho", disse, em nota, a entidade.

Regiões

Considerando as regiões do País, o Sudeste apresentou a maior economia gerada pelo GNV em relação à gasolina (54%) e o Nordeste registrou a maior vantagem em relação ao etanol, com 57%. Em todos os sete estados analisados na Região, a economia foi igual ou superior a 55% na comparação com o etanol. Para o presidente executivo da Abegás, Augusto Solomon, pelo benefício que proporciona, o GNV deveria ser uma alternativa mais incentivada. "O País precisa estimular a adoção de veículos pesados movidos a GNV em centros urbanos. O transporte público nos municípios ganharia em eficiência e economia e a população com a melhoria da qualidade do ar com a redução da emissão de poluentes", afirmou Solomon. Para realizar a análise, a Abegás utilizou como referência o veículo Fiat Siena, que percorre 13,2 km por metro cúbico de GNV, 10,7 km com gasolina e 7,5 km com o etanol. O estudo utilizou como base para o cálculo da economia mensal proporcionado pelo GNV veículos que rodam em média 2.500 km em 30 dias. Os preços médios são os registrados pela ANP na terceira semana de setembro.

Preços

De acordo com o Sistema de Levantamento de Preços (SLP) da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na última semana de setembro, o preço médio do litro da gasolina no Ceará era de R$ 3,93, e do etanol de R$ 3,20. Já o metro cúbico do GNV custava R$ 2,58. No caso dos três combustíveis, os preços médios praticados no Ceará ficou acima dos praticados no País, R$ 3,65, R$ 2,55 e R$ 2,22, respectivamente.




0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30