xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Ministério Público denuncia Lula por lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e falsidade ideológica | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 março 2016

Ministério Público denuncia Lula por lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e falsidade ideológica



O Ministério Público de São Paulo denunciou nesta quarta-feira (9), por crime de ocultação de patrimônio, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A denúncia tem relação direta com a suposta compra, por parte de Lula, de um triplex localizado no condomínio Solaris do Guarujá (SP), construído pela empreiteira OAS, investigada na Operação Lava-Jato por desvios na Petrobras. A denúncia abrange também a ex-primeira-dama Marisa Letícia e o ex-presidente da OAS Leo Pinheiro. O embasamento jurídico da denúncia é o crime de estelionato envolvendo a Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) e seus então dirigentes, como o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que presidiu a entidade de 1999 a 2009. Ele está preso e já foi condenado em primeira instância pela Justiça Federal do Paraná por corrupção na Petrobras. O edifício Solaris teve a sua obra assumida pela OAS depois que a Bancoop faliu, em 2009. Para os promotores de Justiça que atuam no caso, o tríplex construído e reformado pela OAS pertence a Lula e a seus familiares e seria resultado de lavagem de dinheiro. A denúncia foi oferecida à Justiça estadual criminal de primeira instância em São Paulo. A denúncia, que é um pedido de abertura de processo criminal, será distribuída pelo juiz Antonio Paquino Zors, do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo) a um dos magistrados da área criminal. Os promotores José Carlos Blat e Cássio Conserino, autores da acusação, convocaram entrevista coletiva para quinta-feira, no fórum criminal da Barra Funda, em São Paulo. O Instituto Lula e advogado do ex-presidente foram procurados, mas ainda não deram retorno.

As informações são do canal GloboNews.


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31