xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> O dom da alegria - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 junho 2016

O dom da alegria - Por: Emerson Monteiro

Nalgumas pessoas isso prevalece quase o tempo todo, pronde vai levam consigo o desejo de fazer humor, brincar com as outras pessoas, buscar a leveza dos acontecimentos, livres de pensar só nas crises, nas cólicas, nos orçamentos, tristezas, contrariedades. Tocam a vida quais viessem cumprir um papel menos drástico do que o comum das criaturas humanas.

Mas isso representa minoria absoluta nesses astrais dagora, cheios das dificuldades industriais bem maiores do que as de antigamente, quando havia também, no entanto cada região com seus problemas, porquanto a divulgação demorava de chegar nos cantos do mundo. Agora a gente, na mesma hora, tem que dividir o gosto das usinas de mandar informação ao interesse dos grupos econômicos e políticos que as dominam.

O cidadão de hoje vive abaixo da linha do horizonte porque rende homenagem às modas do dia. Baixa a cabeça às determinações, invés de criar senso real da realidade. Sei que lhe pesa ter a força de vencer as influências, contudo precisa trabalhar o prazer de ser feliz, espécie de super-homem diário, por cima das circunstâncias, vencedor dos vilões e da depressão.

Nunca farmácias venderam tantos ansiolíticos, calmantes necessários de esconder a emoção afetada por debaixo das apreensões; e de normal o povo esquece a que veio, entregando o lombo ao sofrimento, medicado no entanto a troco de anestesiar sentimentos e tocar à frente o amor pela existência.

Os ensinos de Buda avaliaram esse estado daqui sem grandes interpretações. Respeitam as limitações da doença, da velhice e da morte, mostram, igualmente, que a dor da matéria e da temporalidade se pode dominar por meio da compaixão, da sabedoria e da prática da meditação. Através do esforço pessoal o homem pode afugentar a servidão do sofrimento.

A alegria (ananda) significa, por isso, passo inicial e instrumento de pureza e renovação da vida neste chão.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30