xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Atos contra e a favor de Dilma Rousseff têm adesão menor | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 agosto 2016

Atos contra e a favor de Dilma Rousseff têm adesão menor




A cerca de um mês da votação final do impeachment da presidente afastada, Dilma Roussef (PT), no Senado, movimentos favoráveis e contrários à petista voltaram ontem às ruas. Ambos reuniram milhares de pessoas em pelo menos 50 cidades de cerca de 18 estados, mas a adesão foi menor do que nas vezes anteriores.

As mobilizações, porém, foram mais modestas que os atos de abril, ocorridos às vésperas da votação da admissibilidade do impeachment na Câmara dos Deputados. A Polícia Militar não fez estimativa de público dos atos de ontem. Em Fortaleza, centenas de manifestantes dos movimentos "Fora Temer" e "Fora Dilma" se reuniram nas ruas da Praia de Iracema e na Beira-Mar, na tarde de ontem. A organização do movimento contra o presidente interino, Michel Temer (PMDB), estima que 5 mil pessoas estiveram presentes na mobilização. No outro ato, os membros do grupo em defesa de Dilma, calculam cerca de 15 mil pessoas nas ruas. O trânsito de veículos ficou complicado para quem trafegava na região. Hotéis e comércios fecharam as portas por alguns minutos para evitar eventuais conflitos entre manifestantes. Algumas linhas de ônibus, como Grande Circular e Parangaba Mucuripe, tiveram as rotas alteradas e ruas foram temporariamente bloqueadas.

Contra

Concentrados na Praia de Iracema, participantes da Frente Cearense pelo Impeachment se mobilizaram com boneco inflável representando o juiz Moro, festejado nos protestos contra a petista. A manifestação homenageou também o magistrado que se tornou popular com a operação Lava- Jato cantando parabéns para Moro, que completa 44 anos hoje. A "dancinha" do impeachment, coreografia para uma música contra a presidente afastada foi apresentada em vários momentos do evento. Para o participante da coordenação da Frente, Luiz Arruda, apoiar definitivamente o impeachment de Dilma é o mais importante. "Temos ainda outros motivos, como o fim do foro privilegiado, 10 medidas contra a corrupção e apoio à Polícia Federal. Acho que a Dilma e o PT esgotou a capacidade de administração dela. Ela levou o Brasil ao caos. Acho que não merece voltar", declarou Arruda.

A favor

Com gritos de "recua que a esquerda está na rua", manifestantes "Fora Temer" iniciaram, às 17h, caminhada saindo da Praça do Cristo Redentor, no Centro, passando pela Monsenhor Tabosa em direção à avenida Abolição. Eles caminharam por entre as ruas do bairro Meireles pedindo a saída do presidente interino. De acordo com a organização do evento, cerca de 15 mil pessoas de 50 associações, partidos políticos, grupos sindicais se integraram ao movimento "O Povo Sem Medo" contra Temer. O movimento chegou a parar várias vezes a pedido da Polícia Militar, sobretudo na Av. Abolição, para evitar confronto com manifestantes "Fora Dilma", que se reuniam no Aterro da Praia de Iracema. Para o grupo, o governo de Michel Temer (PT) é "golpista" e atua contra movimentos sociais, tentando retirar direitos trabalhistas e sociais. "O povo da periferia, dos sindicatos, movimentos sociais veio às ruas hoje para denunciar esse crime que aconteceu no País e impedir vários retrocessos que estão acontecendo hoje como as medidas que atacam o SUS (Sistema Único de Saúde), a consolidação das leis trabalhistas e das mulheres", disse Sérley de Sousa Leal, do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas.

Outros estados

Em São Paulo, a Frente Povo Sem Medo também pediu a saída de Temer (PMDB), e a consequente volta de Dilma, que chamaria um plebiscito para novas eleições presidenciais. O ato saiu do largo da Batata e foi até as proximidades da casa de Temer, em Alto de Pinheiros. A organização falou em cerca de 60 mil pessoas. A Polícia Militar não divulgou estimativa. A frente é composta por 65 movimentos, como MTST (Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto), Intersindical (ligada ao PSOL), CUT e outros. O instrumento de consulta popular para nova eleição não está previsto na Constituição e, por isso, precisaria de aprovação de uma emenda constitucional no Congresso. Guilherme Boulos, coordenador do MTST, reconheceu a dificuldade, mas disse que insistirá nessa bandeira. "Não conto com esse Congresso, mas o papel dos movimentos sociais é apontar saída para a crise", afirmou. O ato também atacou a "agenda conservadora" de Temer -que inclui reformas da Previdência e trabalhista.

Pelo impeachment

"Estou aqui porque nós queremos consumar o impeachment de vez, em defesa do (juiz Sérgio) Moro e em apoio ao Temer. É constitucional, ele vai ficar lá até 2018 e está tentando pôr ordem no caos que está o Brasil", disse a aposentada Vera Andrisi, 61, que foi à avenida Paulista. Como previam os organizadores, que não divulgaram estimativa de público, o ato foi menor que os anteriores e atraiu poucos políticos. Estiveram presentes os deputados Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Major Olímpio (SD-SP), que é candidato a prefeito de São Paulo. A PM não divulgou cálculo de pessoas na Paulista até as 20h30 de ontem. No Rio de Janeiro, os manifestantes pró-impeachment foram pela manhã à praia de Copacabana, na zona sul, com cartazes e discursos feitos em inglês para, segundo eles, atrair a mídia internacional.


Fonte: Última Hora
Via www.blogdocrato.com




0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30