xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 07/01/2016 - 08/01/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 julho 2016

A um amigo - Por: Emerson Monteiro

E depois de tudo ainda ser feliz diante das impiedades de nós seres humanos em evolução. Nesse exato meridiano entre a dor e o sacrifício ali vem o amigo. Ilha na tempestade mais cruel, repousa sobre a sempiterna elevação de todas as cordilheiras, braços abertos e coração leve, olhos aflitos nas nossas aflições, ameno desejo de paz face aos gestos desesperados, pouso das mais largas perfeições, brisa das puras manhãs de primavera e luz das radiosas alvoradas.

Que fortuna a existência do amigo verdadeiro, sem subterfúgio, corajoso e santo... Bálsamo de todas as crises, vistas de toda a escuridão, está a postos face a eternidade, braços e mãos disponíveis a mitigar sede e fome de sinceridade e apreço. Longe das agruras das fraquezas que corrompem, estendem aos nossos percalços a possibilidade do novo renascer.

Quão divinas virtudes os amigos incondicionais têm a oferecer, peças chave da infinita maravilha da natureza prodigiosa e sã, bênçãos dos alentos e da esperança, tecidos resistentes da realidade sagrada, dos alimentos sadios e das alegrias da fé restauradora.

Amigos, sonhos da felicidade em crescimento, sementes das sinfonias imortais e dos melhores contos, instrumentos da sublime criação na forma da imagem de Deus à sua semelhança, destarte eles, os amigos, suprem as carências de todos os desesperos e equilibram toda injustiça, ao sabor inigualável dos frutos de galáxias e paraísos inimagináveis.

Digo com gosto aos meus filhos que os dedos de uma só mão já sobram a contar o tanto de amigos verdadeiros que uma única vida bem pode nos oferecer, porquanto ter amigos faz nascer da conquista que realizemos, das flores que plantemos e do amigo que a eles um dia fomos até cativá-los definitivamente à única certeza de amor.

A amizade é uma longa estrada de dois sentidos. A cada conquista da amizade genuína acede uma estrela nos céus dos nossos corações, algo de perene, inviolável, superior.  

Onde estão as notícias do BLOG DO CRATO ? - No Facebook, Ué !!! Temos 25.000 seguidores.



Vocês já perceberam que o site do Blog do Crato tem estado com poucas notícias e o motivo é que a vida se renova. Temos mais de 30 mil publicações relativas ao Crato e ao Brasil aqui, mas precisamos inovar. O Blog do Crato hoje está presente em todas as redes sociais: Twitter, Instagram, Facebook, Whatsapp, etc. A fonte principal de notícias é o Facebook quando atingimos às vezes, de 100 mil a 1 milhão de visitas. Portanto, um número superior de visitas do próprio site, que hoje está está em torno de 80 mil visitas ao mês. 

Quero convidá-los a visitar a nossa página no Facebook, que existe há 4 anos, e tem muita gente que nos acompanha lá. Estou trabalhando no sentido da unificação de todos os conteúdos, mas principalmente, em projetos secretos, que quando for em tempo oportuno, toda a cidade comentará.

Um grande abraço a todos os leitores do Blog do Crato
Desde 2005 registrando todo dia a história do Crato para a posteridade







PSDB realiza a maior convenção partidária de todos os tempos ( segundo os organizadores ), na cidade do Crato na noite da última sexta-feira.














O PSDB e uma coligação de mais 13 partidos, que incluem, PSB, PPS, PTN, PR, PV, SOLIDARIEDADE, DEM, PMDB, PRB dentre outros, realizaram convenção no Crato Tenis Clube na noite da última sexta-feira a fim de lançar os nomes de Samuel Araripe e Tales Macedo para disputar as próximas eleições em Crato. 

O evento foi bastante divulgado nas redes sociais, e aconteceu com palco, som e luz de grande profissionalismo. No evento, estiveram presentes os senadores Tasso Jereissati, Lúcio Alcântara, Roberto Pessoa, deputados cabo Sabino, Raimundo Gomes de Matos, e outras lideranças políticas. O senador Eunício Oliveira também estava escalado para o evento, mas segundo os organizadores, teve que comparecer a um outro de órdem familiar e não pôde vir, mas sua foto figurou no cartaz oficial da campanha, e o pré-candidato Samuel Araripe tem viajado extensamente à Brasília a fim de se reunir com Eunício. 

Segundo Samuel, será através dos senadores Eunício Oliveira e Tasso Jereissati que grandes obras poderão ser realizadas no Crato num eventual governo. Já em sua fala, o senador Tasso Jereissati destacou o panorama de corrupção que assola o país. Logo mais, a cobertura completa do evento pela WebTV Chapada do Araripe.

www.blogdocrato.com
Cobertura fotográfica: Dihelson Mendonça





Cientistas desvendam segredo das mudanças no cérebro durante a adolescência


Áreas do cérebro relacionadas ao pensamento complexo são aquelas que mais se alteram durante esse período, revela pesquisa.

