xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Medida visa controlar a criação no Castanhão | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 março 2016

Medida visa controlar a criação no Castanhão


Jaguaribara. O Castanhão é o maior produtor de tilápia em tanques-rede do Ceará. Nos últimos dois anos, com a redução do volume de água a produção do pescado foi caindo. Veio a crise e com ela a necessidade de regularizar o setor e controlar a quantidade de pescado produzida. Uma das medidas anunciadas é a exigência de apresentação de relatórios anuais. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está convocando os 685 aquicultores do reservatório a apresentar os relatórios com indicação do volume de produção de pescados. A medida tem por objetivo assegurar o uso de reservatório exclusivamente pelos criadores que têm permissão (os chamados cessionários).
O Castanhão atualmente, está com apenas 9,63% da capacidade. A produção em média no período de pico chegou a 1.500 ton/mês, mas hoje, segundo estimativa do setor, caiu pela metade. O açude tem três parques aquícolas, onde são criadas tilápias em tanques-rede. Os 685 cessionários já começaram a receber a notificação pelos Correios e terão 30 dias para enviar ao governo o relatório com a produção de 2013, 2014 e 2015. A produção de peixes do Castanhão é controlada pelo governo federal. Os aquicultores só podem produzir 10,8 mil toneladas de peixe por ano. "Queremos identificar quem são os cessionários com autorização e controlar a exploração correta, sem danos ao reservatório", diz o secretário de Monitoramento e Controle da Pesca e Aquicultura do Mapa, Marlon Cambraia. O cessionário que não enviar o relatório terá o contrato de uso da área rescindido. Apesar da importância do Castanhão, falta fiscalização efetiva da produção. "Já começamos a receber pelos Correios os formulários. Somos favoráveis à medida porque só vai poder ficar quem tiver a cessão de uso", disse a secretária da Associação dos Criadores de Tilápia do Castanhão (Acrítica), Eliane Clemente.

Fonte: Portal Verdes Mares



0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31