xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Ingleses dizem "tchao querida" à União Europeia:Theresa May, a "nova Dama de Ferro" do Reino Unido (por Armando Lopes Rafael) | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 julho 2016

Ingleses dizem "tchao querida" à União Europeia:Theresa May, a "nova Dama de Ferro" do Reino Unido (por Armando Lopes Rafael)

A segunda mulher na história do país a chefiar o governo - a primeira foi Margaret Thatcher - tem como missão conduzir a saída da União Europeia
Fonte: Site VEJA e site IPCO
 Theresa May, ministra do Interior do Reino Unido(Andrew Yates/Reuters)
Theresa May, a nova primeira-ministra do Reino Unido e segunda mulher na história do país a ocupar esse cargo - a primeira foi Margaret Thatcher -, terá a missão de implementar o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. Ministra de Interior desde 2010, May, de 59 anos, tomará posse no lugar de David Cameron como chefe do governo britânico até 2020. Chamada de "nova Dama de Ferro", em referência a Thatcher, e comparada com a alemã Angela Merkel, May é conhecida por sua firmeza de convicções e por se posicionar a favor de que o Reino Unido permanecesse na UE, embora tenha ficado à margem do centro das atenções durante a campanha do referendo de 23 de junho.
May deixou claro que seu objetivo é unificar a legenda conservadora, dividida entre os que apoiavam ou rejeitavam a saída do Reino Unido do bloco europeu, e também o país, rachado ao meio pelo apertado resultado da consulta popular - 52% contra 48%.
No mais, o  fato de o Reino Unido ter abandonado a “União Europeia” não reside meramente em questões econômicas, como a mídia esquerdista tem alardeado em sua visão superficial dos acontecimentos. Outros fatores mais profundos — como o verdadeiro perigo da “invasão islâmica” na Inglaterra; do desvanecimento de sua gloriosa História; do desbotamento de seu rico passado; de suas belas tradições; de suas “pompas e circunstâncias” etc. — pesaram mais profundamente na resolução da maioria dos britânicos em “pular fora” do barco furado da União Europeia, conduzido (ditatorialmente) pelos arrogantes burocratas de Bruxelas.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31