Uma equipe da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, identificou as áreas do cérebro que mais se alteram durante a adolescência. Tomografias cerebrais mostraram que são áreas associadas a processos de pensamento complexo. Os pesquisadores também descobriram uma ligação entre o desenvolvimento do cérebro do adolescente e doenças como esquizofrenia. A pesquisa foi publicada na revista especializada PNAS (Proceedings of the National Academy of Science, no original em inglês). O time do departamento de psiquiatria de Cambridge escaneou os cérebros de 300 jovens entre 14 e 24 anos. Enquanto as áreas associadas com o funcionamento básico do corpo, como visão, audição e movimento, estão totalmente desenvolvidas na adolescência, as partes ligadas ao pensamento complexo e tomada de decisões ainda estão mudando. Tais áreas são centros nervosos com várias conexões a outras partes essenciais do cérebro. Você pode imaginar o cérebro como uma malha aérea global, formada por pequenos aeroportos pouco utilizados e grandes centros de conexão como o aeroporto de Heathrow (Londres), onde há muito tráfego. O cérebro usa um arranjo semelhante para coordenar nossos pensamentos e ações. Durante a adolescência, essa rede de grandes centros é consolidada e fortalecida. É um pouco como os grandes aeroportos se tornaram gradativamente mais movimentados ao longo dos anos. Os pesquisadores então analisaram os genes envolvidos no desenvolvimento desses "hubs" cerebrais e descobriram que são similares àqueles associados com muitas doenças mentais, incluindo esquizofrenia. A descoberta corrobora o fato de que muitas enfermidades mentais se desenvolvem durante a adolescência, afirma a pesquisadora Kirstie Whitaker.

"Nós revelamos um caminho da biologia das células pelo qual pessoas no final da adolescência podem ter seus prímeiros episódios de psicose", afirmou à BBC. Muitos estudos já mostraram que, além de fatores genéticos, o estresse durante a infância e adolescência está ligado à ocorrência de doenças mentais. Os novos achados indicam que maus tratos, abusos e negligência podem continuar a prejudicar o desenvolvimento de importantes funções cerebrais durante os cruciais anos da adolescência, contribuindo para a emergência de problemas mentais. O coordenador da pesquisa, Ed Bullmore, diz acreditar que a descoberta de um elo biológico entre o desenvolvimento cerebral do adolescente e o início de doenças mentais possa ajudar cientistas a identificar grupos de risco para essas enfermidades. "Ao entendermos mais sobre o risco de esquizofrenia, isso nos dá uma oportunidade de tentar identificar indivíduos com possibilidade de se tornar esquizofrênicos no futuro próximo, nos dois ou três anos seguintes, e talvez oferecer algum tratamento útil para prevenir o aparecimento de sintomas clínicos."
O estudo também ajuda a compreender melhor as mudanças de comportamento e humor do adolescente durante o desenvolvimento cerebral normal. "As regiões que mudam mais são associadas ao pensamento complexo e tomada de decisões. Isso mostra que adolescentes estão numa jornada rumo à vida adulta, para se tornarem alguém capaz de conectar todos esses fragmentos de informação", afirma Whitaker. "É uma etapa muito importante. Você provavelmente não gostaria de ser criança por toda a vida. É uma fase poderosa e importante que devemos passar para nos tornarmos o melhor e mais capacitado adulto que possamos ser."

Fonte: BBC
Via www.blogdocrato.com




Samsung amplia vantagem sobre Apple no mercado de smartphones



A Samsung ampliou sua vantagem sobre a rival Apple no mercado mundial de smartphones no segundo trimestre, segundo dados divulgados nesta quinta-feira por duas pesquisas do setor. A sul-coreana comercializou 77 milhões de smartphones, 5,5% a mais do que no segundo trimestre de 2015, alcançando uma parcela de mercado de 22,4%, afirmou a consultoria de pesquisa IDC. Já as vendas de iPhones caíram 15% no mesmo período, o que deixa a Apple com 11,8% do mercado mundial do setor. A Samsung está em plena ascensão desde que os modelos Galaxy S7 e Edge S7 foram colocados à venda, disse a IDC. A Apple, apesar do lançamento do iPhone SE, não conseguiu manter seu ritmo e relatou vendas mais fracas em comparação a um ano. 

Uma pesquisa realizada pela Strategy Analytics apresentou uma estimativa parecida com a IDC, dando à Samsung uma fatia de mercado de 22,8% e à Apple 11,9%. Neil Mawston, diretor-executivo de Strategy Analytics, disse que os lucros da Samsung podem crescer ainda mais neste ano. "Com os rumores de que o novo modelo Galaxy Note 7 pode estar a caminho, a Samsung poderá fortalecer sua liderança nos smartphones na segunda metade do ano", disse Mawston. "O novo modelo iPhone SE da Apple foi capaz de frear essa tendência", comentou.

AFP
Via www.blogdocrato.com




Governo libera R$ 790 milhões para ações de combate à seca no Nordeste


O presidente interino Michel Temer assinou hoje (29) uma medida provisória (MP) abrindo crédito extraordinário de cerca de R$ 790 milhões para ações e despesas emergenciais de combate à seca em estados do Nordeste. O montante, no valor total de R$ 789.947.044, foi creditado em favor do Ministério da Integração Nacional e, além das ações de combate à seca, também poderá ser usado em situações de emergência e desastres naturais. O texto deve ser publicado no Diário Oficial da União de segunda-feira (1º). Antes de editar a MP, Temer chegou a encaminhar uma consulta junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para saber se poderia editar uma medida provisória de relevância e urgência para liberar crédito extraordinário ou se deveria liberar os valores de outra maneira. 

