xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Coisas da República: Dr. Ulysses estava certo -- por Rangel Cavalcante (*) | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 maio 2016

Coisas da República: Dr. Ulysses estava certo -- por Rangel Cavalcante (*)


  Jamais se viu um deputado cuspindo na cara de outro em toda a história do Brasil.
 

Deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cospe no rosto do deputado Jair Bolsonaro 
durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff

A decisão do deputado Waldir Maranhão (PP-MA), já revogada por ele mesmo, de anular as sessões da Câmara que deram seguimento ao processo de impeachment de Dilma foi apenas uma amostra a mais do estado a que chegou o nosso Congresso Nacional, hoje um amontoado de parlamentares despreparados, muitos envolvidos em processos criminais, principalmente de corrupção. A baderna tomou conta do Legislativo. Jamais se viu um deputado cuspindo na cara de outro em toda a história republicana. O Sr. Waldir Maranhão jamais poderia ser presidente de uma das Casas do Congresso com a ficha que tem, à qual se soma um despreparo notório para o exercício de qualquer função pública. Mesmo assim chegou lá.
O Brasil é hoje visto pelo resto do mundo como uma republiqueta tamanho-família, tais os espetáculos deprimentes que tem exibido nos últimos anos. O que estamos vivendo é algo nunca visto na história deste País, como diria o companheiro Lula. O País está praticamente parado. O Governo abandonou completamente a administração e somos o maior mostruário de escolas, hospitais, portos, rodovias sucateadas. E ainda transformou-se num imenso celeiro da corrupção e da incompetência. Esse episódio da anulação mostra um somatório de incompetência, ignorância e teimosia.
O deputado Maranhão foi advertido por seus companheiros de mesa para o fato de que não poderia fazer a besteira que fez. Teimou e foi em frente para depois, diante das reações, revogar tudo. Esse é mais um momento que deve servir ao eleitor que vai às urnas neste ano, para que aprenda a votar nas eleições de 2016, quando serão escolhidos prefeitos e vereadores em todo o País. Eles são as bases que elegem depois os congressistas e o próprio presidente da República. Ulysses Guimarães disse que "um novo Congresso será sempre pior do que o anterior". Tem sido assim. Só você pode mudar.

(*) Rangel Cavalcante é jornalista. Artigo publicado no "Diário do Nordeste", 21-05-2016.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31