xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Caiu a máscara: Polícia Federal apreendeu em apartamento de Lula documentos de sítio em Atibaia | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 março 2016

Caiu a máscara: Polícia Federal apreendeu em apartamento de Lula documentos de sítio em Atibaia

Fonte: Estadão

Lista de itens recolhidos em buscas na casa do ex-presidente, em São Bernardo, durante a Operação Aletheia - 24ª da Lava Jato - elencam ainda celulares e carta de Emílio Odebrecht
Na cobertura do Edificio Hill House, em São Bernardo do Campo, onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Maria Letícia, a Polícia Federal recolheu documentos de imóvel rural em Atibaia, 9 aparelhos de telefones celular e uma carta com nome impresso Emílio Odebrecht. São alguns dos itens apreendidos na Operação Aletheia – 24ª fase da Lava Jato, deflagrada no dia 4 -, que teve Lula como alvo principal. Ele foi levado coercitivamente para depor, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e o material recolhido em sua casa enviado para Curitiba.
O material está descrito no auto circunstanciado de busca e apreensão da Polícia Federal. No documento consta que no apartamento 121, ocupado pelo ex-presidente Lula, um dos itens recolhidos são de “documentos diversos relacionados a imóvel rural na cidade de Atibaia/SP”.
Lula é investigado pela compra do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia, em nome de “laranjas” e que recebeu reformas e equipamentos bancados por empreiteiras do cartel acusado de corrupção na Petrobrás – OAS e Odebrecht – e pelo pecuarista José Carlos Bumlai, preso desde novembro pela Lava Jato.
Publicamente e na Justiça, o ex-presidente afirmou que o sítio foi comprado pelo amigo Jacó Bittar (PT), ex-prefeito de Campinas, e registrado em nome do filho Fernando Bittar e de seu sócio Jonas Suassuna – ambos também sócios de um dos filhos de Lula. O objetivo seria propiciar as duas famílias, amigas desde a década de 1970, a conviverem após ele deixar a Presidência.
No material apreendido pela PF há também um “pedaço de papelão, extraído de caixa de papelão, com folha colada em sua superfície com os dizeres: ‘CX62, “destino: Sítio”.
O apartamento 121 onde estavam os documentos apreendidos com referência ao sítio de Atibaia é o imóvel que pertence ao primo de Bumlai. Oficialmente Lula é dono do 122, onde também foram recolhidos itens.
Outro item arrecadado nas buscas é um envelope com etiqueta “Presidente Lula”. Dentro dele “carta com assinatura e data, além do nome impresso ‘Emílio Odebrecht’”.
Telefones. Os agentes da Polícia Federal recolheram ainda na casa do ex-presidente nove telefones celulares. Um dos itens que chamou atenção dos agentes foi um dos aparelhos, modelo STI, com o seguinte registro: “Presidente LULA 000001”.

O ex-presidente afirma publicamente não tem aparelhos de telefone celular. As perícias da PF estão concentradas em Curitiba e a previsão é que os primeiros relatórios comecem a ficar prontos nesta semana.
             

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30