O objetivo era evitar uma possível acusação de crime de responsabilidade por editar decreto de crédito suplementar sem autorização do Congresso Nacional, argumento utilizado como base do pedido de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff.

As informações são da Agência Brasil.
Via www.blogdocrato.com




Desemprego vai a 11,3%, renda cai e Brasil fecha 2ª tri com 11,6 mi de pessoas sem trabalho



A taxa de desemprego brasileira subiu a 11,3 por cento no segundo trimestre deste ano, renovando a máxima da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, iniciada em 2012, ao mesmo tempo em que a renda média voltou a cair, indicando que o mercado de trabalho ainda sofre com a forte recessão econômica do Brasil e sem sinais de mudança de tendência. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também informou nesta sexta-feira que o país tinha 11,586 milhões de desempregados no trimestre passado.

A expectativa em pesquisa da Reuters era de que a taxa de desemprego atingisse 11,3 por cento no segundo trimestre, segundo a mediana das projeções, contra 11,2 por cento nos três meses até maio. Na comparação com o mesmo trimestre de 2015, o quadro negativo fica ainda mais claro, quando a taxa de desemprego foi de 8,3 por cento. Segundo o coordenador da pesquisa do IBGE, Cimar Azeredo, no primeiro trimestre há dispensas sazonais, com temporários, mas isso não ocorre no segundo trimestre. "Não tem Carnaval ou algo que justifique a dispensa (no segundo trimestre). Era de se esperar uma recuperação do mercado", disse a jornalistas. A Pnad Contínua mostrou que a renda média mensal de todos os trabalhadores foi a 1.972 reais entre abril e junho, frente aos 1.997 reais vistos no trimestre até maio. Sobre o segundo trimestre de 2015, a queda foi ainda mais expressiva, de 4,2 por cento. Além da contração da atividade econômica, o Brasil também sofre as consequências da inflação elevada, que corrói o rendimento. Os 11,586 milhões de desempregados no país no final de junho representavam um salto de 38,7 por cento sobre um ano antes, ou 3,2 milhões de pessoas a mais buscando emprego. No trimestre até maio, havia 11,44 milhões de desempregados, e era o recorde até o momento, desbancado pelo resultado de junho.

"A industria é setor que mais percebe a crise e o ambiente recessivo que temos hoje", resumiu Azevedo. Entre o segundo trimestre de 2015 e o segundo trimestre deste ano foram perdidos 1,44 milhão de empregos no setor. Já a população ocupada como um todo mostrou queda de 1,5 por cento sobre um ano antes, somando 90,8 milhões de pessoas no segundo trimestre de 2016. Somente em junho o Brasil fechou 91.032 vagas formais de trabalho, acumulando no primeiro semestre perda líquida de 531.765 empregos formais, de acordo com dados do Ministério do Trabalho. As informações são da agência Reuters.

Via www.blogdocrato.com




Lula e mais cinco viram réus por tentar obstruir Lava Jato


A Justiça Federal aceitou hoje (29) denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral, e mais cinco acusados pelo crime de obstrução das investigações da Operação Lava Jato. 

Com a decisão, Lula e Delcídio passam à condição de réus na ação penal, além do ex-controlador do Banco BTG André Esteves, Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio; o empresário José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, e o advogado Edson Ribeiro. Todos os envolvidos são acusados de tentar impedir o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato. Na semana passada, o MPF reiterou a denúncia contra os acusados, que já haviam sido denunciados ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. 

No entanto, no dia 24 de junho, o ministro Teori Zavascki remeteu o processo para a Justiça Federal em Brasília, por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal. Além disso, com a cassação do mandato de Delcídio do Amaral, nenhum dos envolvidos permaneceu com foro privilegiado na Corte.

Fonte: Agência Brasil



Delegado responsável pela investigação da morte do prefeito de Nova Olinda considera estranhos certos fatos relacionados à morte do prefeito.


O delegado Diogo Galindo, que investiga a morte do prefeito da cidade de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio, considera estranhos certos fatos relacionados ao acontecimento, como por exemplo, a posição em que o corpo foi encontrado. Em entrevista ao repórter Marcos Carvalho, o delegado considerou que a primeira linha de investigação continua sendo a de suicídio, mas alguns questionamentos tem sido feitos até por membros da polícia civil, como a posição com que o corpo foi encontrado, e há algumas dúvidas com relação ao trajeto do prefeito a partir do Crato, que estava em companhia de sua chefe de gabinete, quando parou o veículo e pediu para sair, quando horas depois, seu corpo foi encontrado sem vida.

