xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Seis propósitos para 2016 (por Ronaldo Correia de Brito) | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 janeiro 2016

Seis propósitos para 2016 (por Ronaldo Correia de Brito)


1. Caminhar pelo menos uma hora todos os dias, fazendo exercícios de alongamento, antes e depois das caminhadas. É provável que nos finais de semana e feriados haja furos na promessa, porque ninguém é de ferro e até Deus tirou um descanso no sétimo dia.
2. Mais cuidado com a dieta. Nada de docinhos e salgados nos aniversários e festas de casamento. Olhe a diabete e a hipertensão. Encarar um prato de rabanetes, alface, brócolis, chicória e pepinos no almoço, temperados com azeite extra virgem e vinagre balsâmico. Picanha gorda nos churrascos, nem pensar. Lasanha na casa da sogra, nem uma vez por ano. A mais espartana contenção. Com esses cuidados, você certamente chegará aos 90 anos. Mas que vidinha chata o espera!
3. Exerça controle tirânico sobre a ingestão alcoólica. Se ofereça para ser o amigo da noite, o que faz abstinência nas saídas com os colegas, fica apenas na água tônica, olhando a turma encher a cara, sem nunca corromper-se, pronto para dirigir o carro, passar incólume pela blitz e levar os de pileque em casa, sãos e salvos. Um martírio digno de Santo Estevão, morto apedrejado. Você será um porre.
4. Ler no mínimo um livro por semana. Não vale escolher na lista dos 10 mais da revista Veja. Aliás, esse semanário precisa ser evitado, de preferência, não olhe as capas nem as manchetes tendenciosas. Também não valem livros de auto-ajuda, nem histórias de lobisomens ou best-seller escrito por mulheres velhas e feias, que apimentam suas narrativas com fantasias sado-masoquistas, em que os homens são representados como tiranos possessivos e cheios de luxúria. Tentar fugir às modas, descobrir o que se esconde sob o entulho da literatura de consumo, o lixo que, felizmente, cai de moda e depressa se esquece.
5. Televisão? Muito cuidado. Abstenha-se do Fantástico, a pílula soporífera dos domingos à noite, com reportagens sobre sexo dos anjos e conselhos do Dr. Dráuzio Varela, um médico que fala superficialmente sobre todos os assuntos. Não caia na esparrela do Domingão do Faustão, com piadas grosseiras e a dança dos famosos, espetáculo em que astros e estrelas decadentes dançam todos os ritmos com as mesmas coreografias. E se você não deseja tornar-se um hipocondríaco incurável, evite o programa Boa Forma. As novelas bíblicas? Pelo amor de Iahweh, nem pensar! Não me refiro aos extintores de incêndio na cenografia do Egito Antigo, mas às perigosas labaredas do fanatismo que avança pela televisão e chega às bancadas da Câmara. Será que escapamos ao Estado Islâmico e caímos nas armadilhas de um Estado Evangélico?
6. Cuidado com o seu voto! 2016 é ano de eleição. Desconfie de tudo e todos. Ficou estabelecido que o nosso país é corrupto, que a corrupção foi institucionalizada e banalizada. A devassa dos últimos anos tornou público o conluio e a troca de influências entre políticos, polícia, empresários, milionários e até juízes para espoliar o Brasil, tirar sua seiva como fazem os seringueiros da Amazônia. Deus é brasileiro, mas a corrupção também é brasileira, e com mais seguidores do que as Igrejas. Não nascemos para uma Revolução Francesa, ninguém afoga os corruptos no Sena (até porque o Sena fica na França e só os mais favorecidos viajam até lá). Vamos matar os salafrários de fome de voto, deixá-los caquéticos, em inanição. Voto zero para eles.
Não desejo parecer um moralista ao estilo Montaigne. Longe de mim esse desejo. Quero que todos sejam mais felizes em 2016, justos, humanos e compadecidos. Que aceitem partilhar o bocado de pão que chega às suas bocas e compreendam que ele não chega a muitas outras bocas famintas. Que aceitem dividir os espaços, o ar, a água, o transporte confortável, as escolas, as universidades, o conhecimento, a educação e a saúde. Enquanto não compreendermos e praticarmos a igualdade de direitos, lutarmos por ela como o mais elevado bem, seremos esse país afogado em lama e mentira, que nos envergonha e entristece.
Como pregava o escritor argentino Jorge Luis Borges, no seu Evangelho Apócrifo, dá o santo aos cães, deita tuas pérolas aos porcos; o que importa é dar. Bem aventurados os misericordiosos, porque sua felicidade está no exercício da misericórdia e não na esperança de um prêmio. Bem aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque lhes importa mais a justiça que seu destino humano. Mas, não exageres o culto da verdade; não há homem que ao fim de um dia não tenha mentido com razão muitas vezes. Que a luz de uma lâmpada se acenda, embora nenhum homem a veja. Deus a verá.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30