xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Medida visa controlar a criação no Castanhão | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 março 2016

Medida visa controlar a criação no Castanhão


Jaguaribara. O Castanhão é o maior produtor de tilápia em tanques-rede do Ceará. Nos últimos dois anos, com a redução do volume de água a produção do pescado foi caindo. Veio a crise e com ela a necessidade de regularizar o setor e controlar a quantidade de pescado produzida. Uma das medidas anunciadas é a exigência de apresentação de relatórios anuais. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está convocando os 685 aquicultores do reservatório a apresentar os relatórios com indicação do volume de produção de pescados. A medida tem por objetivo assegurar o uso de reservatório exclusivamente pelos criadores que têm permissão (os chamados cessionários).
O Castanhão atualmente, está com apenas 9,63% da capacidade. A produção em média no período de pico chegou a 1.500 ton/mês, mas hoje, segundo estimativa do setor, caiu pela metade. O açude tem três parques aquícolas, onde são criadas tilápias em tanques-rede. Os 685 cessionários já começaram a receber a notificação pelos Correios e terão 30 dias para enviar ao governo o relatório com a produção de 2013, 2014 e 2015. A produção de peixes do Castanhão é controlada pelo governo federal. Os aquicultores só podem produzir 10,8 mil toneladas de peixe por ano. "Queremos identificar quem são os cessionários com autorização e controlar a exploração correta, sem danos ao reservatório", diz o secretário de Monitoramento e Controle da Pesca e Aquicultura do Mapa, Marlon Cambraia. O cessionário que não enviar o relatório terá o contrato de uso da área rescindido. Apesar da importância do Castanhão, falta fiscalização efetiva da produção. "Já começamos a receber pelos Correios os formulários. Somos favoráveis à medida porque só vai poder ficar quem tiver a cessão de uso", disse a secretária da Associação dos Criadores de Tilápia do Castanhão (Acrítica), Eliane Clemente.

Fonte: Portal Verdes Mares



0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30