Segundo informações divulgadas na imprensa, o prefeito Ronaldo Sampaio estava passando por grande problemas, e estaria sofrendo de depressão. Havia sido afastado do cargo durante a sessão do dia 20 de junho da Câmara Municipal de Nova Olinda, e já havia sido afastado do cargo por decisão judicial em 10 de maio por um prazo de 120 dias. O prefeito recorreu da decisão, e em 17 de junho, conseguiu retornar ao cargo por decisão monocrática da presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), desembargadora Iracema do Vale. Em 22 de julho, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar determinando a suspensão do afastamento de Ronaldo Sampaio. De acordo com Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), Ronaldo Sampaio contratou a namorada como funcionário "fantasma". Além do prefeito, outras quatro pessoas são investigadas pela prática de improbidade administrativa. O corpo do prefeito foi velado em Nova Olinda, e foi sepultado em Antonina do Norte, sua cidade natal.

Veja mais detalhes no programa FATOS em FOCO pela WebTV Chapada do Araripe logo mais.

Foto: Elizângela Santos


Notas culturais (por Armando Lopes Rafael)

Livro “Judeus no Ceará”, um valioso resgate
Está tendo boa aceitação e muita repercussão o lançamento do livro Judeus no Ceará, fruto de exaustiva pesquisa do historiador, jornalista e ex-secretário da Cultura do Ceará, Nilton Melo Almeida. Doutor em História Moderna pela Universidade Nova de Lisboa, Nilton Almeida é também Mestre em História social pela Universidade Federal do Ceará.  Nilton Almeida tem ligações com Crato, pois é casado com a jornalista Germana Cabral, filha do radialista, jornalista e memorialista Huberto Cabral.

Sobre o livro
Até o lançamento deste livro, existia a ausência na historiografia local e brasileira da presença de judeus no Ceará, bem como da contribuição deles para o progresso e desenvolvimento do nosso Estado. O livro de Nilton Almeida resgata a vida e obra de Hubert Bloc Boris, nascido na França e que viveu a maior parte da sua vida na região do Cariri. Hubert Bloc Boris era formado em Agronomia e durante décadas administrou a Fazenda Serra Verde, latifúndio de sua família, com cerca de vinte e três mil hectares, na divisa de cinco municípios caririenses (Caririaçu, Crato, Farias Brito, Grangeiro e Várzea Alegre).

Sobre Hubert Bloc Boris
No livro, Nilton Almeida, informa que Hubert chegou ao Cariri entre 1946–1947 fixando residência em Crato onde fez largo círculo de amizades. Foi sócio do Rotary Clube do Crato, e chegou a ser agraciado com o título de "Cidadão Cratense", pela Câmara de Vereadores. Era extremamente social, bem humorado e juntamente com sua esposa, Janine, formava um casal hospitaleiro e de destaque na sociedade cratense. Hubert faleceu em 1985, em Fortaleza, onde se encontra sepultado.

Um cratense se destaca nas letras e pesquisas
O escritor cratense Francisco Augusto de Araújo Lima, autor do livro “Soares e Araújos no Vale do Acaraú”, vem de publicar – pela Expressão Gráfica de Fortaleza – mais uma obra. Aliás, uma mega-obra, em três volumes, contendo 2.300 páginas, com o título: “Siará Grande, uma província portuguesa no Nordeste Oriental brasileiro”. Trata-se de um livro sobre a origem dos cerca de dois portugueses pioneiros que colonizaram os diversos municípios do atual Estado do Ceará. 

Quem é o autor
Francisco Augusto nasceu em Crato. É Engenheiro Agrônomo, formado pela universidade Federal do Ceará. Apaixonado pela genealogia, iniciou suas pesquisas nos anos 80. É sócio correspondente do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambucano e membro do Grupo de Genealogia do Ceará. Com muito sacrifício, Francisco Antônio de Araújo Lima montou uma respeitável biblioteca, onde reuniu autores que escreveram sobre o Ceará, nos séculos 19, 20 e 21. Dentre esses, os que pesquisaram sobre genealogia e publicaram seus trabalhos nas revistas do Instituto do Ceará e em Itaytera, órgão oficial do Instituto Cultural do Cariri, que tem sede na cidade natal do escritor, o Crato.

Um padre cratense que marcou a história de Brejo Santo
Padre Francisco Lopes Abath foi vigário da Paróquia de Brejo Santo – no final do século 19 e primeiros anos do século 20 –  e lá deixou sua marca de bom sacerdote. Hoje é nome de uma Escola e uma rua daquela cidade. Morreu com fama de santidade. Em 1925, o Álbum Histórico do Seminário de Crato fez constar a nota abaixo, em homenagem ao Pe. Francisco Abath:

(Texto e postagem de Armando Lopes Rafael)

29 julho 2016

Consciência sem pensamento - Por: Emerson Monteiro

A máquina de formar pensamentos funciona 24 horas, deixando as criaturas humanas longe de mergulhar em Si a fim de enxergar a profundidade dos sentimentos. Quais ondas incessantes, os pensamentos preenchem o dia a dia longe de escutar o que o coração tem a dizer. Domina os sentidos de forma tão intensa que a civilização dos tempos atuais resolveu colocar no poder o exercício do pensamento, espécie de mandachuva efetivo das necessidades, atitude proibitiva que invade os momentos e comprime as instituições de poder.

