16 setembro 2016

Camila Pitanga afirma que Domingos Montagner lutou, mas afundou


Atriz estava com Domingos Montagner quando ele se afogou


O ator Domingos Montagner morreu afogado no rio São Francisco, na região de Canindé de São Francisco, em Sergipe. A atriz Camila Pitanga, que estava com ele, sobreviveu e prestou depoimento na delegacia da cidade, ainda muito abalada. Ela contou como a correnteza da água acabou levando o ator, que lutou bastante mas se afogou.

"Camila está transtornada. Ela contou que os dois estavam de folga e foram dar um mergulho para se despedir do rio. A correnteza começou a puxá-lo. Domingos lutou, mas acabou afundando e não emergiu mais. Camila foi mais ágil, nadou e se agarrou a uma pedra. Todas as forças do estado de Sergipe estão trabalhando nas buscas. Elas vão continuar até ele ser encontrado. Queremos encontrá-lo com vida", disse o delegado Antônio Francisco à colunista Patrícia Kogut, do jornal 'O Globo'. pouco antes do corpo ser achado.

No depoimento, que teve trechos destacado no Jornal Nacional, a atriz conta que percebeu que a água estava com muita correnteza e avisou a Domingos. Os dois então começaram a nadar até uma pedra próxima, onde Camila chegou antes. Domingos não conseguiu. A atriz narrou que ainda tentou segurar a mão de Domingos e puxá-lo, mas a força das águas impediu. Ele acabou se soltando e já aparentava cansaço, mas lutava para ficar com a cabeça fora d'água. O ator afundou na água e chegou a reaparecer duas vezes, mas depois sumiu, segundo trecho do depoimento da atriz. Camila gritou por socorro. O motorista que os acompanhou até a prainha também pediu socorro. As buscas começaram pouco depois. 

O pai da atriz, Antônio Pitanga, falou com ela por telefone após a tragédia. "Ela estava muito abalada, chorando muito. Camila estava com ele e contou que tentou salvá-lo. Imagino a luta dos dois pela vida, deve ter sido um momento de pânico total. Eles acabaram pegando uma correnteza, foi uma fatalidade", lamentou, em conversa com o Ego.

As buscas começaram, então, logo após o motorista que conduzia os atores pediu socorro a uma viatura da Polícia Militar que passava pelo local. Os policiais chegaram a entrar no rio, mas pediram reforços. "Navegamos por quatro, cinco minutos, mas achamos melhor chamar os bombeiros", contou o soldado Carlos Santos, do 4º BPM. As buscam contaram com a ajuda de dois helicópteros, lanchas e mergulhadores. 

O ator deixa esposa e três filhos.

Fonte: Correio 24 horas




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.