xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> A Região Metropolitana do Cariri está virando um campo fértil para a imprensa marrom -- por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 junho 2016

A Região Metropolitana do Cariri está virando um campo fértil para a imprensa marrom -- por Armando Lopes Rafael

A priori, é interessante informar o que caracteriza um tabloide como integrante da “imprensa marrom”. A expressão Imprensa marrom se tornou usual e corriqueira para denominar ou caracterizar veículos de comunicação, de forma especial os chamados tabloides, considerados sensacionalistas que fazem divulgação exagerada de fatos e acontecimentos, sem compromisso com a verdade. É o equivalente em português ao termo em língua inglesa "yellow journalism". Geralmente esses jornais transgredem a ética jornalística.
Já a chamada “grande imprensa”, a imprensa séria, é formada por jornais que se regem pela Ética Jornalística. Esta é o conjunto de normas e procedimentos éticos que regem a atividade do jornalismo. Ela se refere à conduta desejável e esperada do profissional da imprensa. Ainda que não institucionalizadas, estas normas são consolidadas em códigos de ética que variam de acordo com cada país.
Na Região Metropolitana do Cariri vem sendo editados alguns tabloides que têm todas as características da “imprensa marrom”. Para começar esses jornais são distribuídos gratuitamente aos transeuntes que circulam pelas ruas da conurbação Crajubar. Acrescente-se que esses jornais têm pouca ou quase nenhuma credibilidade junto à população do Cariri, uma vez que suas campanhas acusatórias e seus “estrondos publicitários” têm repercussão mínima junto ao povo.
No entanto, as mentiras assacadas contra autoridades e pessoas de bem e de peso na região do Cariri – práticas contumazes dos tabloides – trazem sempre prejuízos de ordem moral às pessoas de bem que são vítimas da imprensa marrom. Daí porque os prejudicados não devem julgar “perda de tempo” processar esses tabloides levando os responsáveis pelas calúnias publicadas às barras do Poder Judiciário, na busca da reparação pelos danos morais causados.
Processo neles! Esta é a melhor forma de inibir a proliferação da imprensa marrom que encontrou um campo fértil na Região Metropolitana do Cariri.



0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31