Contudo existe a consciência isenta dessa frigidez só existente por conta dos pensamentos ditatoriais. A peleja, portanto, é praticar o exercício de contar a sanha da imaginação e oferecer qualquer que seja o espaço de valer outras condições da mente, a observação da espiritualidade, as emoções e os sonhos que formam o outro aspecto da alma, sacrificados pelo desejo efetivo do intelecto predominar o universo das existências.

Os orientes trabalham isso, de conter a duras penas o furor do pensamento, mostrando em troca as virtudes da concentração e a substituição do desejo cego de prevalecer, invés de viver com sinceridade as oportunidades que há no outro aspecto da personalidade, o caminho da sensibilidade criativa, o afã de rever as formas de existência.

Porém nunca dependerá de terceiros a descoberta do poder do sentimento, o amor, sentimento maior, a amizade e os substitutos do afeto interesseiros das ações. Superpor ao egoísmo o nexo do sentimento. Abrir as portas do coração aos valores nobres que persistem sob o nexo agressivo da racionalidade.

Entretanto está a exigir das práticas pessoais a oportunidade desses gestos, o que mudará a face das pessoas e o cenário das sociedades, fruto das providências individuais sempre exigidas diante do marasmo em que estacionou as experiências da desejada evolução da humanidade.

Samuel Araripe vai ser indicado hoje candidato a Prefeito de Crato

Fonte: jornal O Estado

O ex-prefeito de Crato,  Samuel Araripe,  confirmou a postulação e anunciou que será realizada hoje, às 19 horas, a convenção para homologar a candidatura a prefeito da cidade, o vice-prefeito e os vereadores que serão candidatos no Crato. “Eu sou pré-candidato, pela terceira vez, a prefeito do Crato e como o meu nome é consenso no partido já posso me considerar postulante ao cargo”, afirmou Samuel.
Ele prevê que vai ser “uma bela e produtiva convenção”, porque nela estarão presentes os senadores Tasso Jereissati e Eunício Oliveira, Lúcio Alcântara, Roberto Pessoa, deputado cabo Sabino e outras lideranças. Samuel Araripe informa que possui uma boa estrutura partidária para disputar o cargo, porque tem uma coligação de quatorze partidos, dentre eles, PMDB, PSDB e PR.
Vice
Na última quarta-feira, o advogado Tales Macedo, de 33 anos, foi indicado como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Samuel Araripe (PSDB). Morador do Crato, Tales foi candidato a deputado estadual pelo PSD, nas eleições de 2014, e garantiu 10.290 votos na disputa. De acordo com Samuel Araripe, o nome de Tales tem “apelo eleitoral e agrega os demais apoiadores da aliança.
Proposta
Falando sobre as propostas para um eventual governo, Araripe disse que a prioridade é “melhorar a vida das pessoas que moram no Crato, principalmente a ala mais pobre”. Destacou, nessa melhora, o fortalecimento das áreas da saúde, educação, ação social, “além de trabalhar para deixar a cidade com trânsito mais rápido”. O pré-candidato também promete, caso seja eleito, “deixar a cidade limpa e fazer algumas avenida”.

Sábios do século XXI - por Pedro Esmeraldo

            Na década de 1940, apareceu na cidade de Curato um jovem adolescente, para estudar no colégio dos padres. Inteligente, astucioso, mas preguiçoso para o estudo. Mal frequentava o colégio. Não queria patavina com o estudo. Era indolente, inconsequente, pois vez por outra, gostava de andar armado, chegou à vez do padre diretor do colégio, o encontrou com revólver em punho e solicitou a entrega do referido revólver. Ele se negou entregá-lo, dizendo que a arma era dele e não obedecia a ninguém. Fazia o que bem queria. O padre se revoltou com a rebeldia desse rapaz, foi áspero com ele e disse logo que podia ir embora e não pisasse nesse colégio.

            Simplesmente botou o revólver no coldre e saiu de mansinho, alegre, pois não iria mais estudar. Achava que para subir na vida não precisava de estudo, mas de trabalho eficiente.

            Muito hábil e malicioso fez amizade com os agricultores jovens da época. Seu hobby era cuidar do gado e passou a percorrer as fazendas dos criadores de gado a fim de adquirir a prática no manejo do trato bovino.

            Além das amizades que fez com os pequenos agricultores, tentou aprender a lutar com eficiência no tratamento bovino que para ele, era sua melhor condição de vida.

 Procurou se enquadrar na política local. Como era inteligente e manhoso fez amizade e se entregou de corpo e alma ao maior chefe politico da cidade que era o carismático coronel Fernando Montelle “era um cidadão virtuoso e trabalhador”, versátil no comportamento politico, e na conversação com pequenos eleitores.

            Chico Valpeixe se ajoujou no bom desempenho com trabalho eficiente dava satisfação ao chefe politico, coronel Montelle.

            Seu trabalho causou admiração ao coronel Montelle, que logo se enquadrou no Diretório Municipal da (UDN.

            Vibrátil, começou a crescer dentro da esfera politica. Possuidor de ideias extravagantes o jovem Valpeixe não perdia oportunidade de se elevar para conquistar simpatia dos amigos, pois o seu maior sonho era alcançar a prefeitura de Curato.

