xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Boa-fé - Por:Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

25 maio 2016

Boa-fé - Por:Emerson Monteiro

Ela nasce da autenticidade, de quando a gente resolve encarar viver de jeito limpo com a nossa consciência, independente de ideologias interesseiras que fervem nesse chão de almas em crescimento. Olhar de frente as possibilidades que a existência fornece a que cumpramos os ditames das circunstâncias, invés de correr atrás dos chamamentos ilusórios daqueles que querem aliciar o mundo inteiro na intenção de dominar e escravizar as pessoas.

São muitos os interesses em jogo agora mesmo nos barrancos da estrada que percorremos. Porém há ao nosso inteiro dispor a verdade, que está além de todos os falsos donos que a pretendam manipular de má-fé.  Resta aos seres humanos reagir diante dos contextos amargos, sob pena de perder a oportunidade essencial e criar da liberdade a finalidade primeira que nos traz até aqui. Significa por isso inalienável o senso limpo dos nossos propósitos em jamais depositar em mãos alheias os elementos que formam a vida coletiva.

Políticos todos somos, responsáveis pelas decisões desse universo estreito que controla as pequenas fatias de mercado e impõe deveres aos cidadãos. E receber de bom grado os meios de trabalhar as próprias experiências representa sobremodo o direito da democracia dos povos. Sinceridade exige compromisso constante diante das ações que praticamos em todo momento. Só falar, agredir, duvidar, acusar, é pouco perante o enorme poder das escolhas que se façam. Assim, o que obtivermos virá das atitudes individuais, em primeiro lugar. Depois disso virão as consequências, remotas ou imediatas. Ninguém que transfira, pois, aos tempos, aos costumes, aos homens, a prudência dos seus atos, das suas escolhas. Nisso elaboramos merecimentos individual e coletivo. O que fazemos da liberdade que os outros nos permitem impera exclusivamente das nossas mãos. Chega de repassar aos demais a omissão ou comissão da história, porquanto viveremos sempre o resultado do que plantarmos todo tempo, fruto dos nossos comprometimentos com a Verdade perene.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31