xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Um cratense ilustre e quase totalmente desconhecido – por Armando Lopes Rafael | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 maio 2016

Um cratense ilustre e quase totalmente desconhecido – por Armando Lopes Rafael

A imensa maioria das novas gerações caririenses desconhece os homens que marcaram a construção deste abençoado pedaço de chão do sul do Ceará. Paradoxalmente, isso ocorre numa sociedade bem mais informada do que a existente, há cem anos. Ninguém ignora que, hoje, a mídia divulga – em tempo real – os acontecimentos, não só do Brasil, mas de todo o planeta.  A Internet, televisão, rádio e jornais estão à disposição da quase totalidade da população brasileira.
     Embora a mídia tenha prestado – nos últimos dias – excelente serviço mostrando ao Brasil o estado de corrupção, incompetência e descalabro a que levaram nossa nação nos últimos treze anos (realidade que culminou com o afastamento da presidente Dilma Rousseff), no entanto, na tarefa de informar, os meios de comunicação dão prioridade aos fatos ordinários e banais, ao grotesco, à violência, à decadência dos costumes e ao sensacionalismo. Por outro lado, a imprensa brasileira coloca no esquecimento fatos relevantes que marcaram a história da nossa pátria, além de não dar destaque às nossas mais sadias tradições cívicas e religiosas.

     No próximo dia 11 de junho, completar-se-ão 190 anos do nascimento, nesta cidade de Crato, do advogado Leandro Bezerra Monteiro. Quem já ouviu falar neste nome? Quando muito, algumas pessoas – residentes no Cariri cearense – talvez tenham escutado rápida menção ao avô do Dr. Leandro – no caso o Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro – responsável pela contrarrevolução que derrotou a Revolução Pernambucana de 1817, na cidade de Crato.  Do Dr. Leandro Bezerra Monteiro – o neto – ninguém fala mais...
   Dr. Leandro foi deputado geral (hoje deputado federal) por Sergipe e pelo Ceará. Já naquele tempo decepcionou-se com a política. Afastado da política, o golpe militar, que derrubou a monarquia e instaurou a forma de governo republicana, em 1889, veio encontrá-lo como advogado e empresário rural, em Paraíba do Sul, cidade do Estado do Rio de Janeiro. No entanto, manteve-se fiel ao seu ideal monárquico, ao tempo que via, decepcionado, antigos companheiros aderirem ao novo regime implantado pelo Marechal Deodoro.
    Depois disso, mudou-se com a família para um subúrbio de Niterói – o Fonseca – onde viveu os últimos anos de vida ensinando catecismo às crianças que se preparavam para a primeira comunhão. Nessa localidade, com tempo suficiente, lia, rezava e praticava os preceitos e obrigações da Igreja Católica Apostólica Romana.
    Publico, abaixo, a cronologia deste grande líder católico, político de projeção, monarquista fidelíssimo, cratense valoroso e grande homem que foi Dr. Leandro Bezerra Monteiro:
1826 – Nasce na cidade de Crato.
1847 - Inicia o curso de Ciências Sociais e Jurídicas, na Academia de Direito de Pernambuco, com vinte anos de idade.
1851 – Recebe o título de Bacharel, aos vinte e cinco anos de idade.
1852 – Fixa residência em Sergipe, onde se casa, em 31 de janeiro, com uma parenta, Emerenciana de Siqueira Maciel Bezerra.
1860 – Eleito deputado geral (hoje deputado federal), por Sergipe mandato interrompido em 1863 por dissolução da Câmara.
1864 – Fixa residência na cidade de Paraíba do Sul, estado do Rio de Janeiro.
1872 – Eleito, mais uma vez, deputado geral por Sergipe. Nessa legislatura ganha destaque nacional pela defesa que faz dos bispos de Olinda, Dom frei Vital Maria Gonçalves de Oliveira e do Pará, Dom Antônio Macedo Costa, processados e presos pelo Governo Imperial.
1877 – Eleito, novamente, deputado geral, agora pelo Ceará, mandato interrompido em 1878 pela ascensão do Partido Liberal.
1880 – Em 31 de julho é iniciada construção da Casa de Caridade de Paraíba do Sul, que foi concluída e inaugurada em 4 de abril de 1883.
1889 – No dia 15 de novembro um golpe militar, comandando pelo Marechal Deodoro, derruba do trono o Imperador Dom Pedro II e instaura a forma de governo republicana no Brasil. Em repúdio ao golpe (este sim, um golpe verdadeiro!) Dr. Leandro se afasta das atividades políticas,
1911 – No dia 15 de novembro morre no bairro Fonseca, em Niterói.    
(Texto de Armando Lopes Rafael) 

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30