            Vindo do distrito de Cajaza de Farinha que pertencia ao município de Marabaia, nunca mais quis voltar ao seu torrão natal.

            Como já falei, ele era um jovem astucioso, artimanhioso, começou a fazer suas peripécias: Como era o desejo de encontrar um dia a oportunidade de assumir o barco da prefeitura do Curato, se engajou na politica com muita força de vontade, fazendo da fraqueza a força, assumindo o comando do clientelismo sombrio nessa cidade.

            Às vezes, fazia suas manobras, chegavam a atrair alguns amigos e, portanto se fez merecedor duas conversas enganosas. Era um cidadão habilidoso no trato das pessoas amigas. Sempre tentava conseguir com elevação do seu espirito e o objetivo adquirir recursos que lhe favoreciam em tempos futuros o sonho de abocanhar as rédeas do poder municipal.

            Foi maleável e trouxe para si grandes amizades que tratou em formar uma sociedade industrial (beneficiamento de algodão), que fracassou logo após a suas instalações porque não tinha capital de giro suficiente e nem sabia manejar o trabalho industrial devido os seus parcos poderes de conhecimentos técnicos e científicos e por isso, fracassou no trabalho que perseverança e de pouco tato na aquisição de empréstimos com os bancos que favoreciam o controle permanente da indústria. Com o tempo, todos os sócios ficaram arrefecidos quando observaram que a indústria não tinha condições de sobreviver, deixou muitos sócios arruinados, pelo caminho desanimado acompanhado pela tristeza sem fim.

            Depois do golpe que foi traiçoeiro para ele, esse cidadão não desanimou: foi perspicaz e acalentou a ideia de levar à frente a indústria sem condição de funcionar. Após o fracasso, preferiu continuar na politica, chegando a assumir a vice-prefeitura de Curato. Posteriormente não se abalando com o fracasso, um dia chegou a se candidatar a prefeito de Curato e foi um gestor que procurou crescer às custas das atividades intolerantes “que formalizou o péssimo desenvolvimento da cidade”.

            Certo tempo, com muita coragem, chegou adquirir fazenda denominada Quincolá, pertencente à cidade Farabrias, no interior nordestino. Lá nessa fazenda, construiu um açude que começou a criar peixes, chegando a ganhar alguns vinténs na produção de piscicultura. Nesse tal açude se elevou com espirito avantajado e adquiriu transporte assim como ele se entregou na criação de gado. Começou a criar com desenvoltura a fim de ganhar qualquer quantia pequena na venda dos produtos derivados do leite. Muito vivo, mandou seu vaqueiro fabricar queijo à vontade para ser vendido na feira da cidade de Curato. Como não era afeito ao comercio de produtos de leite, teve dificuldades de vender os queijos no mercado da cidade. Daí então, partiu para pedir ajuda a um amigo chamado Marco Gago, dizendo: oh Marquinho estou com dificuldade de vender meus queijos, faça um favor pra mim, venda esses queijos que lhe darei uma boa mesada. Marco Gago respondeu: deixe comigo que eu resolvo. E dai partiu para venda dos queijos, percorrendo todas as mercearias da cidade.

            Após a venda dos queijos o senhor Marco Gago prestou conta ao dono das vendas dos queijos.

- Pronto Valpeixe, está aqui o dinheiro dos queijos. Após receber o dinheiro perguntou: você já tirou a sua parte: Não. Respondeu Marco Gago eu não sei calculo.

            Nesse interim, chegou o seu amigo Bolas Justo. Ah disse Valpeixe, agora chegou meu amigo Bolas ele vai calcular. Bolas logo respondeu, também não sei, dai chegou a cozinheira que ouvia o barulho lá dentro, perguntando: que barulho é esse homem? Valpeixe respondeu explicando que tinha que vender o queijo e ninguém sabia calcular a parte do vendedor. A cozinheira respondeu, se a confusão é essa, eu faço o calculo e a cozinheira fez o serviço e eles ficaram todos calmos e envergonhados sem acrescentar nenhuma palavra. Veja como o Brasil está em atraso, ainda andando com os políticos desse quilate, semianalfabeto que não sabem fazer cálculos de projetos administrativos.

Essa é amostragem de como anda o nosso país, sem eira e nem beira, sem movimentação febril para enquadra-lo no caminho reto do desenvolvimento equilibrado.

 

27 julho 2016

Para Você Refletir ! - Por Maria Otília

Aproxima-se a campanha eleitoral para Prefeitos e Vereadores. Inicia-se a busca incansável de aquisição do "poder" que na maioria das vezes não se efetiva na democracia tão propagada pelos candidatos. Como diz Hannah Arendt, este poder deveria resultar do agir ou fazer algo e unir-se aos outros em concordância com eles e não para o seu próprio sucesso.
Hoje, com a lamentável notícia do falecimento do Prefeito da cidade de Nova Olinda e de outros políticos também mortos  de forma trágica como a deste gestor, nos leva a repensar  se realmente a conquista  política seja no executivo ou legislativo  é sinônimo de felicidade, de realização pessoal. Constatamos ultimamente que muitos políticos quando passam por diversas situações não habituais do seu cargo, envelhecem precocemente, se deprimem  adoecem ou simplesmente  se tornam pessoas sem escrúpulos  para permanecerem no poder a todo custo.
Posto abaixo uma fábula que retrata em forma de metáfora,  o verdadeiro sentido do "poder político" que se efetiva no nosso país se estendendo para nossos estados e municípios. E infelizmente  contaminando até mesmo as pequenas representações de base como associações e sindicatos. Boa Leitura.
                    O SONHO DOS RATOS
                            Rubens Alves
Era uma vez um bando de ratos que viviam no buraco do assoalho de uma casa velha.
Havia ratos de todos os tipos: grandes e pequenos, pretos e brancos, velhos e jovens, fortes e fracos, da roça e da cidade.
Mas ninguém ligava para as diferenças, porque todos estavam irmanados em torno de um sonho comum: uns queijos enormes, amarelos, cheiroso, bem pertinho dos seus narizes.
Comer o queijo seria a suprema felicidade…
Bem pertinho é modo de dizer. Na verdade, o queijo estava imensamente longe, porque entre ele e os ratos estava um gato. O gato era malvado, tinha dentes afiados e não dormia nunca. Por vezes fingia dormir. Mas bastava que um ratinho mais corajoso se aventurasse para fora do buraco para que o gato desse um pulo e, era uma vez um ratinho… Os ratos odiavam o gato.
Quanto mais o odiavam mais irmãos se sentiam.
O ódio a um inimigo comum os tornava cúmplices de um mesmo desejo: queriam que o gato morresse ou sonhavam com um cachorro.
Como nada pudessem fazer, reuniram-se para conversar. Faziam discursos, denunciavam o comportamento do gato (não se sabe bem para quem), e chegaram mesmo a escrever livros com a crítica filosófica dos gatos. Diziam que um dia chegaria em que os gatos seriam abolidos e todos seriam iguais. “Quando se estabelecer a ditadura dos ratos”, diziam os camundongos, “então todos serão felizes”.
– O queijo é grande o bastante para todos, dizia um.
– Socializaremos o queijo, dizia outro.
Todos batiam palmas e cantavam as mesmas canções.
Era comovente ver tanta fraternidade.
Como seria bonito quando o gato morresse!
Sonhavam. Nos seus sonhos comiam o queijo. E quanto mais o comiam, mais ele crescia. Porque esta é uma das propriedades dos queijos sonhados: não diminuem: crescem sempre.
E marchavam juntos, rabos entrelaçados, gritando: “o queijo, já!”.
Sem que ninguém pudesse explicar como, o fato é que, ao acordarem, numa bela manhã, o gato tinha sumido.
O queijo continuava lá, mais belo do que nunca. Bastaria dar uns poucos passos para fora do buraco.
Olharam cuidadosamente ao redor. Aquilo poderia ser um truque do gato. Mas não era.
O gato havia desaparecido mesmo.
Chegara o dia glorioso, e dos ratos surgiu um brado retumbante de alegria. Todos se lançaram ao queijo, irmanados numa fome comum.
E foi então que a transformação aconteceu.
Bastou a primeira mordida.
Compreenderam, repentinamente, que os queijos de verdade são diferentes dos queijos sonhados. Quando comidos, em vez de crescer, diminuem.
Assim, quanto maior o número dos ratos a comer o queijo, menor o naco para cada um. Os ratos começaram a olhar uns para os outros como se fossem inimigos. Olharam, cada um para a boca dos outros, para ver quanto do queijo haviam comido. E os olhares se enfureceram. Arreganharam os dentes.
Esqueceram – se do gato.
Eram seus próprios inimigos.
A briga começou.
Os mais fortes expulsaram os mais fracos a dentadas.
E, ato contínuo, começaram a brigar entre si.
Alguns ameaçaram chamar o gato, alegando que só assim se restabeleceria a ordem.
O projeto de socialização do queijo foi aprovado nos seguintes termos:
“Qualquer pedaço de queijo poderá ser tomado dos seus proprietários para ser dado a os ratos magros, desde que este pedaço tenha sido abandonado pelo dono”.

Mas como rato algum jamais abandonou um queijo, os ratos magros foram condenados a ficar esperando..
Os ratinhos magros, de dentro do buraco escuro, não podiam compreender o que havia acontecido. O mais inexplicável era a transformação que se operara no focinho dos ratos fortes, agora donos do queijo. Tinham todo o jeito do gato, o olhar malvado, os dentes à mostra.
Os ratos magros nem mais conseguiam perceber a diferença entre o gato de antes e os ratos de agora. E compreenderam, então, que não havia diferença alguma. Pois todo rato que fica dono do queijo vira gato.
Não é por acidente que os nomes são tão parecidos.

                                                                  Reflexão:
Sabe porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder.
II Timóteo 3.1-5 

24 julho 2016

Olimpíados no Brasil: Austrália reclama de estrutura e abre mão da Vila Olímpica

Os problemas incluem vasos sanitários entupidos, vazamentos, fiação expostas, escadas sem iluminação e pisos sujos que 'precisam de uma limpeza pesada'
Apartamento onde a delegação australiana está hospedada, na Vila Olímpica, na cidade do Rio de Janeiro (RJ) - 24/07/2016 (Pilar Olivares/Reuters)
Fonte: site VEJA

A Vila Olímpica mal foi inaugurada oficialmente e já precisa encarar um enorme problema. A Austrália entrou no prédio reservado a ela, o B23, e decidiu que lá ela não fica. Em um comunicado publicado neste domingo em seu site, o Comitê Olímpico Australiano (AOC, na sigla em inglês) reclamou da infraestrutura do local e disse que nenhum atleta do país vai entrar na Vila. Até segunda ordem, a delegação ficará em hotéis.
“Por causa de uma série de problemas na Vila, incluindo gás, eletricidade e encanamento, eu decidi que nenhum membro do time australiano vai entrar no nosso prédio. Eu vou reavaliar a situação esta noite”, disse, pelo comunicado, a Chefe da Missão Australiana, Kitty Chiller.
De acordo com a Austrália, os problemas incluem vasos sanitários entupidos, vazamentos em tubulações, fiação expostas, escadas escuras sem iluminação instalada e pisos sujos que “precisam de uma limpeza pesada”. Ao longo da semana, funcionários da delegação trabalharam “por muitas horas” e não conseguiram sanar todos os problemas.
Ao que parece, a postura da Austrália é só a ponta do iceberg. “Nós não estamos sozinhos. Nossos amigos da Grã-Bretanha, da Nova Zelândia e outras estão experimentando os mesmos problemas em suas acomodações”, garantem os australianos.
No sábado à noite, foi realizado um “teste de stress” na Vila, ligando vasos sanitários e torneiras de todos os apartamentos ao mesmo tempo. “O sistema falhou”, contaram. Água escorreu pela escada e um forte cheiro de gás entrou em alguns apartamentos.
O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, classificou como “naturais” as críticas e problemas encontrados pelos atletas nos alojamentos. Segundo Nuzman, a Vila Olímpica do Rio é “a melhor da história das Olimpíadas”, mas ajustes são necessários nos apartamentos.
Apesar desses problemas, equipes de pelo menos outros 10 países já estão no condomínio que tem capacidade para 17 mil pessoas. Já deram entrada países como Eslovênia, Suécia, Itália, Inglaterra, África do Sul, Portugal, Alemanha e atletas de 14 modalidades do Brasil.
“Já fizemos várias mudanças na Vila e sempre que fazemos isso sentimos que ajustes são necessários. É natural que ajustes necessários sejam feitos ao longo dos próximos dias. Mais importante é, de agora em diante, ver o que podemos entregar. Não é procurar quem errou ou deixou de errar”, disse Nuzman à imprensa, em evento que deveria servir de festa pela abertura da Vila.
Para o brasileiro, os problemas na Vila Olímpica não são exclusividade do Rio. “Outros organizadores de Jogos Olímpicos já tiveram situações semelhantes ou piores. Nossa missão é corrigir o que for feito para ter Jogos espetaculares”, completou o dirigente.
(Com Estadão Conteúdo)


             

A morte de Stalin, A Vitória de Deus

O texto abaixo foi extraído do depoimento de Svetlana Aleluievna, filha do ditador Josef Stalin, e consta no livro "Vinte Cartas e um Amigo", transcrito das “Notas e Informações" de "O Estado de São Paulo", de 4 de março de 1973.  Nela, constata-se que Stalin morreu longe da graça de Deus. A vida dele foi a de um ateu e de um propugnador do ateísmo. De um homem que, ainda que se às ocultas acreditasse em Deus, de tal maneira ofendeu o Criador, que é de se presumir que tenha caído no pecado do desespero, ou no pecado da negação da existência de Deus. Confira o texto da filha de Stalin:
“A respiração fazia-se cada vez mais ofegante. Nas últimas doze horas tornou-se claro que a fome de oxigênio crescia. A face escurecia e se alterava gradualmente; seus traços se tornavam irreconhecíveis, os lábios tornavam-se negros. Na última hora, ou nas últimas duas, ele simplesmente se foi sufocando. Agonia espantosa! Um homem era estrangulado sob os olhares de todos.
Em dado momento – não sei se foi realmente assim, ou se assim me pareceu, evidentemente já no último minuto, de repente, ele abriu os olhos e os voltou para todos aqueles que estavam em sua volta. Foi um olhar terrível! Talvez louco, talvez furibundo e cheio de terror, diante da morte e diante dos rostos desconhecidos dos médicos que se inclinavam ante ele.
E o seu olhar passeou sobre todos durante certa fração de minuto. E a esta altura – foi uma coisa incompreensível e horrível, que até hoje não entendo, mas não posso esquecer – a esta altura ele ergueu improvisamente para o alto o braço esquerdo, que não estava paralisado, e com ele apontou para o alto, ou talvez nos ameaçou a todos. O gesto permaneceu incompreensível, mas foi cheio de ameaça e não se sabe a quem se dirigia. No instante seguinte, a alma, feito o último esforço, se destacou do corpo".
Para uma pessoa que sabe interpretar essas cenas com os olhos da fé, uma só coisa constata como epílogo: a vitória de Deus!
Fonte: Revista “Catolicismo”